Caiobá

Atualizado em

Caiobá é a praia da minha infância. Fui para lá quase todos os anos, desde que eu tenho 2 meses de idade. Meu avô tem uma casa muito gostosa lá. A casa tem mais de 30 anos e fica muito próxima ao mar. Meu avô é um geólogo muito ligado à natureza, ativista, muito antes disto virar moda. Estava sempre no jornal criticando, pedindo apoio, chamando atenção para as desatenções à natureza. Um ecologista a frente do seu tempo. O trabalho dele é reconhecido, publica uma média de 1 livro por ano. A casa da praia tem um pedacinho de mata que ele não deixa ninguem tocar. Aliás, ele tem sérias restrições a matarmos os pequenos insetos (afinal apra isto que servem as lagartixas, certo?). Foi na casa dele que aprendi, bem pequena, a separar o lixo.

 

Mas voltando a praia de Caiobá… lá não tem barzinhos charmoso, nem restaurantes muito expressivos. Parece que ficou meio parada no tempo. O mar é marronziiiiiiinho… uma pena. A praia mansa até que é charmosinha, mas minha ligação com ela é afetiva.

 

O Pedro e aLuiza adoram. De manhã, saem com baldinhos, pazinhas e prancha, caminhando até a areia. Chamam o Neno, vendedor do pastel de carne, pelo nome, conhecem as crianças das barracas vizinhas, e de tarde, podem andar de bicicleta pra lá e pra cá.

E meu avô adora ver os bisnetos curtinho a praia dele. Hoje eles estão lá, com ele, enquanto eu estou em Curitiba. Exatamente como acontecia quando eu tinha idade deles. Minha avó, que não curte muito praia, ficou com ciúmes e decidiu ir pra lá também.

Esta foto é do ano passado, mas meu avô e a Luiza continuam almoçando e jantando antes que o resto da família

 

 

Ano passado também fiz um post sobre meu avô com meus filhos na praia aqui. E tem uma foto da minha avó com a Luiza no colo na casa da praia onde aparece a pequena floresta da casa aqui. (e que prova que até que ela vai pra praia!)

 

PS:  Eu andei mencionando alguns restaurantes como a Toca do Caranguejo e o Ostra Viva, fazendo referência a Caiobá, mas eles não são em Caiobá, ficam na Prainha (Caminho do Ferry) e Cabaraquara, respectivamente!

 

 

7 comentários

  1. ResponderPaloma Varon

    Que delícia, Pati! Eu também tenho uma forte ligação afetiva com algumas praias e ilhas onde passei a minha infância. E faço questão de levar minhas filhas lá. Ciça já conhece Itaparica e morro de São Paulo e Clarice ainda não, mas é questão de tempo. E ambas conheceram Imabassaí comigo este ano, outra praia/rio que está (estão) no meu top 10 afetivo.
    Beijos

  2. ResponderTalitah

    Nossaaa

    que lugar lindo e gostoso, adorei a historia de seu avo!!!
    Adoro pessoas que lutam pelo meio ambiente não por moda, mas por realmente se preocupar!!!
    Beijos
    Talitah Sampaio
    quando puder visite meu blo

  3. ResponderKariny

    oi querida, primeir vez aqui no blog, adorei, seus filhos são lindos… e que coisa gostosa, eles estarem convivendo em um lugar em que vc tem tantas memórias… e adorei essa ligação com a natureza, o cuidado do vovo, lindo.. beijos

  4. ResponderAna

    Essa questão de afetividade em férias de verão marca mesmo, tenho a minha predileta onde temos nossa casa em Ubatuba São Francisco.

    Ainda não conheço Caiobá!
    Bjinhos e boa semana

  5. ResponderNine

    A minha ligação afetiva é com a praia de Torres/RS, onde a minha família ainda tem raízes, esta praia a Ísis ainda não conhece, mas com certeza vou querer mostrar os lugares por onde eu andava quando criança.

    Eu conheci Caiobá quando morei em Joinville, sempre dávamos uma passada rápida na volta ou na ida para a Ilha do Mel.

    Adorei a foto da Luiza com o biso!

    Beijos,
    Nine

  6. Responderfernanda

    Querida que saudades! Primeiro que delícia de programa, que tudo seu avô ter casa neste lugar delicioso e vcs curtirem a family aí, a Luli com a dog tá linda demais, só me deixa com mais vontade de dar amiguinho pra Tutu aqui em casa…rs, e parabéns pelos filhotes lindos curtindo a praia, tem coisa mais gostosa que esta? Sobre a calça da Luli, perdoa sua amiga lesa, estava aqui no kit de correio da semana passada e com a história da feira esqueci de enviar 🙁 mas amanhã vai sem falta… já tá no pacote faz tempoooooooooooooo…..rs rs rs rs , um beijo querida

Deixe uma resposta para Ana Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *