As melhores viagens com crianças: Bolonha (Itália)

As melhores viagens com crianças: Bolonha (Itália)

Bolonha é a capital da região da Emilia Romagna, na Itália. É uma cidade pequena, alegre e cultural. A arquitetura remete a Itália da nossa imaginação: ruelas estreitas, prédios baixos, restaurantes com mesas na rua, lojinhas com queijos, massas e presuntos expostos nas vitrines.

Bolonha tem cerca de 350 mil habitantes, entre eles, muitos estudantes, é lá que fica a universidade mais antiga do mundo. Uma das características marcantes da cidade são os pórticos e arcadas presentes em grande parte das ruas. Além de práticos (você não se molha em um dia de chuva), vários deles são muito bonitos.

Eu e a Luiza logo nos sentimos a vontade pela cidade. Nosso apartamento do Blogville ficava no miolinho do agito, no “Quadrilátero” da gastronomia, bastava descer as escadas (ou abrir a janela) para sentir-se parte do movimento!

Nossa rua, pertinho da Piazza Maggiore

Nossa rua, pertinho da Piazza Maggiore

Passeios e atrações de Bolonha

As principais atrações da cidade ficam centro antigo. Ao redor da Piazza Maggiore ficam:

Basílica de São Petrônio – uma das maiores igrejas do mundo

Torre Asinelli

Bologna é conhecida por suas torres. A Garisedda e  a Asinelli ficam uma ao lado da outra, na Piazza della Mercanzia. A vista panorâmica do alto da Torrei degli Asinelli é uma lindíssima. Um pequeno detalhe, para chegar no topo são 498 degraus estreitos e íngremes! A Luiza adorou a brincadeira, subiu cantando e se divertindo quando fiquei sem fôlego. E mais, me fez subir de novo 2 dias depois, de tanto que gostou!!!

A entrada é 3 euros. Menores de 6 anos não pagam.

Torri degli Asinelli

Vista de Bolonha da Torre de Asinelli

Vista de Bolonha da Torre de Asinelli

Catedral San Stefano

A igreja fica em uma praça muito simpática com o mesmo nome da basílica. Na verdade não é apenas uma igreja, são várias, como um labirinto de altares e mosaicos, de diferentes tamanhos.

Stefano

Fontana del Nettuno – estava sendo reformada 🙁

Biblioteca Salaborsa – vale muito a pena conhecer o saguão central e as salas para as crianças e adolescentes! Aliás, tem também uma sala para bebês. O acervo é fan-tás-ti-co. Se fosse uma livraria teria comprado vários livros. Os móveis e as pinturas  nas paredes são lindos. Um ambiente incrível!

Salaborsa

• Bologna também tem alguns canais, como Veneza, no entanto eles estão submersos há mais de 2 séculos. Há uma janela na Via Piella, de onde é possível vê-lo.

canal

 Via Independenza – uma rua que começa na Piazza Maggiore com muitas lojas, gelaterias e o Museu Medieval. Nos finais de semana ela fica fechada para carros e os pedestres passam o dia indo de um lado para o outro.

Galeria do Suspiro – uma brincadeira que crianças de todas as idades vão amar!!! Entre o Palazzo del Podestà e o Palazzo Re Enzo, fica uma arcada “mágica”. Se uma pessoa ficar bem no cantinho da parede e a outra do lado oposto e sussurar, uma pode ouvir a outra, com muita clareza, como se estivesse ao lado dela. Parece uma cena de um filme Harry Potter!

sussuro

Gatronomia e restaurantes de Bolonha

Um dos seus destaques da cidade é a gastronomia. Come-se bem em todos os lugares! A maioria dos restaurantes são pequenos e simpáticos e os ingredientes são frescos e apetitosos. Não é a toa que ela ganhou o apelido de “La gorda” rsrsr

O grande destaque é o “Quadrilátero” entre a via Rizzoli, via Castiglione, via dell’Archiginnasio, que funciona como um mercado onde são vendidos produtos frescos e de qualidade – de frutas e verduras, a queijos, salames, massas frescas, carnes frescas e peixes. À noite, as lojas dão lugar a bares e restaurantes. Claro que vou fazer um post com os restaurantes e lojas de gastronomia que conheci!

A Luiza, minha mais nova amiga desvirtualizada Manu do blog Lalá Pelo Mundo e a Lala, fofésima!!!!

A Luiza, minha mais nova amiga desvirtualizada Manu do blog Lala On The Road e a Lala, fofésima!!!!

Como chegar em Bolonha

O aeroporto G. Marconi (BLQ) fica muito próximo da cidade! São apenas 10 km. Para ir para o centro há um shuttle que custa 6 euros. O ticket pode ser comprado em máquinas no próprio aeroporto ou na loja de conveniências que fica no desembarque.

A estação de trem e a estação de ônibus ficam no centro da cidade, uma quase em frente a outra. Há diversos pontos de ônibus em frente as duas, na praça.

 

Bolonha de noite

 

 

Leia Também

Nosso roteiro na Emilia Romagna

Eu Viajo com Meus Filhos em Bologna #blogville

Mirabilandia – um parque de diversões na Itália

 

 

Nossa viagem foi um convite do Blogville, uma ação de divulgação da Emilia Romagna. A passagem foi paga por nós. Um agradecimento especial à Silvia que nos acolheu com muito carinho!

 

 

Outros posts sobre a Itália

Restaurantes em Roma para comer muito bem

Roteiro de 3 a 4 dias em Roma

Como ir de Roma a Veneza de trem

 

 

 

Patricia Papp é mãe do Pedro (13 anos) e da Luiza (8 anos) e ama viajar em família. É autora do livro "Como Viajar com Seus Filhos Sem Enloquecer" e "Praias do Nordeste com Crianças".

Ver meus outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *