Snowland em Gramado com crianças pequenas

Snowland em Gramado com crianças pequenas



Virada de ano com bebês costuma ser bem diferente da tradicional sequência de ceia, contagem regressiva, fogos, brindes, beijos e abraços e mais algumas de horas de alegria. Conscientes disso, procuramos por um destino alternativo ao litoral para o primeiro réveillon do Nico, de 10 meses. Por outro lado, também queríamos agradar a irmã Luize, de 4 anos, compensando a ausência da praia com outros atrativos. Eis que Gramado apareceu como a opção perfeita, ainda mais com a companhia de nossos compadres aventureiros e seu filhinho Enzo, de 1 ano e 3 meses.

 

Mas se a celebração noturna foi tranquila, a programação do dia 1º. de janeiro prometia: esquiar na neve, em pleno verão gaúcho, no recém-inaugurado Snowland! Então, café da manhã reforçado e antes das 9 da manhã chegamos ao nosso destino, cerca de 7 km do centro, para enfrentar a previsível fila. O ideal é comprar os ingressos antecipadamente pela Internet, mas deixamos para a última hora e não havia mais disponibilidade. Com tanta gente e um inesperado travamento do sistema, houve muita demora e impaciência das pessoas. Porém, como nós éramos um dos poucos pais com bebês, pegamos o caixa preferencial e em 30 minutos estávamos com os nossos “ingressos de pulso”!

 

 

 
O primeiro acesso é a uma área a 15 oC chamada Vilarejo Alpino, onde há diversas lojas e uma pista de patinação no gelo. Ansiosos, fomos diretamente à área de transição, vestir as roupas especiais para enfrentar o frio de -4oC da Montanha de Neve. Não há limite mínimo de idade, mas há equipamentos disponíveis apenas para crianças com mais de 4 anos. Para a Luize, tudo tamanho mínimo. O Enzinho, como tem seu próprio traje, entrou e brincou na neve até cansar – o que demorou uns 30 minutos. Ele já anda há alguns meses, mas se incomodou pela falta de destreza para se equilibrar bem sobre a neve fofa. Além disso, o que ele mais queria era brincar como se estivesse na areia, sentando e metendo as mãos na neve, tadinho! As luvas logo ficam úmidas com a neve derretida pelo abusado uso infantil. Servem bem para os adultos e melhor ainda como recordação para quem não quiser gastar nas lojas.

Já a Luize, cansaço nem em pensamento… Ela aproveitou tudo: o “esquibunda”, um parquinho, uma exposição de animais mecanizados… Enquanto isso, o Nico ficou comigo no conforto do restaurante. A estrutura é ampla e ao mesmo tempo  aconchegante. Tem até uma área kids com monitores. O café e o bolo estavam uma delícia! E tem opção até para almoço. Das amplas janelas, acompanhamos a diversão da Lui com o papai até o “rodízio”, quando eu entrei com a ela e o papai ficou com o Nico. Eu só tive tempo de descer uma única vez no tal “Airboard”, uma prancha inflável para descer deitada de barriga para baixo. Mas nem peguei muita velocidade. Snowboard e esqui, só se pagar a parte. Não vale a pena para quem tem pouco tempo (o meu caso, pois minha prioridade eram as crianças) ou para quem já esquia relativamente bem.

Mais “esquibunda” para a Luize. Até que, de repente, ela não
conseguiu mais se segurar na prancha: “-Mamãe, meus dedinhos estão congelando!”  L
E olha que eu constantemente tirava a neve acumulada nas luvinhas dela…
 

Fora a luva, o restante da roupa esquenta bem. Desde que você vista roupas adequadas por baixo. Nós vimos várias pessoas de shorts, vestidos e havaianas. Fiquei feliz por ter levado calça, camiseta e blusa de manga comprida para todos. Só senti falta de meias mais compridas e grossas. E um par de meias extra, porque as nossas ficam úmidas e não muito cheirosas. Vale a pena até levar um traje completo para trocar. Especialmente se você for continuar o dia com mais passeios. Com os pequenos, nós saímos da Snowland ao meio-dia. Fomos até Três Coroas, almoçamos em um restaurante tibetano e subimos outra montanha (de carro e sob um sol quente) para relaxar visitando um lindo templo budista! Dicas do Guia Essencial de Gramado e CaneIa. Passeio que indico a qualquer pessoa, independentemente da religião.

 
Foi um início de ano agitado! Haja energia se o ano todo for assim! J
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
Segunda à quinta: das 9h às 18h 
Sextas, sábados e feriados: das 9h às 21h
Domingos: das 9h às 19h
 

 

Carolina é mãe da Luize (4 anos) e Nico (11 meses)

Para ler sobre o Snowland em Gramado, clique aqui
Para ler mais sobre hotel em Gramado, clique aqui
Para ler sobre o Natal Luz em Gramado, clique aqui
 



Para muitas outras dicas de hotéis, restaurantes, passeios, parques, compras etc, compre o 
Guia Essencial de Gramado e Canela
Para saber mais: Pulp Edições 
Para comprar o Guia: facebook.com/livrosdeviagem

 
 

14 comentários

  1. ResponderSuzanne Mary

    Olá, descobri o blog sem querer e estou adorando as dicas.
    Pretendo conhecer o Snowland com meu filho, mas não conheço Gramado, será que vcs podem me dar dicas de pacotes ou hotéis por lá?
    Beijos e parabéns pelo trabalho!

  2. ResponderFlávia Silva

    Pessoal, como é bom trocar informações, apesar de morar da cidade e iniciando um blog de turismo só com dicas da Serra Gaúcha, tinha detalhes do snow land que não sabia, até mesmo por não filhos.

    Essa é a magia de compartilharmos!

    Meu blog estará no ar em Junho, ficarei feliz em compartilhar tambem as minhas ideias. http://instagram.com/dicasgramado

  3. ResponderLuiza

    Oi! Adorei as dicas! Vou agora em junho e vou levar minha bebê de 1 ano e 8 meses. Minha dúvida era se minha bebê poderia entrar na área de neve, porque me informaram que ela só poderia ficar na área Kids. Já estava preocupada. Beijos

  4. ResponderViviane

    Fui informada por um funcionário da Snowland que meu filho de 3 anos só poderia ficar no espaço Kids, mesmo ele já sabendo esquiar e tendo equipamento. Alguém conseguiu ir para área de neve com filho menor de 4 anos ?

  5. ResponderPriscila

    Olá. Só uma duvida, se so pode entrar criancas maiores de 4 anos na montanha de neve, como o Nico conseguiu brincar na neve? Tem uma área fora em que ele pode brincar? ou as criancas menores de 4 pode entrar ficar um pouco e sair?

    1. ResponderPatrícia Papp

      Oi! Não existe roupa, nem luvas, nem botas, para crianças com menos de 4 anos, mas como ele tinha, ele pode entrar na área da neve (mas não pode ir nos brinquedos). beijos

  6. ResponderCarina

    Olá, você poderia me informar +- a altura e o tamanho de calçado da sua filha na época? Tenho um filho de 3 anos, estamos indo em junho e temo que ele não possa entrar.
    Obrigada!

    1. ResponderPatrícia Papp

      Não lembro da altura e do calçado… Infelizmente, com esta idade acho que ele não vai poder entrar!!! Talvez valha a pena esperar um pouquinho e ele vai poder aproveitar mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *