Viagem de carro para o Pantanal com crianças

Viagem de carro para o Pantanal com crianças

Nossa viagem para o Pantanal foi de carro. De Curitiba até a Estrada Parque Pantanal Sul foram um pouco mais de 1300 km. Nós escolhemos ir de carro por 2 motivos: o primeiro foi por uma questão econômica. Quem tem 2 filhos sabe que comprar passagem para família toda pode ficar bem salgadinho. (A não ser que sejam compradas com antencedência e em promoção). O transfer entre o aeroporto e o hotel também ficaria bem mais $$$. Mas o motivo principal da viagem é que a gente realmente queria fazer uma viagem em carro em família. Como fazíamos quando éramos pequenos. Nós gostamos.

Viagem de carro

Esta é a placa que indica que animais silvestres podem atravessar a estrada. Vimos muitos, de diversas espécies ao longo da viagem.

VEJA UM POST COMPLETO COM DICAS DE VIAGEM DE CARRO AQUI

A ida foi feita em 3 etapas:

1º dia – Curitiba – Arapongas (380km):

Saímos perto das 20h de Curitiba (depois do expediente) e rodamos 5 horas.

Comentários: Achei que valeu a pena. As crianças dormiram e a estrada estava vazia (este trecho tem muitas cidadezinhas e bastante movimento de dia).IMG_0686bx

2º dia – Arapongas – Campo Grande (610 km):

Saímos as 7h da manhã e chegamos em Campo Grande as 15h (o fuso lá é 1h de diferença).

Comentários: Este trecho foi bem mais tranquilo do que imaginamos. A estrada no Mato Grosso do Sul é bem menos movimentada do que no Paraná e em São Paulo e tem menos curvas. É preciso prestar atenção aos animais que podem atravessar a pista, principalmente no fim da tarde. Vimos muitos tamanduás bandeira mortos.Viagem com crianças

  • Paramos para almoçar na estrada e comemos um churrasco muito bom;
  • As crianças adoraram um posto perto de Presidente Prudente cheio de esculturas de “animais gigantes”
  • Achei a estrutura dos banheiros dos postos, de forma geral, bem melhores do que quando eu era pequena): limpos, com papel higiênico.
  • Na estrada a temperatura estava cerca de 32ºC (2 dias depois pegamos perto de 10ºC)
  • Estradas bem sinalizadas e em bom estado de conservação.Viagem de Carro com CRianças

3º dia – Campo Grande – Estrada Parque Pantanal Sul (310km)IMG_0695bx

Saímos perto das 6h do hotel e chegamos na Ponte 20 às 10h30. Até a Estrada Parque Pantanal, toda a estrada é asfaltada. Ela fica entre Miranda e Corumbá.

Comentários: Saímos tão cedo porque neste dia tinha jogo do Brasil na Copa. Na ponte 24, pegamos um barco de navegamos pelo rio Abobral por cerca de 40 minutos para chegar no hotel. O jogo era ao meio-dia (horário local).IMG_0969bx

 

Liberdade de mudar os planos

Acho que uma das grandes vantagens de viajar de carro é poder parar quando quiser e ter a oportunidade de mudar os planos. Eu nunca cancelo ou altero uma viagem de avião, por exemplo, por causa dos custos que isto pode acarretar.

Bom, nesta viagem, mudamos nossos planos e decidimos ir para Bonito ao invés de voltamos para casa. A principio eu pensei que não valia a pena pois seriam pouco tempo. Mas depois de pensar um pouco e ver que Bonito ficava a cerca de 150 km de onde estávamos, decidimos ir. Foi incrível, a melhor coisa que poderíamos ter feito. Mas isto já é outro post.

Emas que vimos na estrada

FAQ ou 5 perguntas sobre a viagem uma viagem de carro longa em família:

  1. Não foi cansativo?

    R: Foi bem menos cansativo do que eu imaginava que seria. Na verdade foi muito bacana. Acho que a família acaba ficando mais unida depois de uma road trip

  2. As crianças não brigam?

    R: Brigam. E o pior, parece que sempre que estamos entrando em uma cidade ou em um local onde nos sentimos meios perdido e precisamos prestar mais atenção, eles brigam mais. Quando isto acontece é irritante!!! Aliás, no começo da viagem, parece que eles ainda não tinham encontrado o espaço deles no carro. Um incomodava o outro. No fim, estavam super “encaixadinhos”, dormindo, brincando, se divertindo.

  3. Você tambem dirigiu ou só o seu marido?

    R: Eu dirigi, por algumas horas, tanto na ida como na volta.

  4. Como distrair as crianças em uma viagem tão longa?

    R: Algumas brincadeiras são “clássicos” nas nossas viagens (carro vermelho, plaquinha, “pessoa, lugar ou objeto”, qual é a musica…), mas nesta viagem descobrimos várias novas em um jogo de cartas com 52 brincadeiras da minha mãe! A família aprovou!!! Uma das brincadeiras que fez sucesso foi: as crianças escolhem 3 palavras que ninguém pode falar até o fim da viagem (por exemplo: carro, mãe e fome). Aí, um tenta fazer o outro falar estas palavras. É muito divertido!!

    Além das brincadeiras, aproveitamos para colocar o papo em dia, conversar sobre as expectativas do destino, dormir, e quando bate tédio, dar uma parada para tomar um sorvete e esticar as pernas.

  5. Vocês usaram mapas? Como sabiam onde tinha um post ou um restaurante para comer?

    R: Antes de ir perguntamos para amigos que ja fizeram este trajeto, para outros que moram na região e no hotel qual estrada era melhor. Durante a viagem usamos o googlemaps no celular mesmo.

Mapa e brincadeira

Outros posts sobre o Pantanal:

Hotel no Pantanal: Xaraés

10 animais que vimos no Pantanal 

 

Viagem de carro para Pantanal

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

9 comentários

  1. ResponderAdriana Pasello

    Eita, passou pertinho, de novo! rs Já paramos neste lugar com os animais. É interessante e estranho, não é? Quero muito fazer o Pantanal e certamente será de carro. Primeiro tenho que convencer o maridón a ir para o Chile. Estou focada nisso para dezembro !!! Sabe o que como é quando uma mulher coloca algo na cabeça?! rs Bj

    1. Responderpatipapp

      Bem pertinho Adriana!!! Não lembro se a gente falou disto, mas eu fiz esta viagem para o Chile quando eu era criança. Fomos acampando. Minha irmã tinha 2 anos e meio da época. Foi uma viagem muito legal. Tenho muita vontade de fazer uma viagem neste estilo, não sei se atravessar os Andes, mas talvez pela Argentina…

  2. ResponderLilia Faria

    Aqui em casa quase todas as nossas viagens são de carro então é um assunto que eu gosto muito! Sou super a favor de viagens com carros, e como você falou depois a família fica até mais unida
    Beijos

  3. ResponderGlaucia Aragao

    Eu tenho trigêmeos de 5 anos e sei bem o quanto o avião encarece a viagem e de carro sai mesmo mais barato. Mas vc me lembrou de uma coisa que eu havia mesmo esquecido – de que eu e meus irmão (somos em 3 também) gostávamos de viajar de carro e olha que na época viajamos de fusca. Era uma aventura. Abs

  4. Pingback (citações em outros sites/blogs): As melhores Viagens com Crianças: Bonito | COISAS DE MÃE | Patrícia Papp

  5. ResponderGABRIELA sAMPAIO

    Oi Patricia,
    vou fazer essa viagem com os meus filhos em junho. Queria alugar um carro em campo grande, mas o contato no Xaraés informou que é dificil chegar com carro sem tração. Vocês foram de carro pequeno?
    Grata


    1. Autor
      ResponderPatrícia Papp

      Ola!

      Eu fui com um carro 4×4. Nós estamos muito habituados a estrada de terra e resolvemos arriscar. De qualquer maneira, ao chegar no lugar marcado, precisamos deixar o carro (precisamos pagar uma taxa para deixa-lo em uma “mercearia” na estrada)e ir de barco até a Fazenda, pois a área estava toda alagada (devido as cheias de julho no Pantanal).

      Meus pais foram com um transfer indicado pela Xaraes e que buscou eles no hotel em Campo Grande e foi muito tranquilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *