Viagem com filho autista – de motorhome pelo Sul da França

Viagem com filho autista – de motorhome pelo Sul da França

Com 4 anos de idade, meu filho foi diagnosticado com Síndrome de Asperger, um dos transtornos do espectro autista. Até então, só sabíamos que o Murilo era uma criança diferente. Hoje, ele está com 10 anos e ama viajar.

******

Prepare-se para ler o diário de viagem da família Fogiatto, contado pela Michelly. É para inspirar quem deseja fazer uma viagem com filho autista de motorhome! Incrível, hein?

Meu nome é Michelly. Eu e meu esposo Ederson amamos viajar e, quando engravidei, sabíamos que nossas viagens continuariam a três. O Murilo não tinha outra escolha a não ser ganhar o mundo rsrsrs.

Fizemos muitas viagens no Brasil e lá fora. Embarcamos em um cruzeiro de 8 dias pelo Caribe saindo de San Juan, capital de Porto Rico. Fomos os três para Cuba e Punta Cana e também passamos 20 dias no sul da Itália, passeando por Pompéia e fazendo toda a Costa Amalfitana num Fiat 500. Pensa no aperto!

viagem com filho autista

Murilo adora viajar

Todas essas viagens foram antes de saber sobre o autismo. Depois disso, levamos nosso filho para Disney três vezes. A Disney é muito legal porque eles dão atendimento especial e preferencial para crianças com autismo nos parques.

Em dezembro de 2015, fomos para Turcos e Caicos, uma ilha no Caribe, onde ficamos 7 dias. Procuramos sempre ficar em hotéis que tenham quartos com cozinha para que a rotina do Murilo não seja muito alterada. Caso ele estranhe a comida local, temos a opção de cozinhar.

Viagem de motorhome com filho autista

Finalmente, em julho de 2016, fizemos o sul da França (Riviera e Provence) de motorhome. Já tínhamos vontade de viajar por algum país de carro sem roteiro pré-definido. É uma experiência totalmente diferente, pois não há esse costume no Brasil e também é possível conhecer mais lugares gastando menos. Optamos pela França por ser o país com maior e melhor infraestrutura de camping para motorhome, inclusive descobrimos isso quando estávamos lá rsrsrsr.

viagem com filho autista

A família ficou em 8 campings no Sul da França.

Dicas de mãe de autista

Quanto ao Murilo, ele nos surpreendeu. Era o primeiro a acordar de manhã no motorhome e, antes de dormir, avisava “Me acordem antes de sair, hein?!”.  Ele chamava o motorhome de “a casa de rodas”. Aqui vão minhas dicas:

  • O Murilo sempre leva seus brinquedos preferidos para viajar, além de gibis e livros, o que eu sempre recomendo para que seja uma extensão do lar onde a criança com autismo se sente segura.
  • Também levo o laudo médico, traduzido em inglês por uma tradutora juramentada, para eventuais emergências e uso de prioridade no atendimento.
  • Em todas as viagens, meu filho usa uma pulseira de identificação com o nome dele, o telefone do meu esposo e a observação de que ele é autista.
  • Decidíamos nosso próximo destino na noite anterior. Tinha que ser um camping legal para o Murilo e para a gente pudesse ficar mais dias.
  • No motorhome, nossa família ficou ainda mais unida. É um tipo de viagem que oportuniza uma convivência mais próxima porque passamos o tempo todo juntos e passamos boa parte sem eletrônicos.
viagem com filho autista

Murilo se sentindo em casa no motorhome.

Roteiro de motorhome pelo sul da França

Fomos em julho de 2016, pois além de ser verão é o início da florada das lavandas. Dica: leve antialérgico, pois a quantidade de pólen é enorme. Eu tive uma crise, mas não tinha levado remédio. Pois é…

Alugamos e devolvemos o motorhome em Barcelona, Espanha. Assim que pegamos o veículo, fomos até um supermercado para abastecer de comida e água para bebermos. Como não sabíamos quanto tempo demoraríamos para chegar ao camping, foi melhor prevenir.

Viagem com filhos autista

Campings

Visitamos oito campings nessa viagem de 20 dias. Na França, optamos por ficar na rede de campings Sites Paysages Campings, que só conhecemos quando encontramos o primeiro camping em Toulosse. Lá nos deram um guia e aí sim conseguimos localizar os outros. Em Genebra e Andorra pegamos indicações pela internet.
Todos os campings possuem banheiros e alguns contam com lavanderia completa (com máquina de lavar e secar). Também têm estrutura para o motorhome como energia elétrica, água e esgoto para resíduos. A maioria possui internet, restaurantes, pequenos mercados com suplementos básicos, incluindo remédios que podem ser vendidos sem receita médica, e claro, baguete francesa quentinha sempre de manhã e no final do dia (que saudade!). Grande parte dos campings também possuem áreas de lazer para crianças, piscina e em Saint Tropez teve até shows de música e circo.

viagem com filho autista

Murilo fez amizades com criança francesas nos campings.

Por onde passamos

1. Toulosse – camping

2. Cidadela de Carcassonne – é uma cidade medieval, patrimônio mundial da UNESCO, localizada na cidade de Carcassonne.

3. Avignon – camping

4. Gordes

5. Lyon

6. Trevoux – camping

7. Genebra (Suíça) – camping

8. Volpiano (Itália) – onde passamos pelo túnel sobre a montanha Mont Blanc, a 5 mil metros de altitude, com 11.6Km de túnel com pedágio de EUR 57,60.

9. Nice – ficamos no camping Les Pinedes. Para o passeio de um dia em Mônaco, pegamos um ônibus e depois um trem, pois motorhome não entra em todas as ruas da cidade,  No outro outro dia, alugamos um carro no próprio camping e fomos conhecer Canes e Antibes.

10. Cassis – famosa por suas Calanques, é uma antiga vila de pescadores muito charmosa.

11. Marselha – camping

12. Andorra – ficamos no Valira Camping. O Principado de Andorra é um microestado soberano europeu, capital Andorra-a-Velha, língua oficial catalão. Simplesmente linda e muito charmosa. No inverno é uma estação muito procurada de esqui. Ficamos apaixonados.

Bem importante para quem viaja de motorhome

Muito cuidado com a indicação do GPS dentro das grandes cidades. Ele pode te levar para viadutos sem altura para motorhome e sem possibilidade de retorno, o que pode causar um verdadeiro caos no trânsito e multa. Opte sempre por avenidas e desvios do centro da cidade. Nos campings, verifique se a cidade que deseja visitar permite estacionamento de motorhome nas ruas, caso contrário você terá que ir de ônibus, trem ou alugar um carro.

Veja outros posts da série Viagem com Filho Autista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *