Vamos viajar para o Irã?

Vamos viajar para o Irã?

Atualizado em

Marjore Satrapi, tinha apenas dez anos quando se viu obrigada a usar o véu islâmico, numa sala de aula só de meninas. Nascida numa família moderna e politizada, em 1979 ela assistiu ao início da revolução que lançou o Irã nas trevas do regime xiita – apenas mais um capítulo nos muitos séculos de opressão do povo persa. Vinte e cinco anos depois, com os olhos da menina que foi e a consciência política à flor da pele da adulta em que se transformou, Marjane emocionou leitores de todo o mundo com essa autobiografia em quadrinhos, que só na França vendeu mais de 400 mil exemplares. Em Persépolis, o pop encontra o épico, o oriente toca o ocidente, o humor se infiltra no drama — e o Irã parece muito mais próximo do que poderíamos suspeitar.

O livro oferece uma viagem ao cotidiano iraniano, sem precisar ir até lá para conferir! Uma boa dica de leitura aos adultos e quem sabe uma chance de tentar explicar aos pequenos (pelo menos aos mais curiosos) a realidade de um país tão polêmico e controverso.



3 comentários

  1. Responderklm

    Olá. Tudo bem?

    Meu nome é Annia e trabalho na Edelman, agência de comunicação da cia. aérea KLM.

    Visitei o seu blog e é nítido que gosta muito de viajar e com seus filhos. Por isso, achei que talvez gostaria de conhecer a campanha Baggage Label da KLM, que permite que você customize suas tags de bagagem gratuitamente, com imagens do seu álbum de fotos ou do banco de imagens da KLM.

    Para fazer a sua, basta acessar a fan page da KLM Brasil no Facebook (http://www.facebook.com/KLMBrasil) ou o hotsite http://baggagelabel.klm.com, seguir as instruções e crar suas etiquetas de bagagem customizadas. A KLM envia duas unidades, inteiramente grátis, para sua casa!

    Espero que goste da sugestão.

    Abraços!
    Annia Vuolo
    (annia.vuolo@edelman.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *