Ceará, um destino para crianças e adultos

Ceará, um destino para crianças e adultos

Há algum tempo meus filhos – Pedro de 6 anos e Isadora de 3 – pedem para ir ao Beach Park, muito em função dos comerciais de TV que aguçam a vontade das crianças de se esbaldarem naquele mundo dos tobogãs.Decidimos, então, que esse seria o destino de alguns dias das férias escolares de julho.Tínhamos uma semana de folga do trabalho, mas achei que era tempo demais para ficar só no parque. Então busquei as dicas da minha amiga Pati Papp, que me deu  algumas opções de pousadas charmosas em outros locais do Ceará para compor nosso roteiro.

 
Saímos de Curitiba em um sábado bastante frio, mas as crianças amando acordar cedo e se mandar pro aeroporto, mesmo com blusas, meias e cachecol… Afinal, a perspectiva era de sol, piscina e calor nos próximos dias.
Embarcamos cedo e às 15:30 já chegamos em Fortaleza. Pegamos um táxi no aeroporto e em menos de 30 minutos já estávamos chegando no Beach Park Aqua Resort, o hotel mais novo do complexo. 
 
 
Ficar hospedado nos hotéis dentro do parque é geralmente mais caro que a hospedagem em pousadas próximas. Mas tem algumas vantagens:
 

1. O hotel é ótimo e tem uma excelente infra-estrutura para crianças – clubinho, monitores, atividades para todas as idades.

 

2. Da piscina do hotel você entra em uma bóia e dali está dentro do parque. Para as crianças, isso era o paraíso! Sem contar a facilidade de, no meio do dia, poder ir até o quarto para dar um tempo do sol, descansar um pouco, para recarregar as energias para a próxima jornada de piscinas com ondas, tobogãs e escorregadores.

 

3. Na hospedagem já está incluso o jantar, além do café da manhã, e o restaurante do hotel é bem gostoso e tem um buffet especial de comidinhas para crianças.

 

4. O hotel fica em frente à praia de Aquiraz, que, apesar de ser de “tombo” e não ser muito boa para banho, é muito bonita.

 
 
Fomos 3 dias ao parque e é mais que suficiente. Dá pra curtir tudo com calma e repetir a dose nos brinquedos que as crianças mais curtiram.  Tem atrações para todas as idades – a Isadora amou o Acqua Circo, uma das atrações mais novas do parque, super gostosa para crianças pequenas. Já o Pedro foi mil vezes nos tobogãs mais radicais.  Se fosse para eleger o que mais gostei e o que achei que poderia ser melhor, lá vão minhas impressões:
 
1. O esquema de segurança é maravilhoso. Tudo pensado para as crianças e acho que é impossível alguém se afogar lá. Tem salva-vidas em tudo, por todos os lados, a cada passo.
 
2. Tudo é muito organizado e super limpo. 
 
3. A medida para saber se é seguro para a criança ir em determinado brinquedo é a sua altura. Tem alguns para bebês, outros para crianças acima de 1,00 (era o caso da Isa, que já pôde ir em alguns tobogãs que até então eu
achava impensáveis para ela), outros para acima de 1,20 e os mais radicais para pessoas acima de 1,50m. Tem pra todo tipo de gente, de altura e de medo.
 
4. Tudo é muuuuuito caro dentro do parque. É turismo pra gringo em euro…. Então, vá preparado para gastar muito no almoço ou leve uns lanchinhos na mochila pra aliviar o orçamento.
 
Na quarta-feira, aproveitamos que o parque fecha, fizemos as malas e rumamos para nosso próximo destino – Fortim, a cerca de 120 km do Beach Park.
 
Ficamos hospedados no Hotel Vila Selvagem, uma pousada de um francês que se apaixonou pelo Ceará e lá montou um negócio dos sonhos. A pousada é super charmosa e fica na praia de Pontal do Maceió, um dos locais ainda totalmente selvagens do nosso litoral. É aquele esquema de pousada que a gente se sente em casa, com os serviços impecáveis. Apesar das crianças preferirem sempre ficar na piscina da pousada, conseguimos convencê-los a passear pela região. Algumas dicas:
 
1. Contrate um buggy com motorista para levar para o passeio nas dunas. O visual é maravilhoso e as crianças adoraram descer as dunas com o buggy, além de ficarem surpresas com os enorme cataventos que geram energia eólica para a região. O Pedro tinha certeza que estava num filme do Star Wars!
 
2. Um bom “bugueiro” conhece alguns oásis no meio das dunas, onde paramos para almoçar um peixe fresco e ainda descer de tirolesa nas lagoas.
3. Dalí se chega também a Canoa Quebrada e outras lindas praias do Ceará. Vale o passeio, mesmo sendo um
pouco mais longe.
 
4. Como fomos na última semana de junho, tivemos a sorte de pegar as autênticas festas juninas do Nordeste, um evento para eles tão importante quanto o Carnaval. As festas são lindas, super produzidas e tem um astral
incrível. 
 
5. Alugamos um barco que nos levou a um passeio no Rio Jaguaribe, que desemboca no mar e tem uma linda paisagem de rio, mar e dunas.
 
6. Não deixe de apreciar o maravilhoso por do sol. Se possível, vá até o pontal do Maceió pois de lá se tem uma vista inesquecível. 
 
 
Além de ficar realizada com a alegria das crianças no Beach Park, foi muito legal ver as crianças admiradas com a beleza daquela “bola de fogo” se pondo todos os finais da tarde atrás das falésias, enquanto tomavam banho nas piscinas naturais quentinhas em frente ao hotel. Foi o final perfeito para dias em família cheios de sol, mar e muito alto astral.  
 
Dicas da Viviane, mãe do Pedro e da Isadora.
 
(Só para deixar claro, este post não é um post patrocinado. Ele foi escrito de acordo com a experiência da Viviane e de sua família que escolheram seus roteiros e viajaram por conta própria).

4 comentários

  1. ResponderMinha Filha Minha Vida

    Olá bom dia !

    Adorei o post principalmente pq estamos planejando ir nas proximas ferias de junho/ julho e tenho uma pergunta se vc não se importar ….

    – estava realmente calor ? sou de SP e tenho muito medo de me aventurar em datas erradas

    beijos e obrigada !

  2. ResponderÉrika Marques

    Meninas que bacana ver o Ceará aqui no blog!! 🙂 Amei!! Sou suspeita né? 🙂 Ah, e quando cliquei na referência, quase caio.. Meu bloguito!!! Obrigada!!

    Viviane, fiquei surpresa embora muito , muito feliz com sua escolha por Pontal de Maceió. Estive lá em maio deste ano e fiquei encantada. Pensei: gente, todo mundo tem que conhecer este paraíso. Infelizmente ou felizmente ainda é pouco divulgado.

    O Hotel Vila selvagem é maravilhoso, apesar de não ter muitas opções de entretenimento para crianças… Achei mais voltado para casais, porém só aquele mar quentinho, as piscinas naturais já são um luxo, não?

    Este passeio de buggy que fez foi apenas por Fortim? Lembra o nome da lagoa? Acho que ainda não conheço

    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *