Fazenda Catuçaba: Um hotel fazenda para se reconectar com a natureza

Fazenda Catuçaba: Um hotel fazenda para se reconectar com a natureza

Há uns dois anos tento, cada vez mais, ter em mente que as crianças precisam de contato com a natureza. E acho que isso é ainda mais necessário para crianças que vivem em cidades grandes, como as minhas.

Então, sempre que posso, levo o Theo e a Liz a praças e parques. Melhor ainda é quando consigo dar uma escapada para a praia ou para lugar no campo – aí, sim, acho que eles recarregam o estoque de vitamina N (de natureza) e vitamina S (de sujeira).

Tudo para combater um mal cada vez mais presente entre nossas crianças: o déficit de natureza.

Para quem quiser saber mais sobre esse assunto, super recomendo os textos do americano Richard Louv e o site Crianças e Natureza.

Bom, há cerca de um mês, eu e minha família passamos um final de semana na Fazenda Catuçaba, um hotel sem cara de hotel que é ideal para combater essa “deficiência de vitamina N” e curtir um arzinho puro.

A propriedade fica em São Luiz do Paraitinga, a cerca de duas horas e meia de São Paulo e pouco mais de quatro horas do Rio.

Conforto e muito verde

Com ares de fazenda antiga, a fazenda tem um chalé mais incrível que o outro. Super confortáveis e charmosos. Cama fofinha e lençóis idem, janelas com vista para as montanhas verdes e frutas frescas todo o dia na mesa de centro. No nosso quarto tinha até lareira, que a Liz até hoje chama de “fogueira de quarto”.

Fizemos longas caminhadas, descansamos em um lago lindíssimo e as crianças tiraram leite da vaca e entraram em contato com muitos outros animais, inclusive um casal de cachorros que o Theo “adotou” e nos acompanhou o tempo todo.

A programação da Catuçaba também incluiu passeios mais longos, como uma cavalgada (paga à parte), passeios com guias, escaladas e outras atividades para se reconectar à natureza.

 

Leia também:

 

Mariana Della Barba é jornalista e mãe do Theo e da Liz. Desde a barriga, os dois já foram “contaminados” por aquele bichinho que dá coceira se a gente fica muito tempo em casa 😉 Ama levar os filhos para turistar mundo afora, mas também na sua própria cidade. Tanto que escreveu o guia “São Paulo com Crianças”, lançado pela Pulp.

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *