Crianças e a Importância da Natação

Crianças e a Importância da Natação

Atualizado em

Sábado é dia de natação da Luiza. Ela ainda está na piscina de “bebês”, ou seja, o pai ou a mãe precisam fazer a aula junto. Esta tarefa é do meu marido. Eu só preciso dar banho nela depois da aula, e ficar olhando o Pedro que fica correndo pelos corredores da academia.

No último sábado, enquanto eu olhava ela fiquei pensando na importância da natação na vida do Pedro. Meu avô praticamente obrigou ele a entrar na natação desde muito pequeno. Moramos numa chácara que tem 2 lagos (tanques) e uma piscina, e ele achava imprescindível que o Pedro, no mínimo, se sentisse familiarizado com a água. Deu certo. Ele entrou com 6 meses, faz natação até hoje (não que ele tenha escolha) e nada muito bem. É um peixe.

Claro que na praia não tiramos o olho dele por um só minuto, afinal, acredito que o mar deve ser respeitado, mas quando vejo nossas experiências (e fotos) de viagens, vejo que este é um conselho que todos que gostam de viajar com filhos deveriam seguir: Coloquem seus filhos na natação. 

O Pedro tem foto de snorkel com 2 anos de idade. Com menos de 4 já tinha dado os primeiros mergulhinhos para ver os peixinhos em lugares como Fernando de Noronha, Pernambuco e Ilha Grade. Quando ele tinha 5 anos, fomos para a Pousada do Toque e ele, pela primeira vez, mergulhou nas piscinas naturais, sem pé, nem apoio, explorando os corais de cima a baixo. Este ano fomos para a Tailândia… sabe o cenário do filme “A Praia”, com o Leornardo di Caprio? Lá estava o Pedro, em alto mar,  sem ter nenhum “ponto de apoio” nadando entre os peixes tailandeses!

 

6 comentários

  1. ResponderLetícia Volponi

    Eu sempre digo isso para as pessoas. Laura não faz natação pela atividade física, faz pelas portas que esses esporte lhe abrirão no futuro. Tem coisa mais sem graça do que ir para a praia e não entrar no mar porque não se sabe nadar?

  2. ResponderAna - Viajar é tudibom!

    Oi Pati! Nossaaaa amiga, tô aqui com uma “invejinha” boa de vc! Aliás do xará do meu filho – Pedro
    Fernando de Noronha, Tailândiaaaa??/!!!!!!! hehehehe
    Quanta história pra contar qdo esse moçoido tiver “noção” de quanto vale toda essa experiência né?
    Parabéns amiga, as fotos estão lindas e te confesso que morro de pena de não ter levado á sério e matriculado o Pedro Augusto na natação, mas nunca é tarde né? Ele está com 01 ano e 03 meses, quem sabe ainda coloco o meu futuro peixinho! rs
    E outra, posta fotos desse lugar maravilhoso que vcs moram – 02 lagos e + piscina? hehe

    Bjocas e uma ótima semana.
    Estou aguardando sua visita por lá!

  3. ResponderNine

    Além da segurança e da diversão, a natação é ótima para quem como eu tem filha com problemas respiratórios. Não sei se conseguirei colocá-la na natação, pois estamos nos mudando para uma cidade muito pequena, mas espero que sim! Lindas fotos!!

Deixe uma resposta para Nine Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *