As melhores Viagens com Crianças: Bonito

As melhores Viagens com Crianças: Bonito

Definitivamente, Bonito é um dos lugares que brasileiros deveriam conhecer! Ótimo destino para ir em família, natureza em abundância e uma estrutura turística que funciona. Conheci Bonito há muuuuito tempo atrás, quando o turismo na região ainda não estava organizado. Nunca mais esqueci do rafting e da cor da água da gruta Azul!

Balneário MunicipalEsta viagem estava nos meus planos, mas acabou acontecendo de forma inesperada. Na hora de planejar o roteiro de carro para o Pantanal, vimos que a distância para Bonito era pequena. a princípio, fiquei um pouco em dúvida porque seriam poucos dias (e Bonito oferece dezenas de passeios legais), mas acabamos mudando o roteiro na última hora e incluindo o destino! Foi a melhor decisão que podíamos ter tomado!

Roteiro de 3 noites em Bonito

Três noites na região podem parecem pouco perto da quantidade de coisas que dá para fazer por lá. Mas acho que é um ótimo começo!!! De carro se tem muita mobilidade e agilidade. A grande maioria dos passeios fica a 10km, 20km, 30 km de Bonito.Todas as atrações são sinalizadas e com uma mapa a localização é bem simples, pois elas ficam concentradas em 3 regiões.

Balneário Municipal - Bonito MS

Praticamente todos os programas precisam ser agendados  pois as atrações e passeios têm número limitados de visitantes por dia. Tudo é feito com horários marcado. Para quem está de férias, deixar alguma coisa marcada pode parecer um pouco opressor, mas relaxe! O principal motivo deste controle é o cuidado com a natureza.

Como ficamos pouco tempo, precisamos pensar bem antes de escolher os programas, acabamos fazendo estes:Aquário de Bonito

  • Aquário da cidade – um local pequeno e simples, mas que ajuda a identificar alguns dos peixes da região que serão visto nos passeios dos dias seguintes.
  • Gruta do Lago Azul – um dos programas imperdíveis da cidade. Visita com horário marcado.
  • Balneário Municipal – um local por onde passa o rio, transparentíssimo e cheio de peixes onde é possível tomar sol, jogar bola, descansar e, claro, mergulhar. Um passeio gostoso, tranquilo, sem pressão nem fortes emoções. É possível comprar ração para alimentar os peixes. Um dos únicos lugares que não precisa ser agendado.
  • Rio Sucuri – lá fizemos nossa primeira flutuação. Achei uma das experiências mais incrível que fiz nada vida. é fantástico. Vimos muitos peixes grandes. Vou fazer um post sobre o funcionamento para explicar mais detalhes!
  • Rio da Prata – a flutuação no Rio da Prata foi ainda melhor do que do dia anterior, no post explicarei o porquê.
  • Buraco das Araras – fica super próximo ao Rio da Prata. Fizemos um na sequencia dos outros. Eu, particularmente, amei! Ele é um buraco imenso, onde vivem centenas de araras vermelhas. Parece que entramos em uma cena de filme (aliás no filme RIO 2 há um local muito parecido com este).Buraco das ArarasBuraco das Araras

    Buraco das Araras - Bonito

    Deu para perceber que fiquei apaixonada pelo lugar?

O que deixamos de fazer? Rafting, boia cross, não vimos as cobras, não fizemos rapel… ihhh, tanta coisa! Mesmo assim, posso garantir que vale cada segundo e casa quilômetro rodado para chegar la! Um destino que todos deveriam ir com os filhos!Rio da PrataBuraco das Araras - Bonito

Onde ficar

Bonito tem muitas opções de estadia, hostels, pousadas, hoteis de vários estilos. alguns ficam bem no centrinho, outros ficam mais afastados. Uma dica para quem quer entrar no clima de aventura é o HOTEL CABANAS. Dentro do hotel há diversas atividades como boia cross, tiroleza, trilhas, arvorismo, que estão incluísdas na diária e outras que são mais baratas para hóspedes.  O quartos são bangalôs  suspensos, imitando casas nas árvores. Nós não ficamos lá, mas fomos conhecer.

Nos hospedamos  na Pousada Chamamé, uma pousada simpática que fica um pouco mais próxima do centro. Achei o pessoal da recepção muito atencioso e prestativo. Os quartos com 4 camas eram um pouco apertados para 2 adultos e duas crianças. Acabamos mudando para 2 quartos. Eles oferecem um kit café da manhã para quem sai muito cedo (antes do café) e alugam câmeras fotográficas submarinas.

Pousda Chamamé

Idade das crianças

O Pedro estava com 10 anos e a Luiza com 5. Aproveitamos bastante, e poderíamos ter feito ainda mais programas com eles se tivesse mais tempo. Mas eu acho que o ideal, é ir com filhos a partir de 7 ou 8 anos. Principalmente por causa das atividades na água como rafting e boia cross, que não são permitidas para menores desta idade.Rio Sucuri

Como Chegar

Em Bonito há um aeroporto e com voos regulares da Azul que chegam lá. Quem não estiver de carro pode contratar todos os programas com transporte – feito em vans na maioria dos casos.

De Campo Grande a Bonito de carro são 260km (aproximadamente 3h30 de viagem)

Dicas finais

  • Não se atrase, aliás, chegue antes do horário marcado para não correr o risco de perder nada.
  • Protetor solar e repelente devem estar sempre na bolsa
  • Leve toalhas para todos os lados
  • Recomendo levar cremes para desembaraçar os cabelos das meninas
  • A agência de viagens que nos atendeu, foi a ABN. Fomos muito bem atendidos. Praça Bonito

 

Outros post sobre esta viagem:

Viagem de Carro para o Pantanal

Hotel no Pantanal com crianças

10 animais que vimos no Pantanal

A Gruta do Lago azul é uma das atrações imperdíveis. Não são permitidas crianças menores de 5 anos.

A Gruta do Lago azul é uma das atrações imperdíveis. Não são permitidas crianças menores de 5 anos.

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

12 comentários

  1. Pingback (citações em outros sites/blogs): Restaurantes em Bonito: massas, peixes e pizza | COISAS DE MÃE | Patrícia Papp

  2. Pingback (citações em outros sites/blogs): Flutuação em Bonito – um dos melhores mergulhos que já fiz | COISAS DE MÃE | Patrícia Papp

  3. ResponderJuliana

    Olá, Patrícia, verifiquei suas sugestões para Bonito, e queria saber sua opinião sobre a viabilidade da nossa viagem. Tenho três meninos, que estarão com 8, 6 e quase 4 anos na época da viagem, sendo que os três sabem nadar muito bem. Vc acha que a idade do menor vai limitar muito nossas atividades ou ele conseguirá acompanhar o grupo?
    Agradeço a atenção.
    Um abraço, Juliana

  4. ResponderAlessandra -BH

    Obrigada pelas dicas. estava pensando em ir com meus filhos de 10 e 4 anos em julho/15, mas depois das sua dica vi que tenho que esperar um pouco mais para tornar a emoção de todos completa, já que há passeios que não permitem crianças menores de 5 anos.

  5. ResponderPaloma

    Muito obrigada pelas dicas. Montei meu roteiro e vou agora dia 30/03 e retorno em 06/04! Estou indo pela azul e vou locar um carro por andar por lá, porque o orçamento de van ficou um absurdo. Se alguem estiver por lá nos dias acima e precisar de carona, pode me acionar, que tentamos conciliar as agendas dos passeios. 🙂

  6. ResponderValentim

    Ótimas dicas, outra dica importante relatada em seu artigo e um pouco menosprezada e que os passeios devem ser reservados com bastante antecedência, pois o número de turista por dia é muito limitado em vários passeios.
    Parabéns pelo artigo!

  7. ResponderAlessandra Ribeiro

    Como as crianças se comportaram na flutuação? Digo isso porque fui quando não tinha filhos e a força da correnteza me levava longe porque eu era bem mais leve que os demais, me afastando do grupo. Eu me segurava nos troncos que ficavam pelo caminho, até o grupo chegar. Como você conseguiu manter as crianças por perto?
    Quero muito levar meus filhos para Bonito também. 🙂


    1. Autor
      ResponderPatrícia Papp

      O meu filho mais velho ficou independente da gente (mas sempre por perto). Já a pequena, ficou bem grudadinha, fizemos a flutuação de mãos dadas 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *