Vancouver com crianças

Vancouver com crianças

Fiquei encantada com Vancouver. É uma cidade pequena, com pouco mais de 600 mil habitantes. Se tornou conhecida e recebeu muito investimento e visibilidade depois  das Olimpíadas de Inverno, em 2010. Fica na costa oeste do Canadá, bem longe das famosas Montreal e Toronto. O clima por lá é muito parecido com a quase-vizinha-americana Seattle, ou seja, chove muito. Mas nós pegamos dias lindos.

Ainda é muito pouco explorada pelos brasileiros.

Vista do parque

Vista do parque

O que mais me surpreendeu na cidade é que ela é super cosmopolita. Mais de 50% da população não fala inglês como sua primeira língua. Uma grande mistura, com muitas pessoas que vieram da China, da Índia, dos países da ex União Soviética e do oriente médio. Há também a influência dos povos aborígenes que viveram na região.

Totens indigenas

Os totens são uma das atrações mais visitadas da BC

Achei muito fácil me locomover pela cidade. Chegamos em Vancouver de manhã, fomos do aeroporto para o centro de skytrain (Canada Line) e escolhemos um pequenos restaurante chinês na Davie St para nossa primeira refeição. Para espantar o Jet Leg, fomos para o Stanley Park, o maior parque da cidade, onde fica o Vancouver Aquarium. Foi um ótimo começo!

Aquário de Vancouver no Stanley Park

Aquário de Vancouver no Stanley Park

No dia seguinte fizemos um tour a pé por alguns pontos turísticos. Conhecemos Chinatown,  Gastown e a região do poro de onde saem os cruzeiros para o Alaska. Adorei passear pela Water St.

Almoçamos no Old Spaguetti Factory e vimos o famoso Steam Clock exatamente ao meio-dia.

Jardim Chinês

Dr. Sun Yat-Sen Classical Chinese Park

Parece o Flatyron em NY

Parece o Flatyron em NY

Dica: em Chinatown visitamos o Dr. Sun Yat-Sen Classical Chinese Garden, um jardim chinês pago. Logo ao lado fica o Dr. Sun Yat-Sen Classical Chinese Parkque é gratuito!

Stanley Park – um dos maiores parques da América do Norte

Jardim das rosas, uma das atrações do Stanley Park

Jardim das rosas, uma das atrações do Stanley Park

A grande atração da cidade é o Stanley Park, a Pri Hargraves recomendou que a gente conhecesse o parque de bicicleta e lá fomos nós. Alugamos 3 bicicletas duplas e uma com cadeirinha. A volta no parque tem 9 km. Uma das principais atrações são os tótens indígenas.

As crianças adoraram fazer paradas nos parquinhos (playgrounds) espanhados pelo percurso. Como a família estava quase toda reunida, repetimos a foto clássica que fizemos quando alugamos bikes em Sukhothai.

Família de bike

Família de bike

O aluguel das bicicletas é feito fora do parque, na esquina da Denman com a W Georgia St.

Nada melhor do que se refrescar brincando em um playground

Granville Island

Granville Island é um complexo de gastronomia e entretenimento e fica a uma ponte de distância de downtown. São dezenas de opções de lojas, restaurantes e atrações para as crianças. É super fácil chegar lá. Nós fomos no fim da tarde e quase nos acabamos no mercado de frutas, queijos e especiarias. Tudo era delicioso. Quando o mercado fechou, fomos jantar. Pretendíamos ir no Sandbar (que foi recomendado), mas como não fizemos reservas precisamos improvisar. Acabamos escolhendo o Dockside Restaurant, a vista era linda e a comida deliciosa. Um pouco sofisticado para o que tínhamos em mente mas fomos bem servidos e a comida das crianças veio super rápido!

Crianças adoram parquinhos

Crianças adoram parquinhos

Outras atrações

Infelizmente não deu tempo de ir no Science Worl at TELUS World of Science, um museu de ciências muito bacana da cidade. Vamos ter que votlar!

Onde ficar

Nós ficamos hospedados no Best Western Plus Downtown, os quartos tem duas camas de casal e acomodam bem uma família com 2 filhos. Dois benefícios bem legais: empéstimo de bicicleta e traslado gratuíto para alguns pontos da cidade como Chinatown, Granville e Stanley Park.

Como chegar

Não há voos direto do Brasil para Vancouver. As opções mais simples são por Toronto ou pelos Estados Unidos. É necessário visto para entrar no país, e, em caso de conexão nos Estados Unidos, é necessário visto americano.

Vancouver, Canada

Outros post das viagem:

A Estrada Mais Bonita do Mundo

Como é Viajar de Motorhome

Canadá com crianças

Capilano Bridge: a maior ponte pensil do mundo

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

13 comentários

  1. Pingback (citações em outros sites/blogs): Canadá com crianças: um destino surpreendente | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  2. Pingback (citações em outros sites/blogs): Capilano Bridge (Canadá) – a maior ponte pensil do mundo | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  3. ResponderAndreia Neves

    Patricia, td bem? esqueci de perguntar:vc alugou o RV em vancouver, certo? dai vc seguiu para as rochosas, =/- 800 km de vancouver e depois? vc devolveu o RV em calgary ou voltou para vancouver? Pensei em voar de sp ate calgary, alguar o rv, ficar uns 15 dias com RV passando pelas rochosas até vancouver, onde devolveria o RV e ficaria mais un 5 dias para conhecer alguns lugares de vancouver ( sem RV) e depois voltaria para Brazil. será que dá? bjs e tks

    1. Responderpatipapp

      Eu acho que o mais simples seria ir para Clagary, alguar o RV la, devolver ele lá, pegar um voo até Vancouver.

      Nós não chegamos a ir para Calgary. Passamos alguns dias em Vancouver e Victoria (imperdível), depois alugamos o RV, fomos até as Rocky Montains e depois voltamos até Vancouver de RV.

      Acho que em Setembro o clima ainda deve ser agradável!

  4. Pingback (citações em outros sites/blogs): Roteiro pela Estrada Mais Bonita do Mundo – Icefields Parkway | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  5. Pingback (citações em outros sites/blogs): Ferry para Victoria com Pic Nic (Canadá) | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  6. Pingback (citações em outros sites/blogs): Canadá com Crianças: The Butchard Gardens | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  7. Pingback (citações em outros sites/blogs): Como é viajar de motorhome | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  8. Pingback (citações em outros sites/blogs): A Estrada mais bonita do Mundo: nosso roteiro de motorhome no Canadá | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  9. Pingback (citações em outros sites/blogs): Chemainus – a cidade dos paineis urbanos no Canadá | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  10. Pingback (citações em outros sites/blogs): Canadá com crianças: um destino surpreendente | COISAS DE MÃE | Patrícia Papp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *