Roteiro de 4 dias em Amsterdam com crianças

Roteiro de 4 dias em Amsterdam com crianças

Atualizado em

De todas as capitais europeias que visitamos nesse verão, Amsterdam foi a que mais surpreendeu as meninas. De Barcelona, Paris e Roma elas tinham referências da língua, da comida, dos filmes, das séries… De Amsterdam, tirando os canais e as bicicletas, não havia muita expectativa. Mas foi amor à primeira esquina. Vou compartilhar o nosso roteiro de 4 dias em Amsterdam e falar um pouquinho das atrações que mais gostamos. Como é uma cidade fácil de se locomover e relativamente pequena (as atrações ficam meio concentradas), acho que quatro dias é um tempo bom para conhecer e aproveitar sem pressa. Mas, se a ideia é ficar mais, não vai faltar programa por lá, nem nos arredores. Na verdade, se não fosse pelo clima, passaria uma vida toda por lá!

 

Roteiro de Amsterdam

 

Melhor época para visitar Amsterdam

Já tinha visitado Amsterdam no inverno (dezembro a março) e passei muito frio. Embora indoor seja tudo bem quentinho, as temperaturas são muito baixas e chove bastante. Dessa vez fomos em agosto. Andar na rua sem pressa, fazer piquenique no Vondelpark e deixar as crianças aproveitarem os parquinhos e fontes é muito gostoso. Pegamos dias deliciosos, com sol e temperatura na faixa dos 22 graus. Foi perfeito. Não é uma cidade onde o calor chega a atrapalhar a viagem, como Roma ou Paris. Também não achei cheia de turistas demais. Se você planejar direitinho, comprar ingressos com antecedência, acho que vale muito a pena ir no verão. A primavera também é incrível (março a junho). Não só pelo clima, mas pela floração. É a época mais bonita e também é o único período do ano que dá para visitar o Keukenhof, parque que tem o jardim de tulipas.

 

Roteiro de Amsterdam

Onde se hospedar em Amsterdam

 Amsterdam é uma cidade cara para se hospedar. Dificilmente se acha um hotel por menos de 150 euros a diária. Como fomos na alta temporada, as tarifas estavam ainda mais caras. Então acabamos escolhendo o hostel Stayokay. Foi uma ótima escolha! Além de muito charmoso, descolado e limpinho, a localização é muito boa. Fica na região do Vondelpark, bem pertinho da Museumplein – praça onde ficam os museus mais famosos da cidade – e de Museumkwartier, uma zona nobre com prédios lindos e lojas chiques. Eles têm toda uma política de sustentabilidade, um conceito muito bacana, que encantou as meninas. O atendimento é excelente e o astral muito animado.

 

Hostel Stayokay

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Hostel Stayokay

Quando eu era solteira, sem filhos, me hospedei em alguns hostels na Eurupa. Mas o público era essencialmente formado por jovens que viajavam sozinhos. Esse perfil está mudando. No Stayokay havia muitas famílias com crianças pequenas e velhinhos mochileiros (adoro!!!). Claro que não se pode esperar por mordomias. O quarto era muito simples, com dois beliches. Tem limpeza todos os dias, mas não tem arrumação de camas, amenities e nem toalhas de banho (você pode levar ou comprar lá). Foi uma experiência muito legal pra toda a família e pretendemos repetir muitas vezes. O restaurante do hostel serve comidinhas gostosas e saudáveis. O café da manhã é bem completo. Um bufê com vários pães, queijos, embutidos, frutas, sucos, bolos, geleias, saladas (Olivia adorou, comia tomate e pepino de manhã) e ovos por 7 euros.

 

Hostel Stayokay

 

O Stayokay fica no Voldenpark, um parque enorme que é bem central e muito legal para as crianças. Dentro do parque tem restaurantes, parquinhos e um gramado enorme onde o pessoal estende a toalha e faz piquenique, lê um livro, joga bola ou simplesmente aproveita os dias de sol. Há vários carrinhos com comida, principalmente batatas fritas no cone e cachorro quente!

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Parquinho no restaurante do Voldenpark

 

Melhores regiões para se hospedar em Amsterdam

Nós gostamos muito da região do Stayokay, mas tem outras bem bacanas também! O Jordaan, que mistura tradição com um ambiente mais moderninho (feiras orgânicas, lojinhas alternativas), é o bairro dos canais, na zona histórica, que integra a lista de Patrimônio da Unesco. Alguns hotéis bem recomendados por lá são Mr. Jordaan e Canal House The Tannery.

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

 

Outro lugar legal é o De Pjip, que fica bem próximo ao centro também. É uma região mais boêmia, com muitos bares e restaurantes (onde fica a Heineken Experience), mas bem tranquilo para ficar com as crianças também. Mesmo com toda a efervescência, se mantém um bairro residencial. O Ibis Style Amsterdam City pode ser uma opção boa e econômica.

A região de Oud-West é a nova zona trendy de Amsterdam e bem menos turística do que as outras. Alguns hotéis recomendados por lá são o Hotel De Hallen, o Hotel van de Vijsel e CityHub Amsterdam. Para quem procura algo mais sofisticado, a dica é o Pillows Anna van den Vondel Amsterdam, que foi totalmente reformado e reabriu as portas em 2017.

Para quem quer ter uma experiência mais profunda e sentir-se quase um local, a dica é alugar um apartamento pelo Airbnb.

Dica importante sobre os museus de Amsterdam

Tem muitos museus legais em Amsterdam, mais de 50! Se esse é um programa que a sua família curte, sugiro escolher um por dia de viagem. Infelizmente deixamos para última hora a compra do ticket para a casa e museu da Anne Frank e não conseguimos comprar. As meninas ficaram muito chateadas, pois era um dos programas mais esperados da viagem. Não tem bilheteria física. A única forma de comprar é online no site oficial e os ingressos são disponibilizados com dois meses de antecedência. Há um sistema de fila online que abre todos os dias às 9h (por volta das 4h no Brasil, depende da época do ano). E acredite, eles acabam muito rápido!

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Rijksmuseum

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Museu Van Gogh

Os outros dois museus mais populares da cidade são o Van Gogh e o Rijksmuseum, que tem obras de artistas como Rembrandt, Jan Steen e Jan Vermeer. Na mesma praça tem ainda o Stedelijk, que expõe arte moderna e contemporânea e o Moco, que amamos! Inaugurado em 2016, esse museu é bem pequeninho e guarda preciosidades de arte contemporânea, em especial da street art. Tem várias obras do Andy Wharol, Basquiat, Kusama, Jeff Koons e Keith Haring e uma exposição do Banksy. Até os brasileiros OsGêmeos estão lá. A visita rápida, mas vale muito a pena.

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Moco Museum

 

Reserve seus ingressos e programe seus passeios com antecedência no GetYourGuide

Roteiro de 4 dias em Amsterdam – Dia 1

Chegamos em Amsterdam de trem, vindos de Paris (leia aqui nosso roteiro de 6 dias em Paris). A viagem foi muito legal, pena que passou rápido demais! Foram 3 horas e pouco da Gare du Nord (Paris) até a Amsterdam Centraal. Chegando em Amsterdam, resolvemos ir a pé até o hostel (viva as malas de mão!!!). No caminho já fomos entendendo um pouco o mapa da cidade. Deixamos as nossas coisas no locker do hostel (o check in era só as 15h) e fomos passear. Gosto sempre de deixar o primeiro dia livre, sem programações, para identificar a região. Saímos andando meio sem rumo e fomos parar nos canais. Acabamos almoçando por lá mesmo. Voltamos para deixar as malas no quarto e ficamos até tarde andando e curtindo a cidade.

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam – Dia 2  

No segundo dia aproveitamos para visitar a região de Museumplein. Como estava um dia lindo, deixamos a Olivia aproveitar o parquinho e brincar na fonte que fica no jardim do Rijksmuseum. Fomos conhecer o Moco Museum e passeamos bastante nas ruazinhas do Museumkwartier. 

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

fonte no jardim do Rijksmuseum

Acabamos o nosso dia jantando num restaurante bem turístico, mas muito fofo, chamado Moeders, que significa mãe em holandês. O lugar é todinho decorado com fotos de mães dos clientes. E qualquer um ainda pode levar a foto da sua mãe pra deixar lá. Quando abriu o estabelecimento, em 1990, o dono pediu que as pessoas levassem louças e talheres de casa para doar. Até hoje os pratos e copos são todos diferentes, com cara de casa! A comida também é bem caseira. Na dúvida entre o que escolher (e sem entender muito do que se tratava cada coisa, mesmo com a versão em inglês do cardápio), optamos pelo menu degustação. Apesar dos nomes estranhos, os pratos são muito parecidos com alguns que comemos no Brasil: variações de carne de panela, batatas e vegetais (com destaque para o repolho)! Tudo muito gostoso. Pedimos dois menus para os quatro e mais uma porção de batatas fritas extra.

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Restaurante Moeders

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

restaurante Moeders

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam – Dia 3

No nosso terceiro dia fomos conhecer o Nemo Science Museum. A Olivia adorou! São 5 andares de atividades interativas ligadas à ciência e tecnologia. Infelizmente a parte sobre Corpo Humano estava fechada para reformas. Aproveitamos para almoçar por lá. No último andar tem um restaurante delicioso, cheio de comidas saudáveis e um rooftop muito legal com fontes para as crianças se molharem nos dias de calor.

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Nemo Science Museum

De lá seguimos para o para uma parte bem moderna da cidade. Fomos até a Centraal e atravessamos de com o ferry Buiksloterweg (gratuito) para a parte norte da cidade. De lá se tem uma perspectiva diferente da cidade. Fomos no This is Holland, uma espécie de simulador de voo (lembram do Soarin, no Epcot?) que sobrevoa as paisagens da Holanda. Achamos muito legal e a Olivia amou profundamente!! Os holandeses que sentaram ao nosso lado ficaram encantados com o entusiasmo dela. Aliás, um parêntese aqui pra falar desse povo. Que gente educada, gentil, sorridente e tranquila!

 

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

This is Holand e Adam Look Out

 

Bom, continuando nosso passeio, fomos até o Adam Look Out, um balanço (sim, aqueles de parquinho) gigante que fica num observatório que fica no topo de um edifício. Os dois edifícios ficam um ao lado do outro Logo em frente fica o Eye Filmmuseum, um museu dedicado ao cinema que fica na margem do rio. Nós entramos, mas o que vale mesmo não é o acervo. Se estiver sem tempo, entre só para ver o projeto arquitetônico por dentro. É incrível.

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Eye Museum e Adam Look Out

 

De lá fomos até uma região chamada NDSM. Dá para ir e voltar de Ferry também. Trata-se de uma área industrial e bem alternativa. Me lembrou um pouco a região de Wynwood, em Miami, bem no comecinho. Começamos a andar sem saber muito o que iríamos ver e para onde ir. A região é cheia de contêineres com galerias de arte, ateliers e até um hotel Hilton. Tem vários painéis de grafite, entre eles o da Anne Frank feito pelo artista brasileiro Kobra. Acabamos indo parar em bar/restaurante chamado Pllek na beira do rio. O lugar é uma espécie de prainha urbana: tem areia, redes, espreguiçadeiras, pufes. E até gente mergulhando na água gelada. Tinha muitas famílias com crianças pequenas curtindo o por do sol. Acabamos jantando por lá!

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Praia urbana no HDSM

Roteiro de 4 dias em Amsterdam – Dia 4

Para o nosso último dia planejamos um piquenique no Voldenpark. Na frente do nosso hostel tinha uma espécie de display para destacar toalhas de plástico biodegradável que se transformavam em sacos de lixo. Compramos umas comidinhas e fomos curtir o dia como fazem os locais! A tarde passeamos mais um pouco pelos nossos bairros preferidos e nos despedimos da cidade.

 

Roteiro de 4 dias em Amsterdam

Piquenique no Voldenpark

Muitos programas ficaram fora do nosso roteiro. Não fizemos um passeio de barco, nem visitamos o Mercado de Flores. Mas pretendemos voltar logo para essa cidade adorável que conquistou nosso coração. Uma cidade aberta, com um povo incrível. Um lugar que defende a liberdade, a diversidade, as diferentes formas de pensar e a paz.

 

Voldenpark

 

Seguro de viagem para família na Europa

Sabia que o Seguro de viagem é obrigatório para quem vai para Europa? Na hora que pesquisar o seguro para a família, use nosso CUPOM na Seguros Promo e tenha 5% de desconto: VIAJOCOMFILHOS5ACESSE O SITE SEGUROS PROMO E CONFIRA!

Reserve seus ingressos e programe seus passeios com antecedência no GetYourGuide

Leia também outros posts sobre a Holanda 

Fernanda Ávila é jornalista, autora do Guia Nova York com Crianças, e mãe da Marina e da Olivia. Morou em Nova York e Lisboa e é sócia da Pulp Edições.

Ver meus outros posts

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *