Disney com Bebês – 10 dicas práticas de sobrevivência

Disney com Bebês – 10 dicas práticas de sobrevivência

Orlando é uma das cidades mais kids friendly do mundo, e isso todo mundo já sabe. Muitas mães se perguntam como é viajar para lá com os babys e, principalmente, como é levar um bebê para os parques da Disney. A ideia pode até parecer estranha no primeiro momento, mas acredite: a Disney é muito baby friendly
Há quem diga que é bobagem levar crianças muito pequenas para a terra da magia, pois eles não se lembrarão da viagem, não entenderão nada. Isso é bem verdade, o bebê provavelmente não reconhecerá o Mickey. Por outro lado, se você mantiver uma expectativa realista, verá que é muito divertido enxergar a Disney através dos olhos de um nenê. 

Veja algumas dicas práticas para tornar a experiência da Disney com bebês ainda melhor.  
 

1- Aproveite os Baby Care Centers 

Em todos os parques da Disney existe um Baby Care Center. Esses espaços para mamães e bebês são melhores do que uma garrafa de água gelada no meio do deserto. É o sonho de toda mãe na Disney. Pode fazer 30ºC no sol, mas lá dentro a temperatura é sempre tranquila. 
 
 
Os Baby Care Centers são equipados com cozinha, aquecedor de mamadeira, cadeirão para refeições, trocadores, área de amamentação, sala com sofás e televisão, banheiros, bercinhos para sonecas e várias facilidades para cuidar do bebê. E se você esquecer alguma coisa, há sempre uma lojinha com fraldas, roupinhas, lenços umedecidos e sucos. O melhor de tudo? Não tem custo para usar, você só paga o que quiser comprar ali dentro
 
 
Dica: todos os banheiros da Disney tem trocadores, inclusive os masculinos e os família, então não é necessário se deslocar até o Baby Care Center toda vez que precisar trocar o bebê 
 
 

2- Não exagere no tamanho da mochila

A maioria das mães acaba levando na mochila muito mais coisas do que realmente vai usar. Por isso, apesar de ter que carregar fraldas, papinhas e afins, tente segurar o instinto de querer empacotar a casa inteira e pense no que realmente vai usar. Afinal, você terá de carregar a mochila durante o dia inteiro no parque. Mesmo que você guarde suas coisas dentro do carrinho de bebê, lembre-se que as atracões não permitem carrinhos nas filas e para isso os organizadores fazem uma espécie de estacionamento para eles. Você não vai querer deixar objetos de valor no meio do parque, né? 
 
 

3- Escolha um carrinho onde o bebê possa dormir  

Por falar em carrinho, se você optar por alugar um deles nos parques da Disney, saiba que é bem fácil e geralmente pode ser feito diretamente na entrada dos parques. O valor aproximado do aluguel é de US$ 15. Se você pensar que pode encontrar carrinhos simples a partir de uns US$ 40, não vale tanto a pena alugar no parque. A dica mais importante é pensar no conforto do carrinho que você for levar/alugar/comprar. Ele deve ser apropriado para o bebê tirar seus minutinhos de sono, caso contrário, você pode passar maus bocados. 
 
 

4- Aproveite as sonecas para cuidar de você

Por falar em sonecas no meio da tarde, aproveite estes momentos para cuidar um pouco de você; se alimentar direitinho, passar protetor solar (muitas mães protegem tanto a pele de seus bebês que esquecem da sua e saem dos parques vermelhas do sol). Deixe para fazer compras enquanto o bebê está dormindo, assim você consegue se manter mais focada. Aproveite para andar nos brinquedos tranquila, viver a magia Disney e também curtir com os filhos mais velhos. 
 
 

5- Amamentação no parque 

Nos Baby Care Centers há um espaço bem tranquilo com cadeiras próprias para amamentar o bebê. Porém, como só há um Baby Care Center em cada parque, às vezes pode ser mais prático alimentar o pequeno onde estiver. As mamães costumam relatar que na Disney a amamentação no peito é bem aceita e é muito tranquilo amamentar em público. No Brasil, existe uma pequena polêmica em torno do assunto. Algumas mães dão a dica de amamentar logo antes de entrar no parque, para o bebê já começar o dia satisfeito! 
 
família Papp no Magic Kingdom, a Luiza tinha 6 meses

6- Mantenha um ritmo tranquilo e não tente fazer tudo em um dia só  

O ritmo de viagem com bebês precisa ser mais light, caso contrário todos ficarão cansados demais para curtir bons momentos. Visitar dois parques no mesmo dia já é cansativo para dois adultos sozinhos, imagine para uma família inteira que ainda carrega carrinho, papinhas, fraldas, chupetas e tudo mais. Dê tempo ao tempo e curta bons momentos tranquilos nos parques com bastante pausas para amamentação, sonecas ou apenas para beber água e descansar. Seu bebê vai agradecer e você muito mais. 
 
 
Dica Plus: As paradas e desfiles são muito animadas e costumam agradar os pequenininhos. Com muita música e personagens coloridos dançando, os bebês ficam todos felizes com a festa.  Para conseguir pegar um bom lugar e ver tudo bem de pertinho é necessário chegar cedo. Então, aproveite essa paradinha para descansar um pouco, fazer um lanchinho rápido ou amamentar. Os shows que acontecem em ambientes cobertos tem ar-condicionado, um ponto a mais para aliviar o cansaço da maratona Disney. 
 

 

7- Alterne um dia de parque com outro de descanso

Viajar com bebês significa diminuir um pouco o ritmo habitual das férias, pois eles exigem um cuidado maior. Para você não ficar muito cansada, e consequentemente estressada com os filhos, programe uma viagem mais longa com dias de descanso intercalados com dias intensos nos parques. 
 
 
 

8- Aproveite o Rider Switch 

E se todos os adultos quiserem andar na Space Mountain, quem vai cuidar do bebê? Para facilitar isso, a Disney tem o chamado Rider Switch, uma opção em que um adulto pode ficar tomando conta dos bebês e crianças menores que não podem andar no brinquedo em questão enquanto os demais de seu grupo se divertem. Depois, quem ficou cuidando dos babys pode brincar direto sem precisar pegar uma nova fila. É bem útil!  
 
 

9- Leve pai, tio, tia, vovó, todo mundo! 

Cuidar de um bebê sozinha não é fácil, ainda mais no meio de tanta informação como há nos parques da Disney. E se você ainda estiver com os filhos maiores então é uma tarefa trabalhosa. Disney com bebês e crianças pequenas significa reforço na mão de obra. Leve todo mundo com você: marido, irmã, vovó, vovô, todo mundo! A experiência de ter a família reunida num lugar tão mágico não tem preço. Além disso, aproveite momentos em que o pai ou outros familiares podem tomar conta das crianças mais velhas e levá-las nas atracões enquanto você e o bebê desfrutam de um momento só de vocês. Ou o contrário, deixe o baby com vovó e se divirta com os filhos maiores na montanha-russa. 
 
 

10- Escolha um hotel perto da Disney e com boa estrutura 

Ao escolher um hotel para a família leve em conta duas coisas bem importantes: estrutura e facilidades do hotel, dê preferência a quartos equipados com cozinhas para esquentar mamadeiras e preparar papinhas; e a proximidade com os parques da Disney para, caso necessário, você fazer uma pausa no meio do dia e voltar ao parque mais tarde. Para quem está hospedado longe da Disney, essa ideia é utópica, mas, como os ingressos permitem a saída e retorno ao parque no mesmo dia, isso pode ser útil para descansar um pouco e curtir o show de fogos à noite, por exemplo. Se você se hospedar nos hotéis da Disney, a facilidade é ainda maior, pois o transporte entre parques e hotéis é muito ágil e gratuito. 
 
 
 

E se nada der certo? Chame uma babá! 

Se nenhuma dessas dicas funcionar e você perceber que não dará conta do recado sozinha, não há mal nenhum em pedir um reforço profissional. Existem serviços de babás e cuidadoras de bebês por Orlando que, inclusive, acompanham nos dias de parque. No próprio site da Disney Parks há recomendações de empresas que prestam este tipo de serviço. 
 
 

Dica plus

se você manda bem no inglês, há um grupo de discussão no site do Disney Parks só para mães onde se pode trocar experiências, fazer perguntas e pesquisar mais informações: acesse o link!
 
 
 
 
Perguntamos para várias mães viajantes na fanpage do Eu Viajo com Meus Filhos no Facebook sobre como foi levar um bebê para Disney e olha só as dicas que elas compartilharam! Muito obrigada!!!  
 
 
Fabiana Gavinho Passei o aniversário de 1 ano da minha segunda filha lá. Foi uma experiência maravilhosa! E, meu filho de 6 anos curtiu muito!!! Somos adeptos de viagem com filhos e, por isso, sabemos das limitações das crianças. Tem que respeitar o ritmo deles e ter um bom carrinho para as sonecas. De resto, super tranquilo. Até para outlets fomos…. rsrsrs
Carrinho, brinquedinhos, lanches, sucos, fraldas e muita disposição!! De resto, é só curtir. Bjsssss.
 
Katia Hardy Levei meu filho para Disney dicas:
1) Leve frutas e alimentos saudável para parque e outlets não é proibida a entrada.
2) Chegou, primeira coisa é comprar carrinho.
3) Se for época de frio, compre capa de chuva e manta no supermercado e leve para o parque.
4) Leve as crianças de tênis em alguns brinquedos, as crocs caem do pé.
5) Criança sempre com crachá de identificação, crachá ou aquelas pulseiras de show.
Gente a Disney é um sonho para qualquer idade!!!
 
Maria Augusta Camargo Levei minha filha com 7 meses na época, infraestrutura ótima, nos parques da Disney, oferecem fraldários, sala para amamentar. No Magic Kingdom fica ao lado do restaurante Crystal Palace e se precisar há também uma pequena loja para bebe com papinha, fralda… e tudo que for necessário para ajudar mãe e bebe!
 
Janaina Ruivo Com a estrutura que os parques nos oferecem deu tudo certo e contrariando o que a maioria diz: o bebê aproveita sim.
 
Moira Bianchi Fomos no ano passado em Setembro e pegamos o Halloween do Magic Kingdom. Achei tudo tranquilo, Orlando é uma cidade super children-friendly, os restaurantes têm menu infantil e os parques são muito receptivos. Meu filho tinha 4 anos e se adaptou super bem às opções de comida/lanche, foi em quase todos os brinquedos porque é alto para a idade e com o carrinho McLaren velho-de-guerra e uma lancheira com comidinhas SOS para as filas mais longas (de 40min no max) ele aguentou bem a maratona. Vamos novamente esse ano, só que em Outubro para aproveitar mais o Halloween que não temos aqui!
 

É sua primeira viagem com seu filhos pequeno? 

O livro “Como Viajar com Seus Filhos Sem Enlouquecer” 
dá muitas dicas práticas que ajudam nas viagens com bebês e crianças pequenas!
 
 


 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *