Impulso Park em Sp: Nova atração para pais e filhos se jogarem

Impulso Park em Sp: Nova atração para pais e filhos se jogarem

A cena é comum: você vai ao parquinho ou à piscina e seu filho fica te chamando toda hora e dizendo “Mãããe, tá vendo?” ou “Paaaai, olha o que eu consigo fazer!” Quando eu fui ao Impulso Park, uma nova atração aqui em São Paulo, eu “dei o troco”.

Isso mesmo! Durante o tempo que ficamos no local, chamei várias vezes meus filhos entre um salto e outro: “Theoooo, olha o que a mamãe tá fazendo!” ou “Liz, tá vendo como eu pulo alto?”

Pode rir, mas é sério! A coisa mais legal desse lugar é que ele é, de fato, divertido para os adultos. Eu me acabei! E meus filhos também, claro.

Ainda mais porque para as crianças, quando a diversão vem acompanhada dos pais, ela sobe de nível, não é mesmo?

Cama elástica

O lugar é um galpão forrado de camas elásticas ligadas umas às outras – algumas com atividades como escalada, tabela de basquete, trampolim, slack line, obstáculos, piscina de bolinha (de cubinhos de espuma, na verdade). Tudo muito caprichado.

Você compra o ingresso (de 36 a 46 reais, dependendo do dia e do número de pessoas) e fica pulando por uma hora.

Luz negra

Nos últimos 15 minutos, as luzes se apagam parcialmente e o lugar fica ainda mais divertido, já que tudo fica brilhante e neon com luz negra.

Não dá pra dizer o quanto o Theo e a Liz ficaram empolgados desde o primeiro minuto. E eles continuarem assim  até o final – só que beeeeeem mais suados!

Dicas? Se quiser economizar, leve suas próprias meias antiderrapantes. O uso delas é obrigatório, e lá o par sai por 15 reais.

Para chegar, vale ir de metrô (é do lado do Memorial da América Latina) ou, pra quem for de carro, tem valet por 20 reais.

Ah, e como há um número máximo de pessoas que entram a cada hora, se você só puder ir nos horários mais nobres, talvez valha comprar o ingresso online, para não correr o risco de ter de esperar.

 

Leia outros posts de São Paulo da Mariana Della Barba!

Leia também

Mariana Della Barba é jornalista e mãe do Theo e da Liz. Desde a barriga, os dois já foram “contaminados” por aquele bichinho que dá coceira se a gente fica muito tempo em casa 😉 Ama levar os filhos para turistar mundo afora, mas também na sua própria cidade. Tanto que escreveu o guia “São Paulo com Crianças”, lançado pela Pulp.

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *