Como conciliar as viagens e a escola das crianças

Como conciliar as viagens e a escola das crianças

Este texto faz parte de um Blogagem Coletiva proposta em do grupo do facebook de Assuntos de blogueiros – Viajando em Família. O tema é “Como conciliar as viagens e a escola das crianças”.

Quando temos filhos bebês ou bem pequenos, podemos escolher qualquer época do ano para viajar. As passagens e as tarifas dos hotéis são mais baratas e as crianças muitas vezes viajam de graça, ou pagam tarifas reduzidas. Já fiz alguns posts falando sobre a vantagem de viajar com bebês, a questão financeira, sem dúvida, é uma das grandes diferenças! Mas a medida que eles vão crescendo, as situação muda bastante!

Eu e meu marido temos bastante liberdade para tirar férias, emendar feriados e viajar durante qualquer época do ano (claro que quando voltamos, o trabalho está lá, esperando por nós) então, quando as crianças eram pequenas, podíamos optar por viajar quando a passagem ou o hotel estivesse mais barato, não fazia diferença se era em maio, junho, setembro, outubro ou novembro. Fomos para Foz do Iguaçu, para hotéis como Salinas de Maragogi, para o Aguativa, para Disney

Até que, em maio de 2012, fomos para o casamento da minha irmã em Londres. Na volta, pela primeira vez, o Pedro reclamou da quantidade de lição de casa acumulada. Ele tinha 8 anos. Como o motivo da viagem era muito importante eu nem cogitei não ir, mas percebi que a partir daquele momento, a rotina de viagens durante o período escolar iria começar a mudar.

Primeira viagem de avião

Quando as viagens começam a atrapalhar o rendimento na escola?

Eu não sou especialista em educação, mas posso afirmar que faltar aulas começou a incomodar meu filhos a partir do 4º ano do Fundamental. Entendo que esta situação pode mudar de família para família, mas a partir dos 8/9 anos, meu filho passou a dar sinais que aquela situação era desconfortável para ele. Ele é um bom aluno, tira notas boas e se sentiu inseguro quando perdeu matéria nova e não gostou de ter lições de casa acumuladas. No 5º ano chegou a declarar: não quero mais viajar durante as aulas. Sei que pode parecer impossível um filho dizer isto, mas acontece!

Depois disto passei a ser muito mais cuidadosa e priorizar as viagens no período de férias escolares. Claro que as passagens são muito mais caras!!!

Cheguei a fazer algumas viagens onde só levei a Luiza (que é 5 anos mais nova que o irmão), uma delas foi para o nordeste (quando estava fazendo as últimas pesquisas para o guia Praias do Nordeste Com crianças e a outra para Itália. E agora, que ela tem 7, quando falo de alguma viagem que estamos planejando, ela também pergunta se vai faltar aula. Ou seja, as viagens durante as aulas estão com os dias contados, principalmente para meu filho que está indo para o 9º ano.

Como conciliar as viagens e a escola?

As viagens e a escola, na visão dos professores

Uma outra questão importante: viajar é muito mais acessível do que anos atrás, então para os professores e para a escola esta questão também ficou mais delicada. Imagine que em uma turma de 20 crianças, se metade delas fizer pelo menos uma viagem durante o ano letivo, praticamente todos os meses um aluno vai estar fora da sala de aula! Isto pode atrapalhar bastante a dinâmica e o rendimento da turma! Quando comecei a observar a quantidade de colegas dos meus filhos fora da sala de aula, passei a repensar a questão.

A boa notícia é que, apesar de não conseguir mais aproveitar as grandes promoções, não parei de viajar. Continuo pesquisando bastante as passagens, os roteiros e destinos e tenho feito viagens lindas, e agora, quase todas nas férias de verão e em julho.

E você, como faz para conciliar viagens e a escola dos filhos?

 

Veja os posts de outros blogueiros especializados no assunto:

 

Patricia Papp é mãe do Pedro (11 anos) e da Luiza (5 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer".

Ver meus outros posts

24 comentários

  1. ResponderAna Carolina MIranda

    Patrícia, imagino que você deve ter ficado com o coração partido quando seu filho declarou que não queria mais viajar durante as aulas! Filhos sempre nos surpreendem. Não costumo deixar o meu faltar muitos dias. Normalmente tento fazer a multiplicação dos dias. Viajamos numa sexta, ele falta uma semana de aula e retornamos no outro fim de semana. São cinco dias de faltas, mas nove de viagem.

  2. ResponderTrícia Ferreira

    Oi Patrícia, aqui por enquanto está dando certo conciliar viagens ao ano letivo, mas é importante que seja algo tranquilo para a família como um todo. Ah! Feliz Aniversário atrasado! Muitas viagens, muitos carimbos no passaporte, muitas coisas boas SEMPRE! :*

    Bjo grande!
    Trícia

  3. ResponderDaniela Xavier

    Nossa, quando o filho pede para não faltar é porque o garoto é dedicado… parabéns… se fosse o meu, hoje no 8º ano, faria de tudo para viajar durante as aulas KKKKK … por isso que aqui faz tempo que faltas nem pensar… seria reprovação na certa!!!!

  4. ResponderAndrea

    Pati, por aqui aconteceu o mesmo! A Valen faltou aula para irmos a Natal, pq ela estava bem na Escola. Na volta foi um Deus nos acuda para por tudo em dia! Eu me estressei, ela tb. De lá p cá, só nas férias ou em algum feriado em que ela perca um ou duas aulas, no máximo. Ainda mais que ela está com dificuldades… Bj.


    1. Autor
      ResponderPatrícia Papp

      Tortura para nós blogueiras e viciadas em viagem, né Andrea :(

      Afff

      Mas a gente sempre encontra uma saída!!! beijos e obrigada por incluir meu link!

  5. ResponderTatiana

    Com filhos maiores é importante respeitar a opinião deles. Quem sofre na volta das viagens são eles. Amei o post, e com certeza me fez refletir sobre a dinâmica da escola. Isso era uma coisa que eu não havia pensado…
    Beijos

  6. ResponderLiliane Inglez

    Pati, que interessante você focar na dinâmica da sala de aula. Muito importante pensar na coletividade, hein?
    Me identifiquei bastante com sua realidade (apesar de ter só um filho..rs). Mas também prefiro (aliás, só posso..) viajar nas férias. Um grande abraço!!

  7. ResponderFran Agnoletto

    Pati,
    Muito bem lembrada a questão da dinâmica da sala de aula, com sempre alguém faltando. Nunca tinha pensado dessa maneira.
    Mas confesso que fiquei morrendo de medo de ouvir da boca do Dodô que ele não quer mais viajar durante o ano letivo. Será que esse dia vai chegar??

    Beijão, Fran


    1. Autor
      ResponderPatrícia Papp

      Sempre fiz! Eu sempre digo que defendo viagens de todos os estilos, com filhos, com pais, com irmãos, só de amigas, só de casal, sozinha! O que importa é viajar!!!

  8. ResponderDebora Galizia

    Paty,
    Sua situação é bem parecida com a minha: viajar fora das férias, acaba sendo um stress na volta… As crianças (e nós também) temos que correr atrás do que foi perdido.. Uma pena! Por que é tão mais barato e mais vazio fora de temporada, né?

  9. ResponderAdriana Pasello

    Oi Pati
    Nossa, seu Pedro reagiu com a minha Bebel. Realmente, como vc comentou, situações bem parecidas.
    Não falei sobre isso no meu texto, mas super concordo que as viagens podem atrapalhar a dinâmica da turma.
    Bj

  10. ResponderBárbara

    Realmente viajar durante o período letivo é complicado, principalmente quando as crianças já começam a cobrar e não querem faltar aula.bjs

  11. ResponderAna Carolina Miranda

    Patrícia, lendo seu post fiquei um pouco preocupada. Meu filho está no segundo ano, até hoje não deu sinais de que faltar a aula estaria lhe atrapalhando na escola. Será que a partir do quarto ano vai mudar de opinião como o seu? Espero que minhas viagens durante o ano letivo não estejam com os dias contados… Adorei o post

  12. ResponderGuaciara

    Muito interessante seu relato, que já envolve crianças mais velhas! Aqui em casa meu mais velho tem só 5 anos e já pergunta se vai faltar na escola, mas sinto que é mais por saudade da rotina e colegas. Agora quando ficam mais velhos essa questão de conteúdo deve pesar bastante. Eu mesma quando era criança só viajava nas férias mesmo, nada de faltar! Vamos ver quando chegar nossa hora aqui.

  13. ResponderCarlos Monteiro

    Oi, Patrícia! Nossa, deve ter sido mesmo difícil o momento em que seu filho começou a reclamar de viajar em época de aula… Mas foi bom porque, graças à sua experiência, mesmo na alta temporada, com muita pesquisa e atenção, você continua aproveitando! E continue fazendo também muitas pesquisas para novos guias! :) Um abraço e parabéns!

  14. ResponderVem que te Conto!

    Pesquisar, pesquisar e pesquisar, essa é a saída.
    Por aqui a pequena também tem reclamado bastante da reposição de conteúdo depois da faltas (que foram bem poucas essa ano). Estou tentando traçar uma estratégia de reposição junto com a escola. Vamos ver se vai funcionar. Tomara que sim! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>