Duas mães e dois bebês na costa da Bulgária

Duas mães e dois bebês na costa da Bulgária

Atualizado em

Nossa amiga Cíntia Anira que mora na Suécia, acabou de voltar de um passeio superbacana pela costa da Bulgária com sua filha Beatriz, sua amiga Dani e a filhinha dela Mikaela. Confira as dicas que ela deu sobre essa aventura de duas mães e suas pequenas!

 

O voo da Suécia para a Bulgária durou 3 horas. Ficamos hospedadas no hotel Majestic em Sunny Beach que fica há 40 min do aeroporto. Ah! Fomos sem os maridos. Somente duas mães com suas duas bebês de 2 anos.
 
Sunny Beach é o maior complexo turístico ao longo da costa búlgara do Mar Negro. Com seus 200 hotéis que encontram-se alinhados ao longo do litoral ou escondidos entre parques verdes. Este complexo de resorts está localizado ao longo da costa sul do Mar Negro, cerca de 30 km
do distrito de Burgas. A temperatura média da água do mar é 20 – 26 °C, 
é uma água fria que lembra as praias do Sul do Brasil, e a sua salinidade é duas vezes mais baixa do que a do Mar Mediterrâneo e a água não é preta! Sunny Beach é uma das praias credenciadas pela Blue
Flag (Bandeira Azul). Este é um rótulo ecológico reservado às vantagens
ambientais, como praias limpas e o ar fresco vindo da montanha.



A Bulgária tem um dos custos mais baixos entre
as praias da Europa.
 Nas areias você
vai encontrar linhas de espreguiçadeiras e guarda-sóis que 
podem ser alugados, hóspedes do hotel pagam 50%. Se você pretende ficar na praia por várias horas, o melhor é contratar um guarda-sol. Se você está indo só para ficar por um curto período de tempo, traga sua própria toalha de praia e sente-se nas “zonas francas” que estão por trás dos guarda-sóis. Nós emprestamos as toalhas de praia do hotel e os carrinhos de bebê estacionamos num restaurante.  

Nessebar – Cidade Velha


Antes de viajar, eu li a respeito da Cidade Antiga de Nessebar. Na minha opinião não é necessário um guia profissional para conhecer a única cidade búlgara incluída na lista de Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO.Nessebar possui muros medievais – talvez não idealmente preservados – porém algumas construções e igrejas ainda com boa arquitetura. Embora eu não beba, toda vez que lia o nome da Cidade Antiga “Nessebar”, eu entendia “nesse-bar” :P. Mas a verdade é que Nessebar é sinônimo de ilha-museu. O transporte de Sunny Beach para essa cidade é fácil e barato. Escolhemos ir de táxi por causa das meninas. Deixamos os carrinhos estacionados e subimos com nossos pertences e as meninas pelas escadarias da cidade antiga. Existem muitas lojas de souveniers e foi aí que comprei 10 dos meus 22 cartões postais para as leitoras do blog.


Nova Nessebar


Perdemos o trenzinho e resolvemos ir para o centrinho a cavalo (na verdade, de charrete). Quando descemos no centro da cidade (Nessebar, na parte nova), vi logo dois restaurantes que me agradaram. Decidimos procurar souvenirs mas só encontramos pirataria. Fomos a um restaurante e o garçom nos recomendou um prato típico da Bulgária – Kavarna – o qual vem em uma chapa quente, com legumes e carnes (de porco, boi e frango) em cubo, tudo misturado. Nós quatro comemos bem e voltamos de trenzinho para o hotel que é um meio de transporte bem barato e agradável para as crianças.
Tivemos dois dias com chuva na viagem e assim, recorremos às opções alternativas para distrairmos as pequenas. O fato do hotel ser grande e cheio de atrações, facilitou nossa vida. No primeiro piso, tinha um aquário enorme com peixes coloridos. Quebrou um galhão para a gente. 😉 O hotel tinha aquele serviço de “kids club”, onde as crianças ficam na responsabilidade de recreadores. Isso para crianças com mais de 3 anos – não as nossas, só que quando choveu, fomos lá na casinha de recreação e as meninas pintaram e bordaram! Viajar com duas crianças é viver emoções, perrengues e sustos dobrados, mas também é a chance de rir muito das trapalhadas que elas encenam. Percebemos que as duas se distraíram mais por estarem juntas e não se entediaram nos dias de chuva. 

No dia mais quente da viagem, pegamos um transfer gratuito (numa van) e fomos a um parque aquático (Action Aquapark) que fica bem próximo ao hotel. A viagem toda durou uma semana.

O que foi bom

A praia tem areia fofa e a água é menos fria que a da Suécia, as piscinas são incríveis, a infra-estrutura do hotel é boa, as opções de lazer também (SPA, salão e um monte de coisa que eu não tive o prazer de
desfrutar). O kebab de frango era uma delícia! 🙂 Existia um calçadão entre o hotel e o centrinho. Não era para passar carro, mas sabe como são os países que “sempre dão um jeitinho”, né? O mercado do lado do hotel era uma boa também. Lá comprei fralda, suco e snacks. A temperatura é agradável e claro, os preços. É uma viagem bem em conta, num hotel grande e cheio de atrações para as bebês. 
Quer saber mais detalhes desta viagem? Clique aqui.

Nosso cartão postal que a Cintia nos enviou! Adoramos!

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *