Istambul com crianças:  Sultan Ahmed Camii, Ayasofya e Topkapi

Istambul com crianças: Sultan Ahmed Camii, Ayasofya e Topkapi

Uma cidade em dois continentes só podia ser incrível mesmo! Istambul é linda, dinâmica e misteriosa. Para adultos oferece uma infinidade de opções a qualquer hora do dia. E para os pequenos, para nossa surpresa, também. Vou escrever dois posts sobre Istambul para não colocar muita informação junta.

Voamos desde Lisboa com a Turkish Airlines na sexta-feira a noite. A Turkish foi a melhor companhia aérea europeia em 2015, segundo a SkyTrax, e realmente tem um serviço impecável! Desde o check-in até o serviço à bordo, gostamos de tudo. O pessoal é extremamente atencioso com os pequenos e sempre tentam facilitar a vida de quem viaja com eles. Achei bem legal que a Turkish oferece um saco plástico, super resistente, para colocar o carrinho/cadeirinha para despachar na porta do avião. A comida é bem gostosa, o entretenimento variado e o Kai adorou os “presentinhos”.

IMG-20150828-WA0011[1]

Relógio, livrinho para pintar, um aviãozinho inflável e um de borracha.

Chegamos à Istambul lá pelas 21 horas, pegamos um táxi e fomos para o hotel (uns 45 minutos e 20 euros). Ficamos no Galata Antique Hotel, na parte europeia no distrito Beyoğlu. O edifício neoclássico do século XIX abriga 22 quartos todos diferentes em tamanho e decoração (este hotel dispõem quartos conjugados para famílias). O café da manha é correto e servido no “roof top” com vistas à Galata Tower. Atenção famílias com carrinhos de bebê: a entrada do hotel fica no meio de uma escada, isto é, a rua é uma escada e não tem rampas. Quando chegamos e vimos quase mudamos de hotel, mas o pessoal foi tão querido que resolvemos ficar. Eles sempre nos ajudaram subir e descer a escadas. Na verdade indicaria muito este hotel para casais: ótimo atendimento, quartos bons e ótima localização para conhecer os melhores bares e restaurantes de Istambul, em frente ao metrô e ao lado do “Tünel” (funicular de 1875) que desce até a estação de Karaköy.

Quarto Hotel Galata AntiqueIMG_3363

Morrendo de fome fomos procurar algum lugar para jantar. Por incrível que pareça (pois esta zona é super movimentada), as cozinhas dos restaurantes fecham entre 22 e 22:30, assim que acabamos jantando cachorro quente no New Frank’s (coloco o nome porque fomos tão bem atendidos que valeu a pena!) que está pertinho do hotel.

1º dia: saímos do hotel em direção à praça Taksim. Do hotel caminhamos toda a rua İstiklal, uma rua comercial por onde passa o “bondinho” histórico. As crianças adoram este tipo de transporte (este trem de superfície faz o trecho Taksim – Tünel).

Rota do 1º dia

Rota do 1º dia

IMG_3393

O nome Taksim vem do termo árabe taqṣīm (distribução” ou “divisa”). Antigamente lá era centralizada a distribuição de água proveniente do norte de Istambul para as outras partes da cidade. Hoje é um ponto neurálgico da cidade em termos de transporte. Ao lado desta praça está o parque Gezi, pátio dos protestos em maio de 2013. Nós aproveitamos a tranquilidade do parque para almoçar (almoçamos em um quiosque no meio do parque: comida local e normal) e levar o Kai para brincar no parquinho. O parquinho era muito legal e bem conservado. O Kai amou!!!

IMG_3404 IMG_3412 IMG_3445

Depois de muita brincadeira passamos pelo Park Bosphorus Hotel para fazer uma parada técnica e aproveitar das lindas vistas que se tem desde um dos seus restaurantes (Hezarfen Teras). Se não for hóspede deste hotel, vale a pena parar para uma visita e para recarregar as baterias.

IMG_3460

Bosfóro visto desde o restaurante

Saindo do hotel descemos até o Palácio Dolmabahçe, o maior do império Otomano. Lindíssimo e com jardins maravilhosos, este palácio merece uma longa visita. Dependendo da idade e do interesse das crianças esta visita pode ser um pouco cansativa, mas para os amantes da arquitetura é imperdível.

IMG_3478

Porta do Palácio Dolmabahçe

Pertinho deste palácio está o Museu de Arte Moderna de Istambul. Para quem tiver tempo, vale a pena a visita. O museu oferece ateliers para os pequenos entre 7 e 12 anos e desenvolve interessantes projetos sociais (mães e filhos e crianças com necessidades especiais com um projeto para crianças com dificuldade visual bem bacana).

Fechamos nosso dia com chave de ouro no restaurante Mikla. Um lugar perfeito! Mistura a localização, com vistas incríveis de Istambul (quase 360º), com o bom gosto da decoraçao, o serviço impecável e a comida deliciosa! Chegamos antes do por do sol e tomamos um drink no bar até a nossa mesa estar disponível (este restaurante precisa de reserva). Apesar do lugar não ser “kids friendly”, o Kai foi super bem tratado tanto no bar como no restaurante. Brincaram com ele, fizeram gracinhas, … ele só não acabou dançando na barra do bar porque dormiu. Eu digo que não é “kids friendly” por ser um restaurante de “menú fechado”, que nem sempre agradará aos pequenos (apesar de que o Kai poderia ter comido de tudo), e por ser um ambiente que pede tranquilidade.

IMG_3515 IMG_3517

2º dia: saindo do hotel pegamos o Tünel até a estação de Karaköy, onde pegamos o tramvia até a estação de Sultanahmet que fica pertinho da Sultan Ahmed Mosque, ou Mesquita Azul. Este dia foi meio pesado para o Kai, pois fizemos a Mesquita Azul, Ayasofya e o palácio Topkapi. Almoçamos no restaurante do Ayasofya Hurrem Sultan Hamam que está em frente ao Museu AyaSofya. Comemos bem, rápido e com um preço razoável considerando a zona super turística.

Os três pontos turísticos são realmente incríveis!!!! Cada cantinho um detalhe, tudo bastante bem conservado e cheio de história. Recomendo contratar um guia devido a quantidade de história que está em cada edifício, para as crianças é mais fácil e mais interessante do que o audioguia. Mesmo sendo super interessante para os adultos, é verdade que, para os pequenos esta parte da cidade pode ser um pouco complicada. Se as crianças já estudaram o Império Otomano é mais interessante, senão um bom truque pode ser intercalar “parque, palácio, sorvete, mesquita”.

Mesquita Azul

Mesquita Azul

Interior Mesquita Azul

Interior Mesquita Azul

Kai brincando nos jardins do Palácio Topkapi

Kai brincando nos jardins do Palácio Topkapi

Ayasofya

Ayasofya

Dicas

É possível comprar os cartões de transporte nas máquinas (a maioria só aceita notas até 20 liras e outras somente carregam os cartões existentes, não vendem). Nós compramos um para os dois no primeiro dia e fomos recarregando conforme necessitamos. Os cartões valem para metro, Tünel e ônibus.

Eu sugiro fazer a Mesquita Azul e a Ayasofya em um dia e o palácio em outro. Levar lanche e fazer piquenique nos jardins do palácio Topkapi, pois são lindos, fresquinhos e com vistas da cidade. Reservar tempo para aproveitar estes jardins…o Kai correu e brincou muito por lá.

Para fazer o hamam no Ayasofya Hurrem Sultan Hamam, que vale muito a pena, tem que reservar com antecedência.

Alguns restaurantes de Istambul precisam de reserva, como por exemplo: Mikla (durante o verão pedir mesa na parte exterior), Cipriani, X, Maiden’s Tower (não aceita crianças para jantar) e Feriye Lokantasi.

Tomar tantos sorvetes como seja possível…são deliciosos!

IMG_3626

Se quiser ler mais sobre a Turquia veja estes posts:

Um Pouquinho de Turquia

De carro pela Turquia

Ana, mãe do Kai de 3 anos e da Noa de 2 meses. Arquiteta, mãe e passageira, seja para onde for a viagem. Ela adora viajar em família e mostrar diferentes países e culturas aos seus pequenos.

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *