Cape Town para crianças – Africa do sul

Cape Town para crianças – Africa do sul

Uma cidade onde todos são gentis e sorridentes não podia decepcionar em relação ao tratamento com as crianças: Cape Town (Cidade do Cabo) é cheia de mimos para os pequenos!

Começou no avião: fomos para Africa do Sul de South Africa Airlines, quando vi que a cia áerea tinha um kit para crianças, pedi 2, um para o Pedro e um para a Luiza e eles trouxeram na hora.

A cidade tem vários parquinhos e muitos restaurantes tem menu kids. Os aeroportos e os banheiros tem trocador, e nos supermercados foi super fácil achar leites em pó, fórmula e papinha.

Pontos Turísticos

No Victoria and Albert Waterfront, o porto que fica no pé da Table Mountain, há um shopping com banheiros equipados, lojas infantis, restaurantes e o Two Oceans Aquarium.

O Jardim Botânico, Kirstenbosch National Botanical Garden, é lindo e fica atrás da Table Mountain. O dia estava bem feinho quando fomos lá, mesmoa ssim havia diversas famílias brincando e fazendo picnic no gramado.

Os animais

Capetown não é o local indicado para safaris e para ver os BIG 5 (BIG FIVE são os cinco grandes mamíferos encontrados na Africa: Leão, leopardo, elefante, bufalo e rinoceronte) na verdade, até existem, mas eu acredito que ir num safari perto da Cidade do Cabo é mais ou menos equivalente a ir a um zoologico no Brasil. No entanto, vimos diversos animais bem diferentes do que encontramos por aqui. No caminho do Cabo da Boa Esperança, por exemplo, é possível ver MUITOS babuínos na beira da estrada. (Não éa conselhado brincar com eles pois eles podem ser agressivos).

O dassie (pamen!) é um parente próximo do elefante e adora tomar banho de sol!

Na volta do passeio, demos uma parada na cidadezinha de Boulders, onde há uma reserva de pinguins. Não chegamos a entrar na reserva, mas mesmo assim pudemos ver os bichinhos e seus ninhos.

As praias

Outro programa perfeitos para famílias com crianças são as praias, a areia é branca e o mar transparente! O único detalhe é que a água é MUITO fria!

A região dos vinhedos

Tivemos uma surpresa agradável na região dos vinhedos, além da maioria, ser encantador para adultos, ainda há uma estrutura simpática para as crianças. O La Motte (Franschhoek Main Road) é um dos mais sofisticados e, além de menu kids, conta com um jogo de xadrez gigante e uma área, embaixo das árevores para as crianças brincarem.

A cidade de Stellenbosh é toda bonitinha e também tem muitos cafés e lojinhas simpáticas. Para as crianças, a principal atração é o museu das miniaturas.

Stellenbosch Toy and Miniature Museum

Market Street (Behind Visitors’ Bureau)

 

 

Leia também:

Cidade do Cabo: Table Mountain, Aquario e Waterfront

 

 

Lembre-se de sempre  fazer seguro de viagem para toda a família! Um cuidado muito importante para quem viaja com crianças! Aproveite nossa parceria com a Mondial e consulte os descontos oferecidos para leitores do Viajo com Filhos neste link!

 

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

23 comentários

  1. ResponderMariana Della Barba

    Nossa, quanta dica legal – nem imaginava que a Cidade do Cabo era tão bacana pra crianças!
    E achei muito engraçado vc tirando fotos de Nan, papinhas e afins. Imagina o povo passando do lado e imaginando o porquê de vc ter gostando tanto do leite em pó deles… Só mãe mesmo! 🙂
    bjos

  2. ResponderAriana

    Oi adorei o seu blog e gostaria de saber em q época vcs foram qnts anos os seus filhos tinham na época? Nos estamos pensando em ir em janeiro e tenho dois filhos um de 7 anos e uma de 5 anos

    1. Responderpatipapp

      Oi, eles não foram comigo nesta viagem, mas eu levaria eles pois gostei muito e achei que há muito programas para fazer com crianças. Nunca deixei de ir para algum lugar por causa da idade deles, tanto que fomos para Tailandia quando a Luiza tinha apenas 1 ano.

  3. Pingback (citações em outros sites/blogs): As Melhores Viagens com Crianças – Dicas | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

    1. Responderpatipapp

      Sinceramente, acho que eles são muito novos! Mas, já que você vai estar la, converse com agentes sobre o tempo dos safaris e o conforto dos carros. Quando meus filhos tinham 6 anos e 1 fui para Dubai e chegamos a fazer um rally nas dunas onde minha filha de 1 ano DORMIU na cadeirinha do carro 4×4, isto durante o rally.

      Ou seja, depende da criança! Crianças adoram bichos… quem sabe!!!

      1. ResponderPaula

        Roberta… vc chegou a ir ao safari com as crianças de 1 e 4 anos? Estou indo para Africa do Sul em março e queria fazer o safari, mas o Kruger não aceita crianças menores de 12 anos e meu filho terá 2 anos na data da viagem.
        Não sei quanto a possibilidade dele encarar o dia todo de andança (e nem sei se outro lugar aceitaria criança de 2 anos pra fazer safari) pois parece ser bem cansativo, debaixo de sol, insetos…

          1. Claudine Blanco

            Oi Cinthia, tudo bem? Eu tenho uma agência especializada em viagens em família com crianças e posso lhe dizer que, com o roteiro certo, dá para a sua pequena fazer um safári sim. No geral, crianças de até 6 anos de idade não são permitidas nos safáris na região do Kruger. Mas alguns lodges, mediante contratação à parte de um safári privativo, com veículo e guia exclusivos, permitem que crianças entre 3 e 6 anos de idade participem junto de seus pais/responsáveis.

            Eu organizei a viagem para a África do Sul da blogueira Sut-Mie, do Viajando com Pimpolhos, com seu marido e suas duas filhas, na ocasião com 4 e 8 anos, e eles amaram principalmente os safáris! No blog dela tem vários posts com dicas sobre o destino:
            http://viajandocompimpolhos.com/category/destinos/africa/africa-do-sul/

            A Clara, de 8 anos, também deixou seu próprio relato em nosso site, contando o que ela achou da viagem para a Áfirca. Espia lá: http://www.viajarcomcriancas.com.br/relatos-de-viagem/post/africa-do-sul-por-clara

            Espero que lhe ajude. 😉

          2. Bianca

            Oi Cinthia, você fez o safári com seus filhos ? O que achou? Irei para a África do sul em Janeiro com minha filha de quase 3 anos (2 anos e 11 meses), minha preocupação nem é tanto o safári, é o fato do Kruger está em área de risco de contrair malária.

  4. ResponderAndrea Moraes Torres

    Olá Paty, estou me preparando para ir a Cape Town agora com meu filho de 3 anos e gostei muito das suas dicas. Tive a mesma duvida que outras leitoras sobre levar os pequenos aos safaris mas acabei descobrindo que muitos nem permitem a presença de crianças com menos de 6 anos, pois é preciso ficar em silencio absoluto durante o passeio. Não dá para esquecer que os carros são abertos… Por outro lado vi que há parques interessantes na área de Cape Town que podem surtir o mesmo efeito para eles: uma fazenda de avestruzes, outra de crocodilos e uma de girafas, todas abertas a visitação diariamente e com boa infra-estrutura. Depois conto como foi minha experiencia!

    1. ResponderPaula

      Andrea, aonde ficam essas fazendas de crocodilos e de girafas? Vou levar meu filho de 2 anos e pelo visto, nao conseguiremos fazer safari. Obrigada,

  5. ResponderBia

    Andrea, vou pra Cape Town com minha filha de 2,5 anos no fim de abril. Se já tiver ido, adoraria saber como foi sua experiência e o que você indica. Não sabia da fazenda das girafas, por exemplo, só das outras.

  6. ResponderPaula

    Bia, como foi sua experiencia na viagem? Conseguiu descobrir aonde fica essa fazenda de girafa?
    Vou para Africa com meu filho de 2 anos, em março.

    obrigada

  7. ResponderClaudine Blanco

    Patrícia, parabéns pelo seu post, que está super completo!
    Como sou dona de agência, tive o privilégio de viajar para a África do Sul várias vezes, inclusive com meus filhos, e posso dizer que é um dos meus destinos favoritos no mundo.
    Espero que você consiga retornar um dia com seus filhos. Além das coisas que você mencionou, lá tem vários passeios que podem ser adaptados para serem mais divertidos para as crianças. Um exemplo é o city tour, que pode ser feito em “side car” (aquelas motos antigas com um cesto ao lado). Meu filho pirou com esse passeio, principalmente pq há toda uma caracterização lúdica: para entrar no clima, eles oferecem para os passageiros até jaquetas de couro e óculos retrô! Pura diversão!
    Falo mais sobre esse passeio aqui: http://www.viajarcomcriancas.com.br/dicas/post/sidecar-em-cape-town
    Abraços

  8. Pingback (citações em outros sites/blogs): anello bulgari falso


    1. Autor
      ResponderPatrícia Papp

      Olha, como ele é pequeno, quem vai aproveitar são vocês!!! Se vocês curtem o destino, eu super recomendo. Fui para Tailândia quando minha filha tinha 1 ano e viajei pela Europa quando ela tinha 2 e pouco. sempre foi uma ótima companhia. E quando as pessoas diziam que meus filhos não iam lembrar da viagem, meu marido dizia: “Mas eu vou!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *