Santiago com as Crianças

Santiago com as Crianças

Visitar Santiago com as crianças não estava nos nossos planos até que o marido marcou uma viagem de trabalho bem no comecinho das férias de julho. A ideia inicial era ir só o casal. Mas os protestos foram tão grandes – e os argumentos tão fortes – que mudamos os planos! A viagem acabou tomando grandes proporções! Incorporamos as crianças e decidimos ir também para Valle Nevado.

 

Centro de Santiago

O que era para ser um final de semana romântico acabou virando um programa familiar superdivertido! Conhecer Santiago com as crianças foi surpreendente. Imaginei que depois de três dias em um resort de neve, as meninas não achariam graça nenhuma na capital chilena. Errei feio! Elas adoraram e não param de pedir para voltar. Ficamos três dias, mas acho que foi pouco para tanta programação. Selecionei alguns dos programas que mais gostamos!

5 programas para fazer em Santiago com as crianças:

Centro e Mercado Central

Reserve pelo menos uma manhã inteira (e mais o horário do almoço) para esse passeio. Além de andar pela parte histórica da cidade, ver o marco zero na Plaza de Armas, a catedral, o Museu de Arte Precolombino e outros prédios antigos, aproveite para visitar o Centro Cultural Palacio La Moneda, que fica anexo ao Palácio La Moneda (sede do governo chileno). O lugar é muito bonito e tivemos a sorte de pegar uma exposição incrível do Andy Warhol. Se entrar até as 11h, o ingresso é gratuito. Tem também um espaço interativo onde há sempre uma atração para crianças relacionada à exposição em cartaz.

 

Centro Cultural La Moneda

 

Mercado Central de Santiago

 

Depois, a dica é almoçar no Mercado Central. Embora seja um programa bem turístico, acho que vale a pena experimentar a típica e deliciosa carne de centolla (caranguejos gigantes) nessa construção feita em ferro e pré-fabricada na Inglaterra no final dos anos 1860. Embora não tenhamos nos sentido inseguros, a recomendação aqui é ficar de olho nos pertences de valor. Como toda a cidade grande, é no o centro onde aumenta a incidência de furtos e roubos.

Dica extra: se tiver tempo, conheça a famosa Confiteria Torres, considerada a segunda confeitaria mais antiga da América Latina.

 

Bairro Bellavista e La Chascona

O bairro Bellavista é um dos mais tradicionais da cidade. Vá sem pressa para caminhar pelas ruazinhas antigas e visitar La Chascona, a casa de Pablo Neruda em Santiago. As meninas amaram o programa, ficaram encantadas com a história de amor entre o poeta e Matilde Urrutia, para quem ele construiu a casa. Na entrada, todos ganham fones de ouvido para acompanhar a história durante a passagem por cada cômodo. Como tinha áudio em português, elas puderam entender tudo e adoraram!

Dica extra: Conheça o Patio Bellavista, uma espécie de “praça de alimentação a céu aberto”, que tem várias opções de bons restaurantes.

 

La Chascona

 

Cerro San Cristobál e Zoológico

Aproveite o passeio por Bellavista para pegar o funicular (espécie de bondinho) e subir até o topo do cerro (morro) que fica no Parque Metropolitano, maior parque de Santiago. Quem preferir pode subir a pé ou de bicicleta, mas com crianças não recomendo. A subida de funicular é rápida (cerca de 8 minutos) e tem uma parada no caminho para quem vai até o zoológico (que não achamos nada demais, embora a Olivia tenha gostado muito). Lá de cima a vista é linda! Dá para ver a cidade toda e com a Cordilheira ao fundo. De lá também é possível pegar um teleférico, que havia parado de funcionar em 2010, por causa do terremoto, e agora foi todo reformado. São 46 cabines que percorrem um trajeto de quase 5 quilômetros em três estações. Um passeio muito bonito para quem não tem medo de altura! Antes de programar sua visita, consulte o site, pois os horários mudam conforme o dia da semana, verão e inverno.

Vitacura e Parque Bicentenário

Inaugurado em homenagem aos 200 anos da independência chilena, em 2010, o Parque Bicentenário é uma das atrações mais bacanas da cidade. A área verde é enorme, as construções arquitetônicas são lindas e o playground é incrível! Infelizmente estava muito frio e garoando quando estivemos lá. Mesmo assim, a Olivia não queria parar de brincar! Nos finais de semana com sol e calor o parque fica cheio de food trucks e é muito animado. Tem também um lago com flamingos! O parque fica no elegante bairro de Vitacura, um dos lugares mais charmosos da cidade.

 

Bairro Vitacura

 

Playground do Parque Bicentenário

 

Dica extra: Vá perto da hora do almoço e reserve uma mesa no restaurante Mestizo, que fica de frente para o parque. Lugar lindo e comida deliciosa!

Dica extra 2: Em Vitacura fica o shopping de luxo da cidade, o Arauco Shopping. Vá com tempo para fazer compras (tem lojas ótimas, como a Casa & Ideias) e comer nos restaurantes (há muitas opções, como o Tanta, do peruano Gaston Acúrio). Para as crianças tem ainda o KidZania, aquele parque que parece uma cidade em miniatura onde os pequenos podem experimentar várias profissões.

 

Parque Bicentenário

 

Bairro Lastaria e Centro Cultural Gabriela Mistral

Adoramos esse bairro charmoso e alternativo! Há muitos restaurantes gostosos, um parque urbano com parquinhos (Parque Florestal), lojas de design locais e um centro cultural lindo, que homenageia a escritora Gabriela Mistral, ganhadora do Nobel de literatura em 1945. Independente das exposições em cartaz, a visita já vale pela arquitetura, que é surpreendente! No dia em que estivemos lá havia uma exposição de brinquedos artesanais de todo o mundo: bonecas de pano, carrinhos de madeira, fantoches… nem preciso dizer que as meninas adoraram! Não deixe de tomar pelo menos uma taça de vinho no famoso winebar Bocanáriz. A carta de vinhos é incrível e tem várias comidas gostosas. Não é um lugar para crianças, mas aconselho pelo menos uma paradinha rápida!

 

Bairro Lastaria

 

Centro Cultural Gabriela Mistral

 

Dica extra: Experimente o sorvete do Emporio La Rosa! Além de ser um dos mais tradicionais da cidade, tem uns sabores bem diferentes como laranja com gengibre e limão com menta e alfavaca.

 

Emporio La Rosa

 

ps: Santiago tem muitas outras atrações para crianças, como o MIM (Museu Interactivo Mirador) e o Museu Nacional de História Natural que não tivemos tempo de visitar. Ou seja, precisamos voltar logo!

 

Leia outros posts sobre o Chile com as Crianças 

Valle Nevado com Crianças 

Chile com as Crianças – mala para Valle Nevado 

Escola de esqui para os pequenos no Valle Nevado 

Como alugar um apartamento no Ski Resort Valle Nevado 

Santiago com Crianças – exposição Andy Warhol 

 

 

Fernanda Ávila é jornalista, autora do Guia Nova York com Crianças, e mãe da Marina (13) e Olivia (7). Morou em Nova York e Lisboa e é sócia da Pulp Edições.

Ver meus outros posts

2 comentários

  1. ResponderLidiane fenato welter

    Eu também recomendo o museu mim.. Excelente.. Fiquei a tarde toda lá com minhas filhas e amaram… Separe umas 4h para gastar lá!!! Ou mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *