As melhores viagens com as crianças

As melhores viagens com as crianças

Estes dias eu tava pensando em todas as viagens e aventuras que fiz, tanto com o Pedro como com a Luiza desde que eles nasceram. Resolvi listar todas elas, de alguma nem tenho fotos digitais (tenho slide ou papel), mas vou atrás disto porque com certeza, tem coisas ótimas! Só não vou incluir as idas para Caiobá e vou omitir muitas das viagens até Santa Catarina, senão este post ia virar um livro.

PEDRO:
Destino: Pousada do Toque
Idade: 3 meses
Esta foi a primeira viagem do Pedro. Como sempre amei viajar, decidimos que, mesmo com um filho, continuaríamos fazendo isto. A viagem foi uma delícia, como o Pedro era muito pequeno, sua alimentação era apenas leite materno, não precisavamos nos preocupar com papinhas, frutinhas e sucos. Isto significa que não precisamos incluir na bagagem, mamdeiras, talheres ou copinhos especiais.
Sem falar que, até 2 anos, as crianças pagam no máximo 10% da passagem (muitas vezes não precisam pagar nem taxa de embarque). O vôo foi meio chatinho pois parou em Salvador, Aracaju e depois em Maceió. De lá pegamos um carro e fizemos uma viagem de 1 hora pelos canaviais (que é linda mas um pouco sinuosa). Claro que quando chegamos na Pousada, entendemos que todo o longo percurso valia a pena (tanto que quando a Luiza tinha 3 meses, fizemos a mesma viagem de novo: São Miguel dos Milagres: Uma semana no paraíso com um bebê.
A Pousada é super child-friendly, recebe os pequenos muito bem. Antes de ir, pedimos para o Nilo, da Pousada, para termos uma babá. A Gal muito legal e o Pedro se adaptou super bem com ela. Aproveitamos para descansar bastante, na beira da piscina e na beira do mar azul de Maceió.

Destino: Fernando de Noronha
Idade: 1 ano e meses
Nossa viagem foi via Natal, e ele foi super companheiro. O vôo, apesar de longo, foi tranquilo. Até pouco tempo uma das lembranças dele era da família toda nos ônibus que faziam o trajeto entre o aeroporto e nosso hotel em Fernando de Noronha. Ficamos hospedados num hotel-casa (muito comum em Fernando de Noronha). Alugamos um bugge e cada dia iamos numa praia diferente. As praias, de forma geral, não tem NENHUMA estrutura. Nem bebidas nem comidas, nem cadeira ou guarda-sol. Por isto levávamos tudo, todos os dias. O Pedro tomava suquinhos, comia frutinhas, castanha de caju e tirava uma soneca na sombra do guarda-sol enquanto a gente mergulhava entre os peixinhos e tartarugas. Fizemos muitos castelos na areia.
Por causa do sol ele estava sempre de protetor solar, boné e camiseta.

Fizemos até passeios de barco para mergulhar (o que foi quase uma roubada porque era ano novo e tinha MUITA) gente e ele se comportou super bem. Pra falar a verdade, nós enjoamos mais do que eles.

Para ver outras viagens, clique aqui.

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

7 comentários

  1. ResponderChris Ferreira

    Oi Patricia,
    Também já levei as meninas para verem o Peixe Boi quando fomos a Maragogi. Eu faço poucas postagens sobre viagem apesar de viajar bastante com as meninas.
    Já fui a Fernando de Noronha duas vezes mas ainda não tinha filhos e quero muito voltar nesse paraíso e mostrá-lo para as minhas filhas.
    Vou fazer mais postagens sobre viagens.
    beijos

  2. ResponderCarol Garcia

    oi Pati!
    A-do-rei a sua página!
    Estou programando as próximas férias com o Isaac e já mergulhada em dúvidas.
    Vou pasar horas fuçando as suas experiências.
    Que bacana que vcs vão pro exterior com os pequenos. Eu e maridex morremos de medo… ainda 🙂
    Bjocas
    Carol

  3. ResponderRaquel

    Olá Patricia! No inicio desse mês fui trabalhar em Alagoas e conhecemos alguns empreendimentos do litoral norte do estado, incluindo a Rota Ecológica. Visitamos a Pousada do Toque e confesso que fiquei encantada, pensava apenas na possibilidade de levar meu filhote para aquele lugar mágico, mas depois fiquei na dúvida, porque por ser uma pousada de charme, de repente não seria uma boa opção para descanso em família. Que bom ler que a pousada é super child-friendly. Tenho certeza que a hospitalidade do Nilo e de sua equipe farão do momento inesquecível. Virei sua seguidora no twitter e adorei a iniciativa de disseminar informações para pais viajantes. Parabéns! Bjs.

  4. Pingback (citações em outros sites/blogs): As Melhores Viagens Com Crianças: Litoral Sul de Alagoas | Coisas de mãe

  5. ResponderBertine Mota

    A pousada do Toque fica em São Miguel dos Milagres, Alagoas, vc deve ter feito o percurso de uma hora de Maceió, pois se foi de Recife seriam cerca de 2 horas e meia á três horas de viagem.

  6. Pingback (citações em outros sites/blogs): Hotéis com criança no Brasil | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  7. Pingback (citações em outros sites/blogs): Filminho da Pousada do Toque | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *