Roteiro em Balneário Camboriú

Roteiro em Balneário Camboriú

Quem gosta de praia agitada, com estrutura e cheia de coisas pra fazer, certamente vai gostar desse roteiro em Balneário Camboriú. O que não falta por lá é programação para todas as idades.

Dia 1 – Dia de conhecer a região 

No primeiro dia, minha sugestão é aproveitar a praia com calma e fazer o reconhecimento geral da área. A Barra Sul é a parte mais calma, com mais espaço na areia. A Barra Norte também é mais vazia. Já a Praia Central a muvuca é grande. Um guarda-sol grudado no outro, música alta e muito agito. Não acho um bom lugar para ficar com as crianças, pois é preciso ficar muito atento para não perdê-las na multidão. Para almoçar, escolha um dos restaurantes da Avenida Atlântica, há muitas opções de ponta a ponta! A tarde, uma boa ideia é passear pela Avenida Brasil vendo as vitrines, parando para tomar um sorvete ou açaí na tigela.

Praia de Balneário Camboriú

Dia 2 – Praia Brava de Itajaí 

A Praia Brava de Itajaí, que fica do outro lado do Morro do Careca (Barra Norte), vale a visita. É uma ótima opção para quem gosta de passar dia sob o sol e praticar atividades como frescobol, futevôlei, windsurf, kitesurf e surf (aliás, é uma das melhores praias de Santa Catarina para surfistas). Não é um mar calmo, não recomendo para crianças ou adultos que não tenham muita intimidade com o mar. A região é muito bonita, tem uma natureza exuberante e muitos restaurantes gostosos para almoçar. A tarde, quando o sol estiver mais baixo, uma boa pedida é fazer a Trilha do Morro do Careca, que tem acesso pela estrada que liga a Praia Brava à Praia dos Amores. Os mais aventureiros podem optar pela descida de voo livre que é praticada diariamente no local.

Dia 3 – Parque Unipraias 

Depois de dois dias inteirinhos curtindo a praia, que tal um pouco de diversão e adrenalina. Programe-se para chegar cedo ao Parque Unipraias. O acesso é via teleférico, saindo da Barra Sul. O parque de diversões foi construído no alto do morro, em meio à natureza exuberante. Tem  uma vista incrível do litoral catarinense, brinquedos radicais como o ZipRider (uma tirolesa gigante com tecnologia de ponta) e o YouHoo (trenó de montanha) além da recém-inaugurada Fantástica Floresta, área temática com seres encantados da natureza e trenzinho que percorre a Mata Atlântica. A última parada do teleférico é na Praia de Laranjeiras, onde há muitos restaurantes gostosos e uma praia deliciosa para relaxar no final do passeio. A noite, não deixe de conhecer o Passeio São Miguel, um boulevard a céu aberto com bares e restaurantes superbadalados com opções que vão de sushi à pizza, comida de boteco à uma panificadora de pães artesanais deliciosos.

Dia 4 – Dia de curtir o melhor de Balneário Camboriú 

Aproveite esse dia para curtir a praia da sua preferência pela manhã e, a tarde, aproveitar outros atrativos da praia, como passear de Bondindinho (um ônibus urbano panorâmico que fica circulando pela Av. Brasil e Av. Atlântica), alugar bicicletas para passear pela ciclovia da Avenida Atlântica, levar as crianças para brincar nos parquinhos que existem nos dois cantos da praia (Barra Sul e Barra Norte). No por do sol, a dica é visitar o Cristo Luz, uma estátua localizada no alto do Morro da Cruz, com vista panorâmica da cidade.

Passear de bicicleta pela ciclovia é muito legal

Dia 5 – Beto Carrero World 

A menos de 40 minutos de Balneário Camboriú fica o parque Beto Carrero World, passeio obrigatório para quem está na região. Se você não estiver de carro, procure uma das operadoras do parque espalhadas pela cidade. Se estiver hospedado em hotel, pergunte na recepção. Há transfer que levam e trazem turistas todos os dias. O parque abre as 9h e as atrações funcionam até as 18h, portanto vá cedo para aproveitar bastante!

Olivia e a turminha do Madagascar

Outros posts sobre Balneário Camboriú 

Aluguel de apartamento em Balneário Camboriú 

10 restaurantes em Balneário Camboriú 

Dica de Hotel: Infinity Blue

Beto Carrero no Verão 

 

Fernanda Ávila é jornalista, autora do Guia Nova York com Crianças, e mãe da Marina (13) e Olivia (7). Morou em Nova York e Lisboa e é sócia da Pulp Edições.

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *