Viagem com os avós para Praia Do Forte (Iberostar Bahia)

Viagem com os avós para Praia Do Forte (Iberostar Bahia)

 

Meus pais não se intimidam com nenhuma viagem, já foram para países que eu nem sabia que existiam, não tem frescura e tem um pique de dar inveja. Aliás, quando viajamos juntos, muitas vezes eu não consigo nem acompanhar a extensa agenda deles.

Meus filhos convivem muito com os avós e eles tem muita intimidade uns com os outros. Quando o Pedro tinha 4 anos foram acampar no canion do Guartelá juntos. Depois eles levaram o Pedro na Fazenda Mazzaroppi.

Desta vez, a Luiza também foi incluída no programa, foram todos para a Praia do forte, na Bahia. Aproveitaram uma super promoção do Zarpo e ficam num hotel all-inclusive (onde todas as refeições e bebidas estão incluídas), o Iberostar Bahia.

As duas crianças voltaram completamente apaixonadas pela Bahia, tanto que pretendo ir com eles para lá de novo o quanto antes! A Luiza, vira e mexe, solta frases como “Sorria, você está na Bahia” e “Será que hoje está sol na Bahia?” .

O CENTRINHO E O PROJETO TAMAR

A Praia do Forte fica no município de Mata de São João (Bahia),  cerca de 60 km ao norte de Salvador. É muito charmosa e tem dezenas de hotéis, pousadas e restaurantes. A principal atração para as crianças é o Projeto Tamar.

O Projeto Tamar foi criado em 1980 e é responsável pela conservação das tartarugas marinhas. O nome Tamar foi criado a partir da combinação das sílabas iniciais das palavras tartaruga marinha. Lá, tartarugas marinhas em diferentes estágios do ciclo de vida, ficam em  tanques e aquários  de água salgada.

O HOTEL

O Iberostar é um hotel grande e completo. Tem vários restaurantes, duas piscinas grandes, todas as refeições e bebidas incluídas e além disto serve lanches, sorvetes e outras comidinhas a qualquer hora do dia. Para os bebês existe uma sala com leite, papinhas, microondas, pia, tudo que pais (ou os avós) podem precisar.

A Luiza, com 3 anos, era muito pequena para participar das atividades de recreação sozinha. Mas fez muitos amiguinhos na piscina (onde ela passava grande aprte do dia).

Já o Pedro se enturmou super fácil (confesso que quando eu estou por perto ele demora mais para se desgrudar) e ficava com a nova turma para lá e para cá o dia inteiro. Sempre respeitando as regras de dizer um “oi” no horários estabelecidos.

#DICAS:

• Há muitos restaurantes espalhados no hotel. O preferido das crianças foi o MEU REI. Mas o da praia (Coqueiro) era mais conveniente (embora mais básico).

• Em alguns, como no japones, é preciso fazer reserva. Estes restaurantes também estão incluídos na tarifas (mas as refeições neles são limitadas)

• Existem duas grandes “áreas de piscina”. Uma delas é mais calma, na outra acontecem mais eventos.

• Para ir do hotel para a Praia do Forte é preciso pegar um táxi.

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

7 comentários

  1. ResponderCinthia

    Realmente a Praia do Forte é uma super viagem com crianças. E viajar com os avós deve deixar ainda mais inesquecível!

    Também já passamos por lá e queremos muito voltar!

    Como não sou fã de resorts, deixo a dica de uma pousada ótima na vila: Refúgio da Vila, parte do Roteiro de Charme e super kids friendly ( docinhos baianos e fita do Bonfim esperavam pela pequena na cama!). Copa para bebês e Café da manhã sensacional, com macaquinhos aparecendo de vez em qdo para dar bom dia.

    Fiquei com vontade de voltar!!!!
    Cinthia
    @chilecriancas

  2. Responderforadocasulo

    Pra variar…ótimas dicas! Fiquei ali pertinho ano passado, no Vila Galé. Foi muito bom!!!!
    Viu, estou participando de um meme e fiz um convitinho para você participar também lá no meu blog. Dá uma passadinha lá.
    Bjo

  3. Pingback (citações em outros sites/blogs): Hotéis com criança no Brasil | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

  4. Pingback (citações em outros sites/blogs): Dicas de praias na Bahia | COISAS DE MÃE I Patrícia Papp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *