Comida nas viagens com crianças: a hora do pesadelo

Comida nas viagens com crianças: a hora do pesadelo

Atualizado em

Vou fazer um desabafo: eu sofri com a alimentação das crianças nas férias quando elas eram pequenas! Eu ficava muito preocupada com a comida nas viagens!

Comida nas viagens

Enquanto meus filhos eram bebês e ainda mamavam era fácil, se eu estivesse por perto, estava tudo bem! Quando eles foram crescendo e começaram a tomar fórmula, fiquei mais preocupada. Mas logo descobri levar leite em pó (ou fórmula) nos vôos é tranquilo. Eu sempre levei várias porções, ou mesmo a lata inteira fechada, por garantia. (O que não pode é levar água – precisa pedir para os comissários de bordo).

Meus filhos sempre estranharam muito comida de avião!!! Muitas vezes nem tocavam! Passei a fazer uma refeição mais reforçada com eles antes de voos longos!

Comida nas viagens

Papinhas em viagens

Comida nas viagens

Papinhas no mercado na África do Sul

A medida que eles crescem e começam a comera coisa complica um pouco. Muita gente leva papinha congelada. Eu já levei papinhas prontas do Brasil, com medo de não encontrar no destino. Mas como eu falei no vídeo, geralmente é tranquilo encontrar papinhas no exterior. Muitas vezes é possível encontrar as mesmas marcas pelo mundo afora.

As dicas sobre comida nas viagens

Já demos dicas aqui no blog sobre comida para bebês (A Mari contou como fazia com a Olivia), sobre alimentação saudável, sobre as copa babys dos resorts, já falamos sobre restaurantes que indicamos no mundo inteiro. A dica de hoje é um pouco diferente… veja o vídeo e depois me diz como foi a sua experiência!

 

Dicas práticas sobre alimentação de crianças pequenas em hotéis

  1. Se possível, opte por apartamento com uma mini cozinha, com pia e microondas para aquecer mamadeiras ou papinhas
  2. Resorts costumam ter COPA BABY – uma sala com geladeira, microondas, leite, leite em pó, fórmula, algumas frutas e utensílios como pratos, talheres, copos, etc, que facilitam a vida das mães.
  3. Se precisar esquentar a mamadeira no hotel, peça ajuda no restaurante ou na recepção. 
  4. Em pousadas ou hotéis pequenos você também pode tentar adaptar algum item do cardápio, algo que seu filho já esteja acostumado (uma batata, cenoura cozida, franguinho desfiado, um legume).
  5. Aproveite o café da manhã! Coma com calma e incentive as crianças a comerem frutas, cereais, pão, ovos para começar o dia bem alimentados!

Não deixe de ver o vídeo para saber a dica final!

Club Med Serre Chevalier

Papinha no Club Med Serra Chevalier, na França

Patricia Papp é mãe do Pedro e da Luiza e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *