Indonésia com crianças? Uma aventura para a vida!

Indonésia com crianças? Uma aventura para a vida!

A Indonésia é um país-arquipelago detentor de belas paisagens, riqueza cultural, diversidade religiosa, uma infinidade de temperos e sorrisos, muitos sorrisos.

Localizada entre os oceanos Índico e Pacífico -, o país é constituído por mais de 13 mil ilhas e uma das maiores populações do planeta. A moeda local é a Rúpia Indonésia e a língua oficial é o Bahasa Indonesia (Bahasa = língua; Indonésia), mas memorizando o Selamat Pagi (bom dia), Bagus (legal) e o Terima Kasih (obrigada), com um pouquinho de inglês e algumas palavrinhas em português (por exemplo, ‘bola, boneka, sapatu, gratis’), você vai tirar de letra!

Foto: Marcella Hildenbrand

A Marcella e o Gustavo Hildenbrand são pais da Maria Luiza (4) e do Thiago (12). O casal, que mora na Indonesia há quase dois anos,  dividiu dicas incríveis sobre dois destinos bastante procurados por papais aventureiros do mundo todo: Mentawai, o paraíso do surf – e Bali, a ilha dos deuses.

 

Mentawai 

É um conjunto de ilhas localizadas no Oceano Índico, no Oeste da Ilha de Sumatra. Apesar de não estar muito distante da costa, o acesso não é dos mais simples, portanto requer um bom planejamento.

Foto: Leticia Busarello Portugal

 

Como chegar em Mentawai

Para aterrisar no playground dos surfistas, é importante organizar a sua chegada na Indonesia via Jakarta (capital da Indonesia, na ilha de Java) ou Denpasar (na ilha de Bali), e então voar para a cidade de Padang (na ilha de Sumatra). A Garuda Indonesia é a melhor companhia área do país, e faz ambos os trajetos.

Marcella Hildenbrand

Como a viagem Jakarta/Bali – Mentawai é longa, o casal recomenda ficar um dia em Padang, para conhecer a cultura e a culinária local (e experimentar por exemplo, o Rendang, método de cozimento que da nome ao prato – carne cozida lentamente em leite de côco e especiarias), e somente no dia seguinte, seguir viagem para o paraíso de areias brancas e mar azul turquesa.

Uma vez em Padang, a opção mais popular seria seguir viagem para as ilhas Mentawai de ferry boat. No entanto, para economizar – pelo menos – 10 longas horas neste trajeto (lembrando que estarão com crianças),  a dica número um é organizar a logística diretamente com o hotel, que normalmente freta um voo de Padang para a ilha mais próxima do seu destino final, e a lancha até o resort.

 


Thiago, no avião de Padang para Pulau Pulau Batu.

“As crianças se divertiram durante a viagem, pois foi a primeira vez que voaram de monomotor e andaram de Bajaj (tuk tuk indones), do aeroporto de Pulau Pulau Batu (ja em Mentawai) até o cais, aonde a lancha estava à nossa espera para irmos ate o hotel!”, acrescenta Marcella.

Avião organizado pelo resort, que levou a familia de Padang ate o aeroporto de Pulau Pulau Batu (dir), em Mentawai.

 

Thiago, no avião de Padang para Pulau Pulau Batu, e Maria Luiza, se despedindo do Bajaj (tuk tuk indones), para pegar a lancha que os levou do pequeno aeroporto até a ilha do resort.

 

Maria Luiza, se despedindo do Bajaj (tuk tuk indones), para pegar a lancha que os levou do pequeno aeroporto até a ilha do resort. Fotos: Marcella Hildenbrand.

 

  

Onde ficar em Mentawai

As ilhas são desertas, e como os surfistas passam o dia todo no barco em busca das ondas perfeitas, é recomendável escolher um resort com alguma infra-estrutura para os pequenos gastarem energia, durante a temporada no paraíso.

Surf nas ondas de Mentawai
Foto: Equipe do Latitude Resort

 

Existem hotéis para todos os bolsos e diferentes níveis de conforto, o importante é reservar com muita antecedência (o casal reservou 10 meses antes da viagem e o hotel já estava quase esgotado).

Eles dão uma super dica: o resort Latitude Zero. Em uma ilha particular, perto de Pulau Telo, e ‘quase’ na linha do Equador (daí o nome), o resort all-inclusive (com o menu bastante elogiado) organiza estadias de 7, 10, 11 ou 14 noites.

A chegada de Pulau Pulau Batu (lancha), na ilha do resort Latitude Zero.
“Você já chega molhando os pés na água!”, relembra o casal!
Foto: Marcella Hildenbrand

 

O que fazer

Tenha em mente que o ritmo das férias será de praia, praia e praia [de água azul turquesa]! Seja no resort, seja no barco ou durante o surf. É uma ótima oportunidade para desconectar do mundo – até porque a internet quase não funciona (apenas em alguns locais das ilhas).

Fotos: Marcella Hildenbrand

 

Além da liberdade para curtir o ‘quintal do resort’ (acima), e assistir a pores do sol espetaculares, o hotel organiza as saídas de barco para o surf (para profissionais e iniciantes), e algumas atividades, tais como passeios culturais para as vilas locais, snorkeling, stand up paddle, mergulhos, caiaques, pesca e piscina. As crianças acabaram fazendo amigos e se divertiram todos os dias, o dia inteiro!

 

 

 

Algumas dicas do Gustavo, para quem vai surfar:

  • A melhor época do ano é entre março a outubro, pois há dias lindos e pouca chuva, porem maio e junho costumam ter as melhores ondas;
  • Normalmente surfa-se em fundos de corais (reefs), portanto as ondas são quase sempre muito perfeitas;
  • O surf é muito bom para as ‘pranchinhas’ (performance), mas também apresenta ótimos picos para longboard;
  • A água é quente, e é importantíssimo levar as botinhas de surf para proteger os pés, principalmente nas sessões com a maré baixa;

 

 

Importante lembrar:

  • Converse com o seu médico sobre as vacinas necessárias;
  • As cidades têm trânsito intenso, portanto é importante parar no ‘pipi-room’ antes de qualquer deslocamento;
  • Repelente e protetor solar são obrigatórios, não deixe para comprar no seu destino final;
  • Mantenha-se hidratado e opte sempre por água mineral;

Fotos: Marcella Hildenbrand

A viagem do Brasil até a Indonésia é longa, e o esticão até as ilhas Mentawai também.  O casal recomenda planejamento e boa disposição, e se o sonho é conciliar um dos principais destinos do surf com uma aventura em familia, eles assinam em baixo!

Aguarde as dicas sobre Bali com crianças.

 

Sampai Jumpa Lagi

(Até a próxima!)

 

 

Meu nome é Leticia Busarello Portugal e há um ano e meio mudei de mala, marido e cachorro para Jakarta, a capital da Indonesia. A convite da Pati Papp, e com o apoio dos meus vizinhos Marcella e Gustavo Hildenbrand, pais da Maria Luiza (4) e do Thiago (12), trago algumas dicas sobre Indonesia com crianças!

Instagram: @leticiabusarello

Blog: maigode.wordpress.com

 

Leia também outros posts sobre destinos de Surf com crianças

Portugal com Crianças: Carrapateira 

10 dicas para viagens de surf em família 

Guarda do Embaú com crianças 

Maresias com Crianças 

Barbados (Caribe) com Crianças 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários

  1. ResponderElliz

    Post sensacional e sensível à realidade de quem viaja em família. Na contagem regressiva para me deliciar com o “Redang” e o mar azul turqueza. Super Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *