Açores com crianças: Ilha do Faial

Açores com crianças: Ilha do Faial

Este post será muito curtinho não porque não existam coisas para ver e fazer no Faial, muito pelo contrário; nós é que passamos pouquíssimo tempo lá porque era parada obrigatória para ir desde Ilha Terceira até a Ilha das Flores. Recomendo ficar, pelo menos, três dias. De qualquer maneira, como o que vimos é tão bonito, decidi escrever e postar as fotos.

Chegamos na ilha do Faial, a segunda da nossa viagem, no final da tarde. Para não perder tempo fomos direto ao Farol da Ponta dos Capelinhos. Na verdade o farol original, de finais do século XIX, foi desativado depois da erupção do Vulcão dos Capelinhos em 1957/58. Fico quase sem palavras para descrever esta paisagem…talvez lunar seria uma das melhores! É realmente impressionante ver um vulcão ao lado do mar. Nós só passeamos pela área do farol novo e, desde aí, vimos o vulcão. O Kai fez a maior farra andando na areia; adorou! Dica: para quem for com mais tempo, e tiver um pouco de preparo físico, tem uma rota de umas 3 horas caminhando que deve ser linda: trilho Capelo – Capelinhos. Nós não fizemos por falta de tempo, não de vontade!

IMG_1871 IMG_1885 IMG_1893 - Cópia IMG_1904 IMG_1918                                                                IMG_1878

Depois desta paisagem inesquecível demos uma volta por Horta, cidade principal da ilha, e fomos ao apartamento. Alugamos um apartamento em booking.com (Apartamentos Kósmos). Acho que foi um dos melhores apartamentos que alugamos! Lindo, limpo, localização perfeita (vista da Ilha do Pico), proprietários atenciosos, enfim, tudo perfeito! Recomendo 100%!

IMG_1944 IMG_1945 IMG_1946                                                                IMG_1947

Como já era tarde, só peguei as chaves do apartamento e fomos jantar. Jantamos no restaurante Kabem Todos ao lado do apartamento. Comida caseira, bem gostosa e com atenção especial para os pequenos.

Na manha seguinte acordamos muito cedo, tomamos café da manha (bem gostoso) na padaria ao lado do apartamento e fomos passear. Subimos até a Caldeira, antigo vulcão que esteve na origem desta ilha. Com um perímetro de 2 km é um lugar perfeito para fazer outra das muitas trilhas existentes nos Açores. Seria perfeito se tivéssemos tido, pelo menos, um metro de visibilidade! Pois é…outra vez o tempo nos pregou uma peça! Quando chegamos ao mirador da Caldeira a neblina estava tão baixa que não dava para ver nem onde começava a cratera… Como já comentei no post da semana passada, Açores com crianças: Ilha Terceira, o tempo nas ilhas é um fator muito condicionante e a flexibilidade no programa ajuda a contornar os imprevistos climáticos.

Depois da decepção por não poder ver a, tão famosa, Caldeira fizemos uma volta pelo perímetro da ilha até a hora de embarcar para a Ilha das Flores. Neste passeio passamos pela Marina de Horta (onde, de acordo com a superstição, deve-se deixar uma pintura no paredão para que o resto da viagem receba proteção divina)  e pelo Monte da Guia, desde onde é possível ter as melhores vistas sobre a Baía do Porto Pim e a cidade de Horta. O Faial é uma ilha bastante recortada e com praias lindas! O tempo não nos ajudou e ficamos morrendo de vontade de voltar.

IMG_1951

Vista da Baía Pim e de Horta desde do Monte da Guia

IMG_1952

Baía do Monte da Guia

IMG_1965

Praias de areia vulcânica e água azul

IMG_1976

Zona da Ponta de Castelo Branco

IMG_1956

Gravuras na marina de Horta

Dica: para quem quiser ver cetáceos, este é o lugar. Existem várias empresas que realizam estes passeios.

Aproveito este post curtinho para contar “uma das nossas”. Em Lisboa despachamos a mochila de carregar o Kai como “bagagem fora de formato”. Como é um artigo mais frágil resolvemos passar aquele plástico protetor. Quando chegamos à Ilha Terceira desembalamos a mochila com cuidado e guardamos o plástico, só por precaução. Pois não é que reutilizamos o plástico até voltar a Lisboa: 4 voos com o mesmo plástico. Fica a dica para quem vai para aeroportos pequenos.

Na semana que vem conto sobre a “nossa preferida”.

Leia outros posts sobre as Açores:

Açores com crianças: dicas gerais

Açores com crianças: Ilha Terceira

Açores com crianças: Ilha das Flores

Açores com crianças: Ilha de São Miguel

Ana, mãe do Kai de 3 anos e da Noa de 2 meses. Arquiteta, mãe e passageira, seja para onde for a viagem. Ela adora viajar em família e mostrar diferentes países e culturas aos seus pequenos.

Ver meus outros posts

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *