Refeições na Disney: a diferença entre Table Service e Quick Service

Refeições na Disney: a diferença entre Table Service e Quick Service

Atualizado em

Na hora de escolher os restaurantes nos parques da Disney, saber a diferença entre Table Service e Quick Service é uma mão na roda! Normalmente, dá para identificar qual é qual já na entrada, o que aumentam suas chances de curtir a experiência sem correr o risco de ter uma surpresa nada mágica no fim da viagem, quando a conta do cartão de crédito chegar.

O que é Table Service?

Sci-Fi Dine

Vamos começar pelo menos complicado: os restaurantes Table Service têm serviço de garçom, um cardápio próprio e você pede os pratos na mesa.
Todos os restaurantes desse tipo têm uma equipe de cozinheiros profissionais e aprendizes (normalmente o pessoal do Disney Culinary Program, estudantes de gastronomia de todo o Estados Unidos que fazem uma espécie de estágio nos restaurantes do complexo Disney). Por isso, a qualidade da comida é melhor e alterações nos pratos de acordo com alergias ou opções alimentares podem ser feitas.
Claro que nem tudo o que é bom é também barato. Os restaurantes Table Service são mais caros e precisam de reserva para não correr o risco de chegar na hora e o lugar estar lotado.
Os restaurantes de character dining, por exemplo, são todos considerados Table Service. Além deles, um em cada país na Vitrine do Mundo do Epcot e a maioria dos restaurantes dos resorts também são.
O app do My Disney Experience tem certinho o cardápio e as fotos de cada um dos restaurantes no complexo Disney, para te ajudar a escolher o lugar que mais tem a ver com a sua família. Eu recomendaria o Tony´s, no Magic Kingdom e o Diamond Horseshoe (se você for na época do ano em que ele está aberto). Para ir sem reserva, o Nine Dragons, no Pavilhão da China, no Epcot.

O que é Quick Service?

Ice cream bar

O conceito de Quick Service já é um pouco mais complicado, principalmente porque não envolve só os restaurantes, mas também os stands e os carrinhos de outdoor foods (área onde eu trabalhava! :D). Mas basicamente é o seguinte: comida rápida e você não precisa nem sentar se não quiser.

Os Carrinhos: eles vendem lanchinhos, como pipoca salgada, pipoca com caramelo, picolés, refrigerantes, amêndoas e algodão doce. A maioria fica em lugares fixos no parque, mas durante as paradas você encontra alguns deles circulando entre os visitantes.

Os Stands: neles você encontra comidas que precisam de um pouco mais de preparo, como cachorros-quentes e as famosas turkey legs, ou que precisam de mais espaço, como os “mercadinhos” de frutas. Por causa disso, eles estão sempre nos mesmos lugares e fecham mais cedo que os carrinhos.

A maioria das pessoas confunde os carrinhos com os stands, mas para saber a diferença é bem simples: em um dia de chuva, os cast members dos carrinhos estarão tão molhados quanto você. Já os que trabalham nos stands continuam sequinhos lá dentro enquanto você se encharca todo na fila do lado de fora!

Restaurantes Quick Service: nesse tipo de restaurante você mesmo faz o pedido, pega e se senta. A comida é mais no estilo fast food, mas nem por isso você deixa de encontrar opções bacanas e saudáveis.
Uma das grandes preocupações, especialmente dos brasileiros, é com a qualidade da comida. Trabalhei alguns dias em restaurantes Quick Service e posso dizer por experiência que é tudo muito limpinho e todos os alimentos são frescos. Uma amiga minha trabalhou no Cosmic Ray´s, o maior Quick Service do Magic Kingdom, e ela me contou que uma vez, faltando apenas 10 minutos para o restaurante fechar, tiveram que substituir toda a comida na vitrine porque ela já estava lá a mais de 20 minutos.
Se você quiser fugir do fast food, o Columbia Harbor House, no Magic Kingdom é um quick service que serve frutos do mar e vegetais por menos de 20 dólares cada prato. Já se preferir sair correndo em direção à comida mais americana que conseguir encontrar, o Pecos Bill, também no Magic Kingdom, oferece hambúrgueres e batatas fritas maravilhosos.
Tem opções para todos os gostos (e bolsos!) nos parques! Agora já não vale mais arrumar desculpa para não aproveitar.

Leia outros posts sobre a Disney com crianças:

Disney Dining – dicas para fazer refeições na Disney sem estourar o cartão de crédito

Dicas de restaurantes com personagens na Disney

Café da manhã no Be Our Guest – Restaurante da Bela e da Fera no Magic Kingdom

Luiza  trabalhou como Cast Member no Magic Kingdom vendendo pipocas e sorvetes do Mickey para pequenos príncipes e princesas.

Imagens: Disney

 

2 comentários

  1. ResponderTania

    Boa noite
    Sobreo plano Quick service, eu posso pedir qualquer prato q estiver disponível ou temlimitacao?
    Os snacks eu sei q tem o símbolo roxo ao lado.
    Mas e as refeições? Posso pedir qquer prato?

    1. ResponderPatrícia Papp

      Quando você compra o plano, recebe toda a informação, mas existem limitações, sim. Mesmo entre as pipocas, dependendo de como são servidas entram como snacks ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *