5 Tipos de Viagens com Crianças

5 Tipos de Viagens com Crianças

Elegemos os 5 tipos de viagens que você precisa fazer com seus filhos. Já preparou suas malas para as próximas férias?

1 – Para se divertir em família

Vamos começar com os destinos de viagem mais feijão com arroz: parques temáticos. Eles são tudo de bom para divertir a família inteira, então podem embarcar vovós, tias, primos, sobrinhos, amiguinhos, afilhados. Listamos alguns parques temáticos que não podem faltar na sua lista.

Walt Disney World, Flórida EUA

Orlando é o destino número 1 da maioria das famílias. E realmente não tem como negar: a Disney sempre será encantadora. O complexo na Flórida engloba 6 parques: Magic Kingdom com o tradicional castelo da Cinderela, Epicot uma viagem pelos países do mundo, Disney’s Hollywood Studios o parque sobre os filmes, Disney’s Animal Kingdom sobre os animais e os dois parques aquáticos Disney’s Blizzard Beach e Disney’s Typhoon Lagoon. A melhor época para ir é entre abril e maio quando os parques estão menos lotados e as temperaturas estão amenas. Indicações de algumas atrações imperdíveis? Fazer o dia de princesa e almoçar no castelo da Cinderela, assistir ao show de luzes Fantasmic no Hollywood Studios, almoçar na China e jantar na França no Epcot, brincar no Boneyard, um playground em que as crianças viram arqueólogos no Animal Kingdom.
Mais dicas sobre viagens para Disney:

Universal Studios, Flórida EUA

Bem perto do complexo Disney, fica o complexo da Universal com três parques: o Universal Studios, o aquático Wet’n’Wild e o Island of Adventures. O primeiro, se dedica aos filmes e séries de televisão produzidos pela Universal, como a montanha-russa indoor da Múmia e diversão em 4D com os Simpsons, os Homens de Preto, o Shrek e o Exterminador do Futuro. Já o Island of Adventures, apesar de ter uma boa área infantil, é mais radical, ótimo para ir com crianças maiores e destemidas. O ponto alto é a montanha-russa do Huck, coisa para profissional na arte de encarar a adrenalina. Lá também fica o Wizarding World of Harry Potter, onde você pode passear pelo Castelo de Hogwarts, andar de montanha-russa, comprar ótimos suvenirs do filme (como a varinha do Harry!) e beber cerveja amanteigada.
Leia mais:

Legoland, Flórida EUA

Para finalizar o roteiro de diversão em Orlando, indicamos a Legoland com foco nas crianças entre 2 e 12 anos, já que os brinquedos radicais ganham versões “light”, como a torre que despenca e as várias montanhas-russas feitas para os pequenos e muitas outras atrações para menores de 5 anos. Até mesmo a Flying School com seus carrinhos suspensos é tranquila perto dos níveis de adrenalina de atrações radicais de outros parques. Anexo ao principal, fica o parque aquático da Legoland e para acessar basta comprar um upgrade do ingresso uma vez já dentro do parque. É importante consultar o calendário antes de planejar uma visita ao Water Park, pois ele abre somente a partir de abril e não são todos os dias em que funciona.
Leia mais:

Beto Carrero World em Santa Catarina 

Você não precisa sair do Brasil para curtir um dia de parque com as crianças. Entre os que conheço no país, o Beto Carrero World é o que oferece a melhor estrutura e onde percebo que os brinquedos são bem cuidados. A dica número 1 é escolher a data para a visita. Se você mora perto da região de Santa Catarina e tem uma agenda mais flexível, evite os feriados, assim garante um ambiente mais tranqüilo, especialmente se os seus filhos são pequenos. A área de animais não é completa, mas as crianças costumam curtir; depois de curtir os brinquedos radicais, é bem terapêutico passear pelo zoológico ou interagir com os filhotinhos. Atração imperdível para os homens e meninos é o Super Carros em que eles podem até dirigir uma Ferrari. Uma observação: as mães de bebês comentam sobre a falta de trocadores nos banheiros, pois não são todos que possuem, então é bom ficar atento a isso.
Leia mais:

Astérix Parc em Paris, França

A Europa também tem seus parques temáticos. Na França, o ponto alto é o parque do Astérix, o simpático cartoon. O complexo abriga também um hotel, mas é tão pertinho de Paris (apenas 40 minutos com vários ônibus ao dia para o transfer) que é melhor se hospedar na cidade luz. Bem completo, tem atrações para bebês e algumas bem radicais. Há inclusive um show com golfinhos e leões marinhos. O parque é dividido por seis mundos: Grécia Antiga, Egito, os vikings, Império Romano, Welcome to Gaul (para os menores) e o Viagem pelo tempo. É preciso ficar bem atento ao calendário para programar a visita. Em 2014, o parque só abre a partir de abril e não opera todos os dias.

2 – Para seus filhos brincarem enquanto você descansa

Às vezes você quer viajar com seus filhos, mas não necessariamente ficar com eles 24 horas por dia. Uma viagem em família também pode ser apenas para relaxar. Nada melhor do que os resorts com recreação infantil para você curtir um tempo “adulto” enquanto a criançada brinca solta com os “tios” do hotel. A maioria também oferece serviço de baby sitter (geralmente pago separadamente). Os resorts all inclusive são ainda melhores para você “desligar” do stress, já que nem com as refeições você precisa se preocupar, pois tudo está ali bem ao seu alcance.

Costão do Santinho, em Florianópolis, Santa Catarina

O Costão faz de tudo para você esquecer da vida. A recreação infantil é bem completa, sendo que as crianças podem até fazer as refeições com os monitores. É possível ficar horas sem ver os filhos, não precisa nem se preocupar com o protetor solar, pois as atividades são planejadas para que ninguém fique no sol durante os períodos de maior intensidade. O espaço Costão Baby é muito bom para bebês de até 3 anos. É legal consultar a programação do hotel, pois eles fazem vários pacotes temáticos ao longo do ano.

Resorts Mabu 

A rede do Mabu possui quatro resorts bem completos na estrutura para receber a família, todos com Kids Club e áreas de lazer infantil. O mais especial e indicado para descansar enquanto as crianças gastam as energias é o Mabu Thermas Resort em Foz do Iguaçu, onde a recreação é temática com o Sítio do Picapau Amarelo e atrações divertidas como a Cozinha da Tia Nastácia, o Laboratório do Visconde, o Cantinho da Emília e outros mais.

Club Med

A rede Club Med tem 80 hotéis pelo mundo inteiro, incluindo três no Brasil. Através do site você pode filtrar sua busca por hotéis de acordo com seus interesses: para família, exclusivo para adultos, romântico, aventura e por aí vai. Indonésia, Turquia, Marrocos, Suíça e Estados Unidos são alguns dos destinos com monitoramento e estrutura infantil completos. Os villages daqui possuem Club Med Baby Welcome, o Petit Club Med para pequenos até 3 anos, o Mini Club Med para crianças entre 4 e 10 anos, e o Junior’s Club Med para adolescente entre 12 e 18 anos. Há também várias atividades de recreação para adultos, incluindo festas temáticas e shows para a família toda.
Leia Também:

Vila Galé Resorts

Os hotéis da rede são todos em praias do Brasil, mas quatro deles se destacam pela estrutura para crianças; são os Vila Galé Eco Resort de Angra, Vila Galé Eco Resort do Cabo, o Vila Galé Marés da Bahia e o Vila Galé Fortaleza. Todos eles oferecem baby copa, fraldeiro e Kid’s Club com recreação infantil para grupos de faixa etária específicas. Os bebês são super bem-vindos, inclusive na hora das refeições. Há um cardápio inteiro planejado para eles, o Nep Menu, uma coleção de patinhas com ingredientes saudáveis e cortesia para babys de até 2 anos. Dica bem especial: a tarifa para crianças até 12 anos é cortesia.
Leia mais:

3 – Para descobrir a história

Toda viagem é uma experiência de descobrimento de um novo mundo, de uma nova cultura, de novas possibilidades e maneiras de viver. Mesmo assim, algumas cidades são mais “históricas” do que outras. Viajar por algumas partes da Europa é como fazer uma viagem pelo tempo e descobrir segredos antigos, por exemplo. Então, selecionamos duas cidades para você e seus filhos começarem a explorar o mundo antigo. A dica da Patrícia Papp, também autora do Eu Viajo com Meus Filhos, para curtir ainda mais esse tipo de viagem é planejá-la junto com as crianças, mostrando o que elas irão ver, contando histórias sobre os lugares e as pessoas que lá viveram e ainda vivem. Envolvê-las no processo é garantia de descobrimento e interesse por parte dos pequenos.

Cuzco, Peru

A cidade é considerada a capital arqueológica da América por causa dos vestígios da civilização Inca que viveu por lá. Cuzco é o caminho para conhecer o Machu Picchu, o mais famoso sítio arqueológico do mundo. Para chegar lá, o melhor é ir de trem, bem confortável e você pode escolher entre o barato e o luxuoso. A estrutura turística por lá é muito boa se comparada com outras regiões do Peru, mas ainda mais é bom ir bem preparado e levar seus snack, joguinhos para a viagem de trem, lenços umedecidos e outros aparatos maternos.

Atenas, Grécia

Uma das cidades mais antigas do mundo, datada de 1400 a.C., mas com acesso um pouco mais fácil para crianças do que as cidades do Oriente Médio. É interessante que seus filhos já tenham aprendido alguma coisa sobre a Grécia Antiga na escola, assim eles poderão vivenciar o que já conheceram pelos livros, como as ruínas do Partenon. A melhor época para ir à Grécia é entre abril e junho, pois as temperaturas não estão muito altas.

4 – Para conhecer animais 

As crianças adoram animais. Quando o assunto é amor pelos bichos, a África é o primeiro destino na mentes de todos, mas há também outras opções em que a observação de animais pode ser um “plus” ao invés de se tornar a programação da viagem inteira.
 Cavalgada no Pantanal

Pantanal, Brasil

O Brasil é um dos países com a mais rica fauna do mundo. O melhor destino para entrar em contato com a natureza é o Pantanal, mas para ir com crianças é preciso observar vários pontos antes de comprar as passagens. Muitos hotéis tem acesso difícil (alguns só por avião) e nem todos são preparados para receber crianças. Por isso, ao planejar, tenha em mente pesquisar bem o hotel. Aqui no blog, já foi indicada a pousada Xaraés bem no meio do Pantanal. Ter um guia na viagem é bem aconselhável, assim você pode ficar mais tranqüila e curtir mais os passeios. Ah, e leve muito, mas muito repelente!
Leia mais:

Bonito, Mato Grosso do sul

Bonito, sem dúvida, é um dos melhores destinos do Brasil para se observar animais. Na cidade há fazendas de cobras, jacarés e outros animais, além dos peixes, araras, tamanduás bandeira, cotias,a vestruz e outros animais que vivem soltos e podem ser observados tanto nos passeios, como na estrada.

Flutuação em Bonito – um dos melhores mergulhos que já fiz

Restaurantes em Bonito: massas, peixes e pizza

As melhores Viagens com Crianças: Bonito

Miami, EUA

Miami é um destino de fácil acesso e adorada por brasileiros. Apesar de conhecida pelas boas opções de compras baratas e pela vida noturna agitada, Miami é um bom lugar para estar com crianças que curtem animais. O zoológico da cidade é parada obrigatória com mais de duas mil espécies de animais, sendo o tigre-de-bengala e os leões as grandes estrelas. O Seaquarium é o maior parque de animais marinhos dos EUA onde os golfinhos e leões marinhos fazem a festa. Lá, você pode nadar com os golfinhos também, mas é legal reservar com antecedência em épocas de alta temporada. O valor é tão salgado quanto as águas dos aquários, mas vale cada centavo de dólar. Ah, só são aceitas crianças maiores de 5 anos e até os 9 anos elas precisam estar acompanhadas por pais participantes (leia-se pagantes) durante a interação.

5 – Para se alimentar de arte

Nada melhor do que incluir os pequenos em passeios artísticos e eles podem realmente se divertir ao entrar em contato com o mundo da arte. Tudo bem, museus podem ser enfadonhos, mas tudo depende de como você os visita. Muitos deles oferecem programação infantil especial. Listamos três dos mais famosos (e mais visitados) museus de arte do mundo destacando o que eles oferecem de atrativo para as crianças.

Musée du Louvre, Paris, França

O rei de todos os museus é bem receptivo para crianças. Há programas a partir dos 4 anos de idade em que os pequenos podem participar de atividades, leituras de contos, workshops com a família na arte da litografia, por exemplo. A área do museu é gigante, então para os pequenos é legal levar um carrinho ou preparar as crianças maiores para andar bastante. Mesmo assim, visitar o Louvre com as crianças é uma ótima experiência.

MET Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA

Em Nova York, visitar o MET é essencial. O museu é enorme e abriga uma coleção de arte do mundo inteiro bem impressionante. As galerias de arte egípcia chamam bastante atenção das crianças. O MET também tem programas familiares, como workshops, atividades e tours voltados ao público infantil, mas as crianças precisam estar acompanhadas pelos pais. Os guias especiais não são produzidos em português, mas apenas em espanhol.
Leia Também:

Victoria and Albert Museum, Londres, Inglaterra 

Um dos mais importantes museus de arte, o V&A é bem pensado para quem os visita com crianças menores de 5 anos. Atividades gratuitas, como contação de histórias e oficinas de arte, ocorrem durante todos os dias e o calendário oferece atividades especiais em determinadas datas. O Museum of Childhood conta exposições especiais de brinquedos e outros temas infantis. Para quem está com bebês, há o Quiet Room, um espaço reservado com cadeiras confortáveis, trocador, aquecedor de mamadeiras e toilete familiar.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *