Hawaii com crianças

Hawaii com crianças

Que delícia poder dividir minhas experiências com meus filhos no Hawaii aqui no Viajo com Filhos! Definitivamente foi um dos lugares mais cheios de energia boa que já visitei! Bom, vamos lá!

Antes de começar a dar algumas dicas, eu gostaria de contar sobre a forma como minha família viaja. Meus pais têm uma filosofia de vida que persiste em carregar os filhos (eu, minha irma Isabela e meu irmão Bernardo) aonde quer que eles vão. Desde pequenos viajamos rodando o mundo juntos, da Argentina ate o Japão.

Assim que começamos a namorar, fomos agregando mais 3 (Fabiano meu marido, Renata minha cunhada e Tuca meu cunhado) e lógico, minha animadíssima e super companheira avo Maria Carmen!  Nossas viagens são sempre entre junho e julho por conta das férias escolares dos universitários remanescentes e tem duração média de 25 dias. Minha filha mais velha, Betina hoje com 3 anos, foi concebida durante uma viagem para Turquia e Itália com toda essa população aí. E desde então, não deixamos de juntar a turma toda e partir para algum destino nessa época. Temos ate uma hashtag criada de brincadeira #travelwithteixeiras.

Este ano decidimos conhecer o Hawaii, ideia da minha irmã que foi inspirada por um livro da sua infância chamado Hawaii! Confesso que o famoso conjunto de ilhas não era minha prioridade em questão de destino, mas certamente voltei de lá sonhando com uma próxima visita!

O Hawaii é um conjunto de 5 ilhas localizadas no Oceano Pacífico, cada uma com suas características próprias. Optamos por fazer duas ilhas: Oahu, porque meu pai queria conhecer os clássicos da juventude dele como Waikiki e Pipeline, e Maui, por ter fama de ser um refúgio dos bont vivants americanos e por sua natureza exuberante.

Oahu

Em Oahu, optamos pelo resort Aulani da Disney, e com certeza foi a melhor escolha para levar as crianças. A estrutura é totalmente kids friendly e a região é afastada das movimentadas praias turísticas. Tomávamos café da manhã no restaurante ‘Ama’Ama que tinha como vista a linda praia a frente do hotel chamada Ko Olina.

Um dos restaurantes do hotel oferece a experiência do café da manhã com os personagens da Disney. Como meus filhos já tinham tido essa experiência e adoraram, optei por ir em um dos dias. E lógico, amaram! Até porque não é sempre que encontramos uma Minnie havaiana por aí.

Quase todos os dias pela manhã ficávamos com as crianças na praia. O hotel disponibiliza boias, pranchas e itens de praia para os hospedes e o serviço de praia é ótimo. Pela tarde sempre saíamos do hotel para almoçar em algum lugar ou fazer um piquenique em alguma praia bacana. Levávamos toalhas (providenciadas pelo hotel) e comidas (quase sempre optávamos por sushis e pelo tradicional Pokee, feito com atum ou salmão cru cortado em cubos e servidos com um molho asiático) que comprávamos no mercado ali perto. Como o Japão é próximo à ilha, o atum de lá era incrível e quase sempre uma das nossas escolhas.

Waikiki Beach é uma praia bem kitsch e lá comemos no famoso Duke’s, um bar restaurante super agito com comida ótima.

Em North Shore, passamos pela famosa Pipeline (sem ondas!). Essa região é conhecida pelas praias limpas e exuberantes de árvores retorcidas que criam uma ótima sombra para fazer piquenique.

Ir a Laniakea Beach É um programa imperdível se você está com crianças. Lá, você chega muito perto das enormes tartarugas que vem à margem para se alimentar de algas. É incrível!

Eu sempre levo bastante snacks para as crianças naquele momento “desespero de fome” que deixa qualquer um parecendo um leão esfomeado! Nesse tipo de programa nunca sabemos a hora que vamos parar para almoçar então sempre prefiro sair do hotel munida.

 

Maui

Em Maui ficamos hospedados no hotel Grand Wailea da rede Waldorf Astoria. Além de lindo ele fica numa região privilegiada pois a montanha que o encobre nao deixa que a chuva chegue. Lá, enquanto as crianças ficaram no hotel com a bisa e a vovó, fizemos mergulho na ilha de Molokini com a empresa ScubaShack, super recomendo!

Assim como em Oahu, decidimos curtir as manhãs na praia e piscinas do hotel onde havia uma área especial para bebês: uma piscina que recriava uma beira mar muito calma. As crianças adoravam!

Fizemos piquenique na linda Big Beach, com um belo costão recortando a praia e águas cristalinas de um mar ora calmo ora “quebra pescoço”. Passeamos por Lahaina, uma vila de pescadores que foi capital do Hawaii. O lugar é charmosinho e tem lojinhas enlouquecedoras de colares feitos com perolas e pedras nativas, eu que adoro um acessório enchi a minha mala com diversas opções.

Participamos de um luau típico, começando com um lindo show de hula e terminando com uma refeição típica havaiana. Foi uma experiência muito bacana e as crianças amaram! A Betina foi até o palco dançar o hula!

Em ambas as ilhas, alugamos carros para facilitar a locomoção dos onze! De uma ilha a outra, pegamos um voo de 20 minutos com a companhia aérea Island Air. O voo é, na verdade, um lindo passeio!

Hawaii: como chegar?

Para chegar ao Hawaii pegamos um voo da American Airlines saindo de Los Angeles com tempo estimado de 6h. As crianças foram super bem mas é bom levar alguma comida porque eles nem sempre servem boas opções.

Definitivamente o Hawaii é um local super recomendado para se levar crianças! A distância desde o Brasil é longa, mas vale a pena! O contato das crianças com outras culturas (polinésia, no caso) é enriquecedor e eles levam essas experiencias por toda a vida!

 

Carolina Rocha Loures é empresária e adora carregar seus dois filhos, o Antonio, de 1 ano, e a Betina, de 3 anos, pelo mundo e por novas culturas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *