Blogagem Coletiva: Viagens na infância

Blogagem Coletiva: Viagens na infância

Este post faz parte de mais uma blogagem coletiva. Desta vez o tema, Viagens na nossa Infância, foi proposto pela Francine Angoleto, a partir de uma foto que publiquei no grupo Viagens Em Família, no facebook, em homenagem ao dia das crianças.

Chile

Minha família é daquelas que ama viajar e está sempre arranjando uma desculpa para botar o pé na estrada.  Ninguém nunca teve muita frescura, viajamos muito de carro, já ficamos em muitos lugares simples, pousadinhas, hoteizinho, campings, casa de pessoas.

Tenho muitas lembranças  destas viagens, remexer nos álbuns despertou muitas outras. Também ficou fácil entender porque para mim viajar é descomplicado!

Acho que nossas viagens em família (quando eu era pequena) podem ser divididas em três momentos:

Primeiras Lembranças

Viagem na infância

Até o 7 anos, todas minhas viagens eram de carro. A maioria para praia, outras para Santa Catarina e para o Rio Grande do Sul (Serra Gaúcha e região). A mais longa de todas foi uma road trip de Karhmann-guia vermelho, até Buenos Aires. Uma sensação que não me sai da memória quando lembro destas viagens é um tobogan enorme em Canela (?) e um dia de Reis na Argentina*.

Viagem na infância

* Nesta data as crianças ganham presentes, como no nosso Natal. Dormimos em uma cidade do interior, em um pequeno hotel na frente de uma praça. No dia seguinte, quando acordamos, as crianças brincavam com presentes que tinham ganhado.

Aventureiros

Logo depois, mais ou menos quando eu tinha entre 7 e os 13 anos, começamos a fazer muitas viagens acampando. Nossa estreia foi em Porto Belo, região de Bombinhas (SC). Fomos cada vez mais longe… tenho muitas lembranças de uma viagem de quase um mês, de Curitiba até Porto Seguro, na Bahia. Conhecemos o litoral de São Paulo, Rio e  Espírito Santo. Nesta viagem minha mãe estava grávida. Alguns anos depois, fomos até o sul do Chile, na região dos lagos de carro, acampando. Ninguém tinha o costume de usar cinto e os irmãos dormiam um meio em cima do outro, o banco dobrado fazia uma cama maior. Foi uma viagem incrível, com geisers, vulcões, neve em pleno verão (nos andes) e muitas descobertas. Lembro que na fronteira da Argentina com o Chile precisamos comer nossas frutas pois não era permitida a entrada de alimentos frescos. (A foto ali de cima, que inspirou a blogagem, é desta viagem, minha irmã tinha 1 ano e meio).

Também fomos muitas vezes para Céu Azul (pertinho de Foz do Iguaçu), o Parque Nacional das Cataratas nem existia ainda!

Outros Continentes

Sabe aquela desculpa “já que…”???

Na minha família se usa muito. E foi com este argumento que fizemos uma viagem entre Estados Unidos e Europa por uns 7 países.

Começamos por  em Wisconsin (Estados Unidos), onde buscamos meu irmão que estava no intercâmbio. Depois, de carro, fomos para Chicago e Detroit (já que era 1994, Copa do Mundo nos EUA e o Brasil ia jogar ali, por que não?). De lá fomos para Nova York.

Copa do Mundo 1994

Depois fomos para Paris. Minha mãe ia participar de um congresso e este era o motivo desculpa original da viagem.  Já que estávamos de carro e a poucas horas de muitas cidades incríveis fizemos um roteiro que incluiu o sul da Alemanha (Munique, Floresta Negra, Friburg), Austria (Viena Salzburg), Norte da Itália (Veneza, Milão), interior da França e a Suiça (Genebra, Berna e Bulle).

Paris 1994

Em algum momento deste período na Europa, aproveitamos para conhecer Londres, já que estávamos de carro, foi de carro mesmo, com direito a mão inglesa e tudo.

Depois desta viagem ainda tiveram mais algumas road trips pelo Brasil afora, incluindo mais uma super viagem pelo litoral até Pernambuco, Pantanal, cidades históricas mineiras, Fortaleza, serra fluminense, Rio Quente… vixi tanta história para contar!!!

Acho que não faltou inspiração para continuar viajando em família depois de ter filhos, ne?

 

 

Quer ler muitas outras histórias de viagens?

 

1. Claudia Rodrigues Pegoraro – Felipe, o Pequeno Viajante

2. Karen Schubert Reimer – As Aventuras da Ellerim Viajante

3. Francine Agnoletto – Viagens que Sonhamos

4. Thyl Guerra – Viajando com Palavras

5. Marcia Tanikawa-Os Caminhantes

6. Adriana Pasello – Diário de Viagem

7. Sut-Mie Guibert – Viajando com Pimpolhos

8. Andrea Barros – Do RS Para o Mundo

9. Andreza Trivillin – Andreza Dica e Indica Disney

10. Patricia Papp – Coisas de Mãe

11. Camila de Sá Marquim – Na Viagem com Camila

12. Débora Segnini – Gosto e Pronto

13. Débora Galizia – Viajando em Família

14. Aryele Herrera – Casa da Atzin 

15. Andréia Mannarino – Mistura Nada Básica

16. Tatiana Dornelles – Destino Mundo Afora 

17. Manu Tessinari – Cup of Things

18. Valéria Beirouth – It Babies

19. Luciana Misura – Colagem

20. Amanda Lago – Batendo Perna Pelo Mundo

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

15 comentários

  1. ResponderThyl Guerra

    Muitas viagens, em Patrícia? E me identifiquei muito com o “já que”. kkkkk Ando usado muito ele atualmente. Ontem mesmo usei: “já que está em promoção de passagem, vamos aproveitar e comprar logo pro Carnaval, pras mudança de cidade, pra visitar a família em Recife…” kkkk E, quando vi, estava com 3 viagens com passagens compradas. Esse “já que” é o melhor!!! rsrs Parabéns pelo post.
    Feliz dia das crianças
    Bjs
    Thyl Guerra @vianjandpalavras

  2. Pingback (citações em outros sites/blogs): Blogagem Coletiva - As viagens da nossa infância | Gosto e ProntoGosto e Pronto

  3. Pingback (citações em outros sites/blogs): Blogagem coletiva: as viagens da nossa infância! | Viajando com Pimpolhos

  4. Pingback (citações em outros sites/blogs): Blogagem coletiva- As viagens da nossa infância | Os caminhantes

  5. ResponderDebora

    Nossa Patrícia, quantas viagens hein!!!! Que legal!!!! Acho que aproveitavamos bastante as nossas viagens, pois parece estar tudo tão fresco na nossa memória. Que bacana tudo isso!!! Estou amando essa blogagem!!! bj

  6. Respondercasadaatzin

    Patricia,

    Já que … Você falou, cadê a foto do kahrmann-ghia? Rsrs
    Imagino que o porta malas também era pequenininho e nada impedia de carregar a família inteira e se dúvidar mais os primos, né? Acho que foi um presente para vc crescer desta forma descomplicada e agora vc inspira outras famílias a fazer o mesmo. Parabéns!
    Bjus.

  7. Pingback (citações em outros sites/blogs): Blogagem Coletiva – As Viagens da Nossa Infância ! | Ellerim Viajante

  8. Pingback (citações em outros sites/blogs): Blogagem Coletiva: as viagens da nossa infância. | Cup of Things

  9. Pingback (citações em outros sites/blogs): Blogagem coletiva: as viagens da nossa infância! | It Babies

  10. Pingback (citações em outros sites/blogs): Blogagem coletiva: Viagens da nossa infância

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *