Transporte na Disney: Como se locomover dentro do complexo

Transporte na Disney: Como se locomover dentro do complexo

Uma das primeiras coisas que tive que aprender quando trabalhei na Disney foi como ir de um lado para o outro sem usar carro e da maneira mais barata possível, ou seja o transporte na Disney. O maior problema para mim e para todos os meus colegas que não eram americanos era que a gente estava sem carro e as distâncias dentro do Walt Disney World são enormes.

Como funciona o transporte na Disney?

Então acabamos aprendendo vários macetes e descobrimos que o Disney Transportation System é mais uma das coisas incríveis que a Disney oferece para os seus visitantes. Existem quatro maneiras diferentes de se locomover de graça dentro do complexo, todas elas contam com cast members muito atenciosos e com certeza vão deixar as crianças entretidas na ida e na volta dos parques.
Nenhum dos macetes é proibido pela Disney, é só uma questão de preferência e rapidez. Você não precisa estar hospedado em um dos resorts para poder usar o sistema de transportes.
Vale lembrar que a segurança é o foco principal dos cast members, então eles não estarão com pressa e não adianta ficar impaciente. Todas as formas de transporte vão tomar alguns bons minutos do seu tempo, então se você tem um horário reservado no restaurante ou não quer perder algum show é melhor sair cedo do hotel.

Ticket and Transportation Center (TCC)
O TTC é uma super central de transportes de todo o complexo Disney. De lá saem todos os tipos de transporte para quase todos os parques e resorts. Os visitantes que vêm de fora do complexo também podem deixar os carros estacionados por lá. Alguns hotéis de Orlando possuem serviço de ônibus que leva os hóspedes até o TTC.
Lá você escolhe se vai de monorail, ônibus, ferry ou a pé mesmo para o seu próximo destino. O TTC também oferece serviços de venda de tickets e de informações.

Monorail

Monorail
O que mais chama a atenção dos visitantes e, sem sombra de dúvida, a opção mais legal é o Monorail. Carinhosamente apelidado de “Highway in the Sky”, o trem liga o Magic Kingdom ao Epcot, ao TTC e aos resorts na área do Magic Kingdom (Contemporary, Grand Floridian e Polynesian).

Ônibus

Onibus
Não há um lugar dentro do complexo Disney que você não possa chegar de ônibus. Eles ligam todos os hotéis a todos os parques, ao Disney Springs e ao TTC. Um ônibus não é exclusivo de um hotel, então espere algumas paradas no caminho até chegar ao seu destino final.
Exclusivamente para hóspedes dos hotéis da Disney, o Magical Express é um ônibus especial para levá-los do aeroporto para o resort e de volta para o aeroporto no final da viagem. Sem nenhum custo adicional.

Ferry e outros barcos

Ferry
É possível usar o serviço de barco em alguns locais específicos. O Ferry liga o Magic Kingdom a todos os resorts da sua área, além, é claro, do TTC. Outro barco também liga o Hollywood Studios ao Epcot, passando pela Boardwalk Area no meio do caminho. Também é possível sair do Yach Club Resort e ir de ferry até o Hollywood Studios.

A pé
Em algumas poucas situações é mais recomendável que você siga a pé do que pelo transporte da Disney. São elas: o caminho entre o Contemporary Resort e o Magic Kingdom, entre o TTC e o Polynesian Resort, entre o Hollywood Studios, a Boardwalk Area e o Epcot, entre o Coronado Springs e o Blizzard Beach e entre o Saratoga Springs e o Disney Springs.
Essas são as únicas estradas com calçadas próprias para pedestres que você vai encontrar no complexo e com distâncias curtas o suficiente para não demorarem mais do que 15 minutos (a distância entre o Contemporary e o Magic Kingdom demora 5 se você for muito lento ou pegar o sinal fechado na faixa de pedestres). Mas como você já vai andar o dia inteiro no parque é melhor pegar um ônibus ou o monorail.

Está com pressa?
Acordaram atrasados, as crianças se enrolaram para se vestir, alguém esqueceu os ingressos no quarto e agora não têm mais 1 hora para sair do Art of Animation e chegar até a sua tão sonhada reserva no Cinderella’s Royal Table usando os ônibus? Calma, ainda tem uma solução.
A grande maioria dos resorts têm taxistas por perto para situações como essa. É só ir até o concierge e pedir um carro. O Uber também funciona bem lá dentro e é relativamente mais barato.
Se a sua família optou por alugar um carro, você pode dirigir direto até os parques, já que todos têm estacionamento. Mas lembre-se que o Walt Disney World é enorme e a chance de se perder é grande. Por experiência própria, o Google Maps não funciona muito bem lá dentro, mas o Waze costuma acertar o trajeto na grande maioria das vezes.

Macetes
Me orgulho de dizer que já fiz os quatro parques e o Disney Springs em um único dia usando só o sistema de transporte da Disney! Para essa ideia maluca ter dado certo foi preciso cronometrar bem o nosso tempo em cada parque e usar todos os macetes que conhecíamos.
Todos os parques têm ônibus que os ligam aos outros parques, porém nenhum deles possui transporte direto para o Disney Springs. Se você quer sair do Animal Kingdom e aproveitar para jantar no T-Rex a maioria dos cast members vai te orientar a pegar um ônibus para o TCC e de lá, pegar outro para o Disney Springs. Mas a maneira mais rápida, na minha opinião, é pegar um ônibus direto para um dos resorts próximos ao Disney Springs, como o Saratoga Springs ou o Port Orleans e de lá pegar um ônibus para o Disney Springs.
Outro ponto é que os resorts não têm transporte entre si, ou seja, para sair do Pop Century e ir para o Grand Floridian você tem que fazer uma “conexão” no TTC ou em um dos parques.
O TTC é a opção na ponta da língua dos cast members, mas nem sempre a mais rápida. Acho que vale muito mais a pena fazer essas conexões através dos parques e resorts do que por lá, além de dar uma espiadinha em lugares diferentes, você também evita todo o fluxo de pessoas concentrado no TTC, especialmente nos horários de pico (início da manhã e após os shows noturnos).

Luiza  trabalhou como Cast Member no Magic Kingdom vendendo pipocas e sorvetes do Mickey para pequenos príncipes e princesas.

Imagens: Disney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *