Crianças brincam de detetive na Pinacoteca de São Paulo

Crianças brincam de detetive na Pinacoteca de São Paulo

 

 

 

Incrível como a gente acaba não aproveitando as atrações turísticas na nossa própria cidade!

E é só chegar a outras terras que saímos ansiosos por ver tudo… Foi o que aconteceu com nossa família no ano em que passamos no Chile: exploramos o país de norte a sul, ávidos por cada nova paisagem!

Ainda bem que sempre há uma segunda chance e, melhor ainda: explorar nossa terra natal pelas mãos das crianças tem sido muito mais divertido!

Passamos um feriado incrível em São Paulo (maio/2013), recheado de bons e diferentes programas com as crianças – todos superbaratos, diga-se de passagem.

 

O favorito das primas aos 5 e 7 anos de idade: PINACOTECA.

Há anos queria conhecer, mas nunca priorizava e essa região tinha fama de ser perigosa… Foi o livro “São Paulo com Crianças” que me deu a certeza de que era um espaço bacana e seguro para os pequenos. E lá fomos nós!

O prédio por si só já é lindo e imponente, por dentro e por fora. Foi construído, em 1897, para ser uma escola de arte o Liceu de Artes e Ofícios. O edifício foi inaugurado, sem revestimento, e assim permanece até hoje: os tijolos aparentes conferem charme extra.

Transformou-se em Pinacoteca (galeria de pintura) em 1905, sendo o museu de arte mais antigo da cidade.

 

Bom, a grande dica para quem vai com crianças:

Procure a equipe do “Educativo”, que fica em um guichê à esquerda, logo após a entrada.

Eles guardam pequenos tesouros: jogos e brincadeiras por faixa etária, que tornam a visita muito mais

interessante e divertida.

 

Fórmula supersimples (todos os museus deveriam adotar!): eles te emprestam o material, explicam como funciona o jogo e você deixa um documento, que resgata ao sair e devolver tudo.

 

A única falha é que deviam divulgar: só descobri porque vi pessoas com camisetas com inscrição “educativo” e fui perguntar.

 

No caso das meninas, foi indicado o jogo do detetive porque elas já sabem ler. Cada uma recebeu uma bolsa com pistas (texto e imagem), binóculos, lupa, crachá, bloquinho e lápis para anotar. Pronto, festa garantida com muito pouco!

 

Os binóculos e lupa estavam no kit porque “detetives não podem deixar rastros, colocando as mãos nos quadros” – olha que maneira bacana de dizer que não era para tocar em nada?!? Sutilezas
que me encantam como mãe!

 

Em cada uma das salas, elas tinham que ler as pistas e encontrar a imagem em um dos quadros expostos.

 

Para terem uma ideia, até nós, adultos, entramos na brincadeira: “ACHEI!!!”

 

Muito divertido!

 

É claro que uma visita assim é bem dinâmica e você não consegue ver tudo com detalhes. Mas, para mim, o principal disto tudo é ambientar as crianças aos museus desde cedo, mostrando que elas podem se divertir e aprender muito! Para os paulistinhas habituados a shopping centers nos finais de semana é um ganho e tanto!!! E melhor: sem gastar!

 

Dicas finais:

  • VÁ DE METRÔ! Contrariando as recomendações, fomos de carro, afinal, estávamos no
    meio de um feriado… Puro engano!!! Muito trânsito e dificuldade para estacionar.
  • ALMOCE ANTES! Uma pena ter que falar isto porque o café/restaurante da Pinacoteca
    é uma graça, a comida gostosa e ficar na área externa é muito agradável, de
    frente para o Jardim da Luz e suas esculturas. Mas, em um dia agitado, como o
    que fomos, o atendimento estava um caos, os garçons te olhavam com cara de
    pânico! O prato infantil tinha acabado… Com crianças, sugiro não arriscar.
  • Reserve um tempo para passear entre as ESCULTURAS DO JARDIM DA LUZ, logo ao
    lado.
  • Tendo um dia inteiro e disposição, é só atravessar a rua e visitar o magnífico MUSEU
    DA LÍNGUA PORTUGUESA
    .
  • Aos sábados, a entrada é GRÁTIS  😉

 

 

MAIS INFORMAÇÕES

 

Site oficial da Pinacoteca do
Estado de São Paulo: http://www.babytravel.com.br/

Endereço: Praça da Luz, 2 – São
Paulo – SP – Estação Luz do Metrô

Atendimento: Terça a domingo das
10h às 17h30h; às quintas até as 22h.

Ingresso: R$6,00 – entrada
gratuita aos sábados.

Grátis para crianças até 10 anos
e idosos maiores de 60 anos.
Cinthia Marino mãe da Sofia – @chilecriancas
A Cinthia mora no Chile e tem outro post publicado aqui no blog com dicas de Santiago com Crianças

1 comentário

  1. Pingback (citações em outros sites/blogs): Os melhores Museus com crianças, segundo a Blogosfera de Famílias Viajantes. | Viajando com Pimpolhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *