Férias com crianças em Canto Grande, Bombinhas Santa Catarina: Morro do Macaco

Férias com crianças em Canto Grande, Bombinhas Santa Catarina: Morro do Macaco

Já declarei aqui no blog minha paixão pela praia de Mariscal, em Bombinhas, Santa Catarina. Há uns 15 anos passamos o fim de ano por lá e se tem um passeio que é obrigatório todos os anos é a subida ao Morro do Macaco (em Canto Grande, logo ao lado de Mariscal). É uma trilha ecológica dentro da unidade de conservação do Parque Municipal Morro do Macaco que te leva pra um mirante a 191 metros de altura, com um visual espetacular da baía de Zimbros, praias ao redor, ilhas (como Galés e Arvoredo) e até, dependendo do dia, Florianópolis.

Mas, a Trilha do Morro do Macaco é passeio para ir com crianças? Bem, na nossa opinião, sim. Alice já foi com 2, 3 e agora com 4 anos e foi muito legal. Se você quer se aventurar quando estiver por lá, reuni algumas dicas bem boas para se preparar (seja o passeio com ou sem crianças).

Férias com crianças em Mariscal, Bombinhas, Santa Catarina

O visual do Morro do Macaco, a 190 metros de altura, vale a subida!

Qual a distância e quanto tempo dura o passeio?

Antigamente, a subida para o Morro do Macaco começava nos fundos de uma casa. A trilha era meio improvisada, sem sinalização e a subida dava uns 800 metros. Recentemente, a prefeitura organizou melhor o local, mudou a entrada para o finalzinho da praia de Canto Grande (Mar de Dentro, próxima ao Trapiche), sinalizou a trilha e definiu melhor o trajeto, que calculamos ficou com 1 km e pouco.

O tempo do passeio vai depender do seu ritmo e das crianças. Só adultos com bom ritmo, a subida leva em torno de 30 minutos. Com crianças, pode demorar mais (considere que elas vão parar para descansar, se distrair durante a trilha, etc.). Dessa última vez, fomos com Alice e minha afilhada Luize, de 5 anos, e levamos 50 minutos para subir.

Não vou enganar vocês, é claro que as meninas cansaram e precisaram de ajuda (leia-se colo e ombros) em alguns momentos. Principalmente na descida, porque perdemos o horário e tivemos que apressar o passo pois estava anoitecendo. Mas com calma e paciência, dá para ir num ritmo que elas aguentem. Para crianças menores, os pais que estão acostumados com aquelas mochilas que carregam as crianças, podem fazer bom uso do equipamento.

Férias com crianças em Mariscal, Bombinhas, Santa Catarina

A primeira subida da Alice foi em 2012, aos 2 anos (boa parte no ombo do pai, vale dizer). Na foto, a subida de 2013, Alice com 3 anos.

Qual o melhor horário?

Se for um dia com sol, deixe para ir bem no fim da tarde, até porque vocês aproveitam para curtir o visual da baía com o sol baixo. Lá em cima não há sombra e mesmo dentro da trilha, fica bem abafado. Mas cuidado com o horário de descida, pois a trilha não é iluminada (caso anoiteça). Com crianças, acredito que o ideal é reservar umas 2 horas e meia para o passeio, assim vocês sobem e descem com calma, e curtem um tempo lá em cima, para recuperar o fôlego.

O que levar?

– Muita água e lanchinho para as crianças, caso elas sintam fome (frutas, biscoitos…)

– Tênis! (É incrível a quantidade de gente que vemos subindo de chinelo, todos os anos. É uma trilha, pessoal, tem pedra, áreas escorregadias, etc.)

– Boné e protetor solar

– Repelente

– Papel higiênico (sabem como é, com crianças, nunca se sabe. Toda precaução é válida! rs)

Mesmo quem está hospedado ali por perto (Mariscal, Zimbros, Canto Grande), se for com crianças, sugiro ir de carro até perto da entrada da trilha, pois na volta pode faltar pique para o caminho até em casa.

Férias com crianças em Mariscal, Bombinhas, Santa Catarina

É na praia, é passeio, mas é trilha no meio do mato. Atenção às dicas!

Leia também:

Dicas De Praias Com Crianças: Mariscal – SC

As Melhores Viagens Com Crianças: Santa Catarina

Beto Carrero Com Crianças Pequenas

 

Priscila Seixas é mãe da Alice (4 anos) e é apaixonada pela ideia de levar sua pequena para conhecer o mundo junto com ela.

Ver meus outros posts

4 comentários


    1. Autor
      ResponderPriscila Seixas

      Oi Thays, tudo bem? Nessa trilha não dá, o caminho é bastante irregular. Quando nossa filha subiu com essa idade, fizemos num ritmo bem tranquilo e boa parte ela foi no ombro do pai.

  1. ResponderMichelle Larrêa

    Olá!! Ano passado eu e minha família estivemos na subida do moro mas como tenho uma filha com 2 anos fiquei com medo por não conhecer o lugar. A trilha tem muitososugares escorregadios e inclinados? Pois tenho medo de escorregar e acabar se machucando. Vamos voltar lá esse ano e gostaria muito de conhecer o moro mas como mãe tenho muitas dúvidas!
    Obrigado! Abraço


    1. Autor
      ResponderPriscila Seixas

      Oi Michelle, a trilha possui sim alguns trechinhos que requerem atenção e cuidado, mas pode ser feita com crianças sem problemas. Mas, como eu comento no post, é fundamental lembrar de ir de tênis, inclusive a criança. Com chinelo ou sandália, aí sim considero perigoso. Já subimos com nossa filha quando ela tinha 2 anos e não tivemos problema nenhum. 🙂 Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *