10 lugares para visitar no Porto com crianças

10 lugares para visitar no Porto com crianças

No post da semana passada contei onde nos hospedamos na cidade do Porto, em Portugal. Esta semana selecionei os 10 lugares que mais gostamos de passear com o Kai, um mini guia de programas para fazer com crianças.

Como chegar ao Porto

Carro (desde Lisboa): há duas “autoestradas”: A1 (314km, 2:50 horas) e A8 (320 km, 3 horas). A A1 passa bem pertinho de Coimbra para quem quer aproveitar a viagem, já a A8 é a mais próxima do litoral e passa por Caldas da Rainha.

Trem: Saindo da estação de Santa Apolônia, Lisboa, e chegando à estação de Campanha, Porto, o trem rápido leva 2:45 horas e é muito confortável. É possível comprar as passagens online por este site.

Avião: a viagem leva uma hora e é possível encontrar passagens muito baratas (a partir de 10 euros) com Ryanair (Vale a pena lembrar que esta companhia é “low cost” e tem muitas restrições de bagagem.)

Nós já fizemos de todas as maneiras. Para quem está visitando o país recomendo a viagem de carro e uma parada em Coimbra para ver o campus da Universidade.

O que fazer na cidade do Porto

de Jardins do Palácio de Cristal a Parque da Cidade, Porto - GoA ordem dos lugares está de acordo com a proximidade da Guest House Porta Azul, onde nos hospedamos.

1. Parque do Palácio de Cristal

Um parque lindo projetado no século XIX por Émille David. Dentro do parque estão os jardins de Émille David, o Palácio de Cristal, a biblioteca municipal Almeida Garret, um bosque, um parquinho infantil e os balcões com vistas para o rio Douro.

PALACIO CRISTAL_4

Kai dando pão aos pavões e, de repente …

PALACIO CRISTAL_3

…surpresa!!!! Imaginem a cara do Kai!

PALACIO CRISTAL_2

Vistas dos Jardins do Palácio de Cristal, da Ponte Luis I e do riu Douro

PALACIO CRISTAL_1

Parque infantil

2. Rua dos Artistas

Nesta rua encontram-se diversas galerias de arte e lojas interessantes. A rua Miguel de Bombarda fica bem pertinho do parque do Palácio de Cristal e é um bom lugar para passear no final da tarde, quando todas as galerias estão abertas.

Nesta rua encontramos a Papa-Livros, uma livraria infantil como poucas. A dona, Adélia Carvalho é escritora de literatura infantil e, além de ela ser uma graça de pessoa, os seus livros são incríveis! Conto uma anedota para vocês terem uma ideia de como ela é gentil. Kai estava tão encantado com os livros e com o mini violão que ela lhe deu de presente que acabou, ou acabamos, esquecendo o seu carrinho preferido na livraria. Ligamos para a Adélia, ela confirmou que estava lá e disse que nos enviaria por correio. O carrinho chegou ontem! Kai estava radiante e nós também pela gentileza.

LIVRARIA

Livraria Papa-livros

KAI_LIVRARIA

Kai na vitrine da livraria Papa-livros

Também vimos uma loja de chás (Rota do Chá) que, só de passar na frente, dava vontade de tomar um, e uma loja de roupas (Metamorfose Hemp Shop) com um bar muito legal.

CHA

Rota do Chá

LOJA BAR

Jardim do Metamorfose

3. Igreja do Carmo

Quando viajamos combinamos visitas culturais, esportivas e gastronômicas com atividades infantis; cada um tem o seu momento e, desta maneira, todos ficam contentes.

Então, esta foi uma das visitas culturais que fizemos no Porto. A igreja do Carmo foi construída na segunda metade do século XVIII, sendo um dos edifícios mais emblemáticos do rococó do Porto. Em 1912 a fachada lateral foi recoberta com um painel belíssimo de azulejos brancos e azuis que fazem alusão ao culto de Nossa Senhora. Vale a pena entrar a passear pela igreja descobrindo cada detalhe dos entalhes da madeira que são obras de arte.

Fachada principal da Igreja do Carmo

Fachada principal da Igreja do Carmo

4. Livraria Lello

Quando muito meios de comunicação dizem que esta é a livraria mais bela do mundo não estão mentindo. Desde fora já se vê a escadaria, conhecida por servir de inspiração para as escadas de Hogwarts dos livros de Harry Potter (J.K. Rowling morou na cidade do Porto). Cada cantinho tem um detalhe diferente, do teto ao chão, tudo está esculpido em madeira dando a esta livraria um ambiente mágico.

LELLO_2

Escadas da Livraria Lello

LELLO

Interior da Lello quase na hora de fechar…e isto que era um dia calminho…

Hoje em dia, para frear as avalanches de turistas e também para arrecadar fundos para as obras futuras de restauração, é cobrada uma taxa de 3 euros por pessoa para entrar (caso seja feita uma compra, esta taxa é descontada do preço).

Em frente à livraria esta a praça de Lisboa, do arquiteto Pedro Balonas, uma praça bastante interessante em dois níveis: superior com jardins e espaços de convívio e o nível inferior que conta com uma série de lojas e restaurantes.

5. Fundação Serra Alves

Um lugar para divulgar, da melhor maneira, a arte contemporânea. Os jardins, de Jacques Gréber, são incríveis; o edifício de Siza dispensa comentários e a coleção e as exposições muito interessantes. Também conta com diversas atividades para os pequenos.

O museu funciona de terça a domingo (segunda fechado), a entrada (parque + museu) vale 10 € e os menores de 12 anos não pagam. Apesar de ter o link para comparar as entradas online no site da Fundação, nós as compramos no local.

6. Desembocadura do Douro

A desembocadura do rio Douro está a uns 9 km  do centro da cidade do Porto, na Foz do Douro. O passeio, pela orla, da desembocadura até o Parque da Cidade é delicioso e as crianças podem correr, andar de bicicleta/ patinete/ patins e, dependendo da estação do ano, até dar um mergulho no Atlântico do “lado de cá”.

FOZ

Por do sol na Foz

É possível chegar até a desembocadura, desde a ponte Luis I, caminhando (6 km), de carro ou de ônibus (pegar o ônibus 500 na Estação São Bento e descer na parada Senhora da Luz).

7. Parque da Cidade

Projetado pelo arquiteto Sidónio Pardal, o Parque da Cidade com os seus 83 hectares é o maior parque urbano de Portugal. O parque conta com muitos bosques, lagos, quadras esportivas e restaurantes.

PARQUE_CIDADE

Parque da Cidade

O Parque, que se estende desde a avenida Boavista até à beira-mar, tem diversos acessos e dispõe de estacionamento na esquina da avenida do Parque com a avenida da Boavista e na estrada da Circunvalação (ao norte do parque).Também é possível utilizar transporte público para chegar até o parque (ônibus 202).

Dentro do parque ainda podemos visitar o Pavilhao da Água, um dos pavilhões da Expo 98, o See Life (na beira-mar, ao lado da rotunda do Castelo do Queijo) e ao lado do parque está o Queimódromo onde os estudantes celebram a festa da Queima das Fitas (uma festa de origem acadêmica celebrada em Coimbra e no Porto desde princípios do século passado).

O parque está aberto das 8 às 22 horas, de outubro a março, e até à meia-noite de abril a setembro.

Tem um post bem completinho sobre este parque no blog viajecomigo, clique aqui para vê-lo.

8. Estádio do Dragão

Para os fãs de futebol visitar o estádio do Dragão, do futebol clube do Porto, é obrigatório. A visita dura uns 50 minutos, e são realizadas às 11, 12, 15 e 16 horas (para consultar horários clique aqui). Os ingressos variam de 3 a 15 euros e as crianças entre 0 e 4 anos não pagam.

Para chegar até o estádio a melhor opção é pegar o metrô: linhas azul, vermelha, violeta ou laranja em direção “Estádio do Dragão”.

9. Teleférico Porto – Vila Nova de Gaia

Vila Nova de Gaia é a cidadezinha que está do outro lado do rio Douro e onde é possível degustar os, tão conhecidos, vinhos do Porto diretamente nas bodegas. Para chegar à Gaia é possível cruzar os 200 metros da ponte Luis I (ponte símbolo do Porto) de carro ou andando.

Vista ponte_1

Vistas de cima da ponte

Vista ponte_2 Vista ponte_3Recomendo ir a pé e depois pegar o teleférico no jardim do Morro para percorrer 600 metros até o mercado municipal do Cais de Gaia. As vistas são lindas e as crianças adoram o passeio.

PONTE_VISTA_GAIA

Ponte Luis I vista desde Gaia

DOURO_GAIA

Vista do Douro e da ponte Luis I (Porto, à esquerda, e Gaia, à direita)

Uma vez em Gaia podem aproveitar e fazer uma pausa para visitar algumas das bodegas de vinhos do Porto como: Sandeman, Calém, Ramos Pinto, Ferreira e Graham. É melhor reservar as visitar para evitar problemas.

10. Zoo Santo Inácio

Normalmente não vamos à zoológicos ou aquários quando visitamos uma cidade nova, a não ser que tenham algo muito especial. O zoo do Porto, que em realidade está em Vila Nova de Gaia, tem este “algo especial”: um túnel envidraçado que passa pelo meio da jaula dos leões e permite vê-los bem de pertinho. Os pequenos vão a loucura!

lion_demo3

Túnel por onde passam os visitantes do Zoo

O Zoo está aberto das 10 às 17, no inverno, e das 10 às 19 no verão.

Ingressos:

< 2 anos: grátis

de 3 a 12: 8,90 euros

de 13 a 64 anos: 12,90 euros

>65 anos: 11, 50 euros

Para chegar até o zoo:

Carro: 20 minutos do centro do Porto (pegar a A1 em direção a Vila Nova de Gaia, sair na N222, via A20 e seguir as indicações do Zoo)

Metrô: linha amarela (Direção St. Ovídeo) e sair na parada João de Deus. Em frente ao El Corte Inglés pegar o ônibus MGC em direção à Quinta das Oliveiras.

Leia também:

Porta Azul: uma joia de hotel no Porto

Douro para crianças!

Guimarães: a joia portuguesa

Portugal com crianças: uma visita à Mata do Buçaco

Ana, mãe do Kai de 1 ano. Arquiteta, mãe e passageira, seja para onde for a viagem. Ela adora viajar em família e mostrar diferentes países e culturas ao Kai.

Ver meus outros posts

2 comentários

  1. ResponderMariana Freire

    Adorei as dicas!! Vamos fazer esse roteiro todinho todinho!! Iremos, eu e meu esposo, com nossos pequenos daqui a 2 semanas. Em quantos dias você acredita que podemos fazer esse roteiro com tranquilidade? Ficaremos hospedados em Porto de 30/01 a 04/02. Obrigadinha!
    Mariana

  2. ResponderLuisa

    Bom dia
    Vc sabe me informar se esse trem que sai de Lisboa para Porto é confortável pra ir com bebê de 6meses?! Se tem assento específico ou ele vai no colo… Enfim, se é possível viajar com um bebê dessa idade.
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *