Mancora, no Peru, uma praia deliciosa para levar as crianças

Mancora, no Peru, uma praia deliciosa para levar as crianças

Escolher uma praia para visitar com a nossa família (família, nesse caso, significa avós, pais, tios e netos) é sempre um desafio. O destino precisa atender a vários requisitos: um bom hotel pé na areia, piscina e comida gostosa, não pode ser muito cheia e turística e, por último, mas não menos importante: tem que ter ondas próprias para o surf.

 

Praia de La Pocitas, em Mancora

 

Foi assim que chegamos à Mancora, no Peru, uma praia conhecida por surfistas do mundo todo e jovens peruanos que curtem um estilo mais alternativo. Localizada em uma vila bem simples e rústica (comércio praticamente inexistente), mas com ótimas pousadas e vida noturna agitada, Mancora me lembrou muito a Praia do Rosa, em Santa Catarina. Não gosto muito de fazer esse tipo de comparação, mas acho que ajuda a entender um pouco o clima do lugar.

Essa região do Peru é desértica. Chove muito pouco, então a paisagem é bem árida. Ou seja: praticamente impossível ter sua temporada estragada por tempestades (nesse caso, bem diferente do clima da Praia do Rosa). O legal é que não faz calor demais e o mar não é tãooo gelado como em outras partes do litoral peruano. O ano todo tem clima bom. As poucas chuvas ocorrem entre fim de janeiro começo de março.

 

Mancora, uma praia conhecida pelo surf

 

 

Onde se hospedar em Mancora, no Peru 

A praia da vila, embora seja bonita, não é nada charmosa. Muito cheia de gente e abarrotada de mesas e cadeiras de plástico. O legal mesmo é se hospedar em Las Pocitas, uma praia ao lado bem mais tranquila, onde há várias casas lindas e pousadas gostosas. A faixa de areia é praticamente deserta, quase não tem bares e restaurantes (exceto os das pousadas) e praticamente não circulam vendedores de comida. Os ambulantes que passam por ali vendem apenas chapéus Panamá, redes e artesanato. O mar é lindo, limpinho e bom para mergulhar. Uma das coisas que nos chamou muita atenção foram as revoadas de pássaros durante todo o dia. Eles pareciam dançar no céu, lindo demais! O por do sol no mar também é um espetáculo diário imperdível.

 

Por do sol visto do quarto em Las Pocitas

 

Vila de Mancora

 

Hotel Arenas Mancora, em Las Pocitas

 

Leia o post sobre o Hotel Arenas Mancora

Comida em Mancora, no Peru

O Peru realmente mudou meu paladar. Voltei apaixonada pela comida: desde restaurantes de chefs estrelados até as ceviceherias mais populares, se come muito bem em tudo quanto é canto. Na rua principal de Mancora há opções bem rústicas de comida peruana e também outras especialidades como pizza, hambúrguer e sushi. Um dos mais badalados é o Sirena D’Juan. Fomos duas vezes ao Antica que serve pizza feita no forno à lenha e massas bem gostosas. Tudo por lá é simples, sem frescura.

 

 

Vila de Mancora

 

Como chegar e se locomover em Mancora, no Peru

Mancora fica no norte do Peru, quase na divisa com o Equador. Para chegar lá há três opções de aeroporto: Piura, Talara e Tumbes. Muitos hotéis oferecem transfer de ida e volta para os aeroportos (os valores podem variar entre R$ 200 e R$ 500, dependendo do aeroporto).

 

Carro alugado no Aeroporto de Piura

 

De Piura, que fica a 180km de Mancora, há voos frequentes vindos de Lima (cerca de 8 por dia), mas a estrada é muito ruim, esburacada e mal sinalizada. O aeroporto mais próximo, a 80km, é o de Talara, mas os voos para Lima são menos regulares e mais caros. Tumbes fica a 130km e, na alta temporada, há dois voos diários pela Lan. Mas, como é a porta de entrada para várias praias bem turísticas do litoral, os voos costumam ser bem concorridos, tem que comprar com antecedência.

 

Entrada de Mancora

 

Nas praias, a melhor forma de locomoção são os tuk tuks (que custam por volta de R$ 5 a corrida). Como um dos nossos objetivos na viagem era ir atrás de boas ondas em diferentes praias, preferimos alugar um carro. Como as estradas são ruins, achamos melhor escolher uma caminhonete.

Leia também: mergulho com tartarugas no Peru, um programa imperdível!

ps: Mancora tem fama de ter boas ondas o ano todo e foi por isso que escolhemos essa praia. Mas, para nossa surpresa e decepção dos surfistas da família, o mar estava “flat”. Foi uma pena, mas não deixamos de amar esse cantinho lindo e apaixonante do litoral peruano. 

Para saber mais sobre o Peru

Onde ficar em Mancora, no Peru

Lima com Crianças

O que fazer em Cusco 

O trem mais legal do mundo

Nosso roteiro no Peru 

 

Fernanda Ávila é jornalista, autora do Guia Nova York com Crianças, e mãe da Marina (13) e Olivia (7). Morou em Nova York e Lisboa e é sócia da Pulp Edições.

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *