Termas de Jurema para crianças e adolescentes

Termas de Jurema para crianças e adolescentes

As férias estavam chegando e meu filho Vicente, de 13 anos, passou por média. Ele ama viajar e estava ansioso pensando no próximo destino. Meu marido e eu não podíamos viajar no verão porque havíamos tirado férias alguns meses antes.  Foi então que comecei a pesquisar lugares para mandar o Vicente com os avós (que não gostam de praia). Foi difícil pensar em um lugar que atendesse as necessidades de um pré-adolescente com muita energia para gastar e, ao mesmo tempo, também fosse legal para os avós (que têm mais de 70 anos). Pesquisei muito até que lembrei de um hotel maravilhoso em que havia levado o Vicente quando ele tinha 7 anos de idade,Termas de Jurema, que fica em Iretama, no Paraná.

A estrutura do hotel Termas de Jurema

O resort tem uma estrutura maravilhosa com um belo parque aquático, piscinas de águas quentes e de água fria e atividades para todas as idades (hidroginástica, pescaria, teatro, tirolesa, cinema, boate, roda de viola, entre outras). Para quem prefere relaxar, o hotel conta com piscinas de hidromassagem ao ar livre, ofurô, banho de lama e piscinas cobertas.

A comida é sensacional e o cardápio supervariado. O sistema é all inclusive (exceto bebidas) com direito a quatro refeições (café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar).

Ah, o hotel também tem equipe de enfermagem e médico para atender qualquer eventualidade (tipo as febres que surgem do nada ou os esfolados no joelho 😉).

Como chegar

Encontrei uma empresa de turismo rodoviário (Viva a Vida Turismo) com pacotes que incluíam, além da hospedagem e alimentação, o transporte e o acompanhamento de uma guia o tempo todo (caso houvesse algum imprevisto de saúde ou algo que eu não pudesse resolver à distância).

Reservei um quarto (eles são bem espaçosos) com duas camas de casal para que o Vicente ficasse com os avós.

De Curitiba a Iretama são 400km. Foram quase cinco horas de viagem porque o ônibus fez uma parada para almoço. Mas, o serviço de bordo e as brincadeiras para entrosar todo mundo foram bacanas e a viagem passou rápido.

Fiquei na expectativa para saber o eles achariam da viagem. Esperei ansiosa as ligações. Meus pais gostaram de tudo: das caminhadas matinais, dos peixes que a equipe do hotel frita logo depois de pescados pelo hóspede, dos shows, da roda de viola, da hidroginástica, enfim, de tudo.

Quanto ao Vicente, no primeiro dia eu até consegui falar com ele, mas depois disso ele se entrosou e tinha atividades o dia todo.  Então, a partir daqui, vou deixar que ele mesmo conte como foi a experiência.

“Eu só posso definir a viagem em uma palavra: incrível. Achei muita gente da minha idade no hotel, diferentemente da minha crença de que só teriam idosos, as atividades de recreação eram muito divertidas e bem pensadas, os tios eram muito gente boa, envolviam todo mundo e a comida era demais. Sempre tínhamos algo para fazer que não simplesmente relaxar nas piscinas de águas quentes, atração principal do Termas de Jurema. Eu ficava praticamente o dia todo fora do quarto e voltava apenas para trocar de roupa e descansar um pouco entre uma atividade e outra. A única coisa que não gostei da viagem foi a despedida, tive que dar adeus para muitos amigos. Fora isso, uma viagem maravilhosa”.

http://www.termasjurema.com.br/

A Lucia é jornalista na Pulp e mãe do Vicente, 13 anos

 

Leia também:

Feriado na Pousada Fazenda Virá, no Paraná

Aguativa Golf Resort – hotel com crianças

Passeios Perto de Curitiba com crianças – Pousada Parque São Luiz do Purunã

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *