Como Viajar de Milhas

A gente ama viajar e ama viajar com a família, mas quanto eles mais crescem, mais caro ficam as passagens, o hotel e o gasto com alimentação. Como ter dinheiro para pagar os custos de uma viagem para uma família toda? Uma das maneiras de viabilizar viagens é comprar passagens de milhas, muita gente faz isto, mas para quem ainda não tem as manhas parece mágica. Pensando nisto, convidamos um especialista para nos ajudar a entender como viajar mais com milhas.

O Andre Strauss, que não queria deixar de viajar quando os filhos nascessem. Para bancar seus sonhos, ele foi atrás de informações na internet sobre milhas aéreas. 

Depois de muitos anos pesquisando, estudando e testando estratégias para ganhar milhas Andre se tornou um “milhanario“, acumulando mais de 1 milhão em milhas. Ele conheceu 36 países, viajando sem pagar passagens aéreas, que chegam a representar 74% dos gastos em uma viagem. Em 2019, conseguiu levar sua esposa e dois filhos para uma viagem de volta ao mundo que durou 1 ano e passou por 16 países, utilizando milhas aéreas. 

Hoje, Andre ensina outras famílias a fazerem o mesmo, através de aulas e lives no canal do YouTube da família Ases a Bordo e escrevendo no blog Viagem com Milhas.

Durante essa semana, de 19 a 26 de Abril, Andre vai abrir uma turma de novos alunos e vai compartilhar dicas de “Como transformar suas contas do dia a dia em viagem” durante a Semana Viagem dos Sonhos em aulas online e gratuitas. Para se cadastrar acesse: viagemcommilhas.com.br/semana

E aqui vão algumas dúvidas mais comuns sobre milhas respondidas pelo Andre para te ajudar a iniciar nesse “mundo maravilhoso da milhas”, como ele chama.

Como Viajar de milhas

6 Dicas para Viajar mais com milhas


1. Qual a diferença de milhas e pontos?


Milhas e pontos são a mesma coisa. Algumas companhias aéreas como a Latam, por exemplo, dentro do seu programa de fidelidade, o Latam Pass, decidiram chamar de pontos. Já outras como a Gol, falam em acúmulo de milhas dentro do seu programa Smiles. 

Algumas lojas, bancos e postos que também têm seus próprios programas de fidelidade costumam chamar de pontos. Mas em geral, ponto e milha é tudo igual, o importante é acumular!


2. A partir de que idade crianças podem acumular milhas?

Crianças começam a acumular milhas voadas, ou seja aquelas que você recebe quando faz uma viagem, a partir do momento em que passam a pagar a passagem. Isso acontece depois dos 2 anos de idade, quando não viajam mais no colo e pagam pelo seu assento no avião. 

Basta você cadastrar cada filho, nos diversos programas de fidelidade das companhias aéreas. Algumas empresas permitem o cadastro com o CPF dos pais. Mas, eu aconselho você já fazer com o número de CPF dos seus filhos, ficando mais fácil de checar o acúmulo e deixa tudo mais organizado. O cadastro é gratuito, então vale a pena investir um tempinho para cadastrar seus filhos na maioria dos programas das empresas aéreas.

Como viajar de milhas


3. Dá pra acumular milhas sem voar muito?

Sem dúvidas, existem diversas maneiras de acumular milhas, que não são necessariamente voando. Para citar apenas algumas, postos de gasolina tem programas de fidelidade onde o acúmulo de pontos pode ser transferido para as empresas aéreas. 

Fazendo compras nas lojas parceiras, dentro dos sites dos programas de fidelidade da companhia aérea, também é possível acumular. Lembro de quando meus filhos usavam fraldas e compramos muitas pelo site da Droga Raia que era na época uma das lojas parceiras da Latam, gerando milhas todo mês. 

Hoje os programas de fidelidade de bancos, como o Iupp do Itaú e o Livelo do Banco do Brasil e Bradesco, entre outros, também premiam seus clientes com pontos através dos gastos em certos cartões de créditos. 

Enfim, essas são algumas maneiras. Na “Semana Viagem dos Sonhos vou ensinar como utilizar suas contas do dia a dia, como luz, água, e outros boletos para também acumular milhas. Assim, você não precisa gastar nada a mais do que o que você já gastaria mensalmente com suas contas.


4. Qual a melhor companhia para acumular e viajar mais com milhas?

Sempre brinco dizendo que por mais que a nomenclatura seja “programa de fidelidade” você não precisa ser fiel a uma empresa aérea só. Tudo vai depender do destino que você quer conhecer na sua próxima viagem. 

Por exemplo, se o seu desejo é acumular milhas para ir para a Disney, você deve fazer uma pesquisa e procurar qual a empresa que exige menos milhas para Orlando na época em que você pode viajar. Se for a Azul, por exemplo, bora transferir todos os pontos que você acumular no cartão do programa TudoAzul. 

Se o seu próximo sonho é viajar para Itália, é interessante mudar o acúmulo de milhas para o programa Latam Pass, pois a Latam tem voos diretos para Roma. Ou ainda, acumular no programa Smiles da Gol, que tem parceria com a Alitalia. 

Através das alianças aéreas, que são acordos que as companhias fazem entre si, também é possível a utilização de milhas ou pontos acumulados em companhias nacionais para fazer voos internacionais nas companhias parceiras. 

Enfim, não existe a melhor companhia. Existe a melhor companhia para você naquele momento da sua vida. Não precisa ser fiel… só no seu casamento, rs.


5. Como você fica sabendo das promoções de troca?

Como Viajar de milhas

Um erro primário que a maioria das pessoas cometem ao se cadastrar nos programas de fidelidade é colocar um endereço de email que não checam regularmente. E a maioria das promoções de acúmulo de milhas e transferência de pontos vem através de email enviados pelas próprias empresas, pois é do interesse delas divulgar.

Mas existem aplicativos e sites que fazem uma curadoria diariamente com as melhores promoções e mostram até o passo a passo para a troca das milhas pela passagem aérea. Eu utilizo o app do Melhores Destinos e fico de olho nas dicas do Passageiro de Primeira.

Sempre envio para os meus alunos do curso por WhatsApp as promoções, os alertas bônus de transferências e dicas para acumular mais e mais.


6. Preciso gastar muito dinheiro no cartão para acumular milhas?

Não é necessário ser rico ou ter muitos gastos no cartão de crédito para juntar milhas. Com os boletos que chegam na sua casa todos os meses, é possível acumular para realizar pelo menos uma viagem ao ano. Eu sempre digo que o acúmulo de milhas não é algo complexo, mas exige dedicação.

Tenho uma aluna que tem 6 filhos e já fez sua primeira viagem com milhas para a Europa. Às vezes, a internet te sobrecarrega de informações, muitas vezes te confunde mais. É importante seguir um método e não desistir, pois os benefícios que uma viagem proporciona na vida das crianças, plagiando a Mastercard, não tem preço. 


Se você quer aprender mais nas aulas gratuitas do Andre Strauss na “Semana Viagem dos Sonhos“, basta se cadastra em viagemcommilhas.com.br/semana
Elas são online, você poderá assistir quando e onde quiser.

Acompanhe mais dicas sobre milhas nas redes sociais do Andre: em vídeos no canal Ases a Bordo YouTube e também no Instagram e Facebook.

Leia outros posts com dicas de viagem do Andre:

Punta Cana com crianças

Aruba com filhos

Jamaica com filhos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here