10 dicas para viagens de surf em família

10 dicas para viagens de surf em família

Atualizado em

Praia, para mim, é sinônimo de surf. Sou casada com surfista, irmã de surfista e adoro o astral das praias com onda. Portanto, viagens de surf fazem parte da minha vida desde (quase) sempre! Antes de ter filhos, era tudo uma grande aventura: madrugar para pegar o mar bom, dormir dentro da capa da prancha, curtir a praia praticamente deserta manhãs inteiras, passar horas torrando no sol em praias sem nenhuma estrutura… Mas vieram as meninas e o grau de exigência precisou ser (levemente) ajustado à essa nova realidade. Continuamos fazendo viagens de surf em família, mas sempre tentamos conciliar com destinos que oferecem atrações também para as crianças. Foi assim na Califórnia, em Barbados, costuma ser assim nas praias do Litoral Catarinense onde vamos bastante.

10 dicas para levar os pequenos nas viagens de surf 

Viagem_surf_barbados4

Brincando enquanto esperam o pai sair do mar em Bardados

Brincando enquanto esperam o pai sair do mar em Bardados

Viagem_surf_barbados3

1. Brincadeiras na areia

Mães e pais, lembrem-se de que as crianças adoram brincar com vocês na praia. Façam castelinhos na areia, ensinem seus filhos a pegar jacaré… enfim, dediquem tempo a eles se querem continuar tendo companhia nessas aventuras (e quem sabe passar o gosto pelo esporte para a próxima geração).

2. Estrutura mínima sempre vem bem 

Escolham praias com alguma estrutura, nem que seja um barzinho com banheiro e para onde se possa correr se o sol estiver forte demais ou comece a chover de repente.

3. kit básico

Levem sempre guarda-sol, camisetinha, boné e muito protetor solar. Se o mar estiver bom para o surf o dia de praia será longo.

Pranchas de surf em um camping KOA, na Califórnia

Pranchas de surf em um camping KOA, na Califórnia

4. Crianças alimentadas e hidratadas

Prepare lanchinhos saudáveis (sanduíches, frutas, nuts, salada) e leve bastante água. Importante manter as crianças alimentadas e hidratadas.

5. Para os bebês

Se tiver bebês ou filhos bem pequenos, uma piscininha inflável ajuda muito. Lembre-se que nem sempre será possível entrar no mar.

No

Esperando o barco em Barra Grande, Bahia

6. A(s) prancha(s)

É preciso levar em consideração que a prancha (uma ou mais) é uma bagagem grande e trabalhosa de transportar. Por isso, economize nas outras malas e lembre-se que cada adulto tem apenas duas mãos para carregar malas, bolsas, filhos, documentos… Veja algumas dicas:

No avião: Antes da mudança na legislação, no Brasil, todo passageiro tinha direito a despachar a sua prancha de surf como parte da franquia de bagagem. Com as novas regras, é preciso consultar a companhia para se certificar do valor. Para voos internacionais as taxas de transporte e franquia de bagagem extra para pranchas de surf também dependem de cada companhia aérea, variando entre U$ 50 e U$ 150 dólares por capa (que pode ter uma ou mais pranchas)

No carro: Colocar as malas no rack do carro (e não dentro, como muitas vezes acontece) faz com que todos fiquem mais confortáveis. Se o carro não tiver, você pode comprar um portátil em lojas de esportes ou surfshops. 

No taxi: Antes de chamar um taxi, avise sempre que está carregando pranchas e certifique-se de que há espaço.

A prancha vira caminha na fila do check in

A prancha vira caminha na fila do check in

7. Atividades

Procure distrações na areia: baldinhos e pazinhas para os menores, uma máquina fotográfica para os maiores (minhas filhas adoram fotografar o pai surfando), aproveitem para fazer caminhadas… Não crie expectativas de tomar banho de sol ou ler um livro em paz.

8. Dica preciosa!

Uma dica ótima: leve talco na bolsa de praia sempre. O talco faz com que a areia desgrude da pele como num passe de mágica, é incrível!

9. Em turma é mais legal

Na medida do possível, combinem essas viagens para a praia com outras famílias. Crianças brincando juntas se distraem mais e tudo fica mais divertido.

10. Viagens de surf com pequenos surfistas

Quando eles começarem a ficar maiores, vale comprar uma pranchinha para iniciar as crianças no surf. Meu marido já fez várias tentativas, ainda sem êxito, mas não desistiu!

Prepare-se para um dia de dedicação total às crianças e divirtam-se! 

Fotógrafas mirins

Fotógrafas mirins

 

Leia outros posts sobre destinos de viagens de surf:

Caribe com Crianças – Especial Barbados 

Califórnia com Crianças 

[contact-form][contact-field label=”Nome” type=”name” required=”true” /][contact-field label=”E-mail” type=”email” required=”true” /][contact-field label=”Site” type=”url” /][contact-field label=”Mensagem” type=”textarea” /][/contact-form]

Praia do Rosa, Santa Catarina 

Fernanda Ávila é jornalista, autora do Guia Nova York com Crianças, e mãe da Marina e da Olivia. Morou em Nova York e Lisboa e é sócia da Pulp Edições.

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *